Qual a sua dúvida?

Digite sua dúvida no campo abaixo, caso não ache o que esta procurando, entre em nosso fórum e escreva sua dúvida.

Juizado de Pequenas Causas Itaquera

Juizado de Pequenas Causas Itaquera

Juizado de Pequenas Causas Itaquera , Telefones, Endereços, Procedimentos




Os Juizados Especiais Cíveis de Itaquera , chamados popularmente de Juizados de Pequenas Causas, julgam Ações de baixa complexidade, com valores até 20 salários mínimos (sem advogado) e até 40 salários Mínimos (exige-se advogados) Para ações contra empresas federais, o limite é de 60 salários Mínimos.




Para saber mais sobre os procedimentos – como “Dar entrada” em um Processo no Pequenas Causas de Itaquera , clique no nosso link:

http://juizadoespecialpequenascausassp.com/pequena-causa/

Juizado de Pequenas Causas Itaquera SP

Juizado de Pequenas Causas Itaquera SP

 

 

Consulte no Link do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo os Endereços e Telefones do Fórum/ Juizado Especial Cível mais próximo de sua residência/empresa – é neste que você deve se dirigir:

http://www.tjsp.jus.br/Institucional/Corregedoria/JuizadosEspeciais/Default.aspx?f=2

 

Se sua ação for contra uma Empresa Federal (Ex. Caixa Econômica Federal), abaixo de 60 salários, dirija-se ao Juizado Especial Federal mais próximo de Sua Residência/Empresa:

http://www.jfsp.jus.br/spcivil-info/

 

 

Sobre o Juizado Especial Cível – Popular Pequenas Causas de Itaquera :

O Juizado Especial de Pequenas Causas é utilizado para causas de baixa complexidade, para saber mais sobre o que é o Juizado Especial Cível “Pequenas Causas”, clique aqui:

http://juizadoespecialpequenascausassp.com/o-que-e-pequenas-causas/

 

 

Direito do Consumidor de Itaquera : Muitas das causas julgadas por este juizado, são causas relacionadas ao Direito do Consumidor, como por exemplo os Abusos de Empresas de Telefonia, Tv a Cabo, Lojas de Varejo, Lojas Online, etc. Para saber mais sobre os Direitos do Consumidor e como evitar possíveis abusos, clique aqui:

http://juizadoespecialpequenascausassp.com/direito-do-consumidor/

 

Atraso na Entrega dos Imóveis: Itaquera : Muitas pessoas tem problemas com construtoras, em especial, com cobranças indevidas de taxas, juros, correção e atraso na entrega. Se o valor do caso for até 40 salários mínimos (Justiça Estadual) e 60 salários mínimos (Justiça Federal), pode pleitear seus direitos no Juizado Especial Cível – Se o caso for atraso, clique aqui:

http://juizadoespecialpequenascausassp.com/atraso_na_obra_entrega_imovel_chaves_apartamento_casa_180_dias_reclamacao_construtora/

 

Advogado no Pequenas Causas: É necessário um Advogado para pleitear seus direitos no Juizado Especial “Pequenas Causas”?

A Resposta é: DEPENDE: Segundo a lei, só é necessário um Advogado em situações em que o valor discutido é superior a 20 salários mínimos. O Requerente pode se dirigir ao fórum mais próximo de sua residência, com as provas (Notas fiscais, documentos, e-mails, fotos, etc) e pleitear seus direitos. Ocorre que, em algumas situações, mesmo o valor sendo abaixo de 20 salários (onde não seria necessário um advogado), é recomendável, pois as grandes empresas de Itaquera e região dispõem de grandes e experientes escritórios de advocacia para defende-las, e, a sua inexperiência, pode lhe causar perdas. Saiba mais sobre a necessidade de Advogados no Pequenas causas, clique aqui:

http://juizadoespecialpequenascausassp.com/advogado-para-pequenas-causas/

 

 




 

 




CONSULTE SEMPRE UM ADVOGADO!

Consulte sempre um Advogado – Abaixo lista de Advogados Parceiros:







(3) Comentários

  1. Boa tarde. Em 2011 fiz uma compra de um imóvel na planta com PDG. Foi pago um valor de quase 3 mil para o corretor no stand, e fechamos um contrato de 2 anos com valores que sabíamos que seria crescente mas concordamos e acordamos um valor que caberia no nosso bolso. No meio de todo esse processo, fomos chamamos pela PDG para uma reunião juntamente com a CEF para uma “oportunidade” que teríamos de financiar o imóvel ainda no período das obras, assim evitaríamos do mesmo valoriar…. fomos avisados que a CEF cobraria de nós compradores um valor simbólico no “período obras” e que este valor não chegaria a uma porcentagem do imóvel. Achando ser viável eu e meu marido fechamos o negócio (mesmo sabendo que manteríamos as prestações da construtora do contrato que fizemos de 2 anos)….. para nosso pesadelo, um mês depois de todo o acerto. Vieram 3 prestações para serem pagas. “Periodo Obras para CEF” (até ai ok) + “Prestações do Contrato com PDG” (também ok) + um tal de “Repasse de Planta” para PDG que este nunca fomos informados…. os valores começaram baixos em torno de 45,00 reais e depois passaram a aumentar mais e mais. Pagando assim o valor de 600,00 pra mais. E não fomos informados em nenhum momento deste valor. E ainda pagamos os mesmos até 3 meses após a entrega das chaves. Conclusão: ficamos com nomes sujos, nos enrolamos em dívidas pois do nada eles aumentaram uma prestação no nosso contrato sem mesmo ter informado sequer. Entrando em contato com a PDG eles disseram que se nós compradores não pagássemos o período obras pra CEF a mesma cobravam deles o valor. Porém minhas prestações com a CEF sempre foram pagas. Então não tinha o motivo deles pedirem esse tal “reembolso” nesse tumulto eu acabei pagando eles e a CEF … só sei que nessa brincadeira foram pagos guase 9 mil (repasse de planta) a mais do que era acordado.
    Isso é legal perante a lei?? Gostaria de entrar no pequenas causas.

    Att
    Suelen

  2. Lucas Rodrigues de França Barros - Responder

    Comprei uma moto. A loja fez a transferência pra mim, pagou uma multa porém deixou uma sem pagar e agora tá mim dando canseira pra pagar a outra de, o que eu faço?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>