Juizado Especial Civel Pequenas Causas

Postado por admin em 02, dezembro, 2012
juizado pequenas causas

Juizado Especial Civel Pequenas Causas - Guia On line com todas as dicas, perguntas e respostas, dicas de advogados especialistas, endereços e muito mais para quem precisa se utilizara desse serviço.

 

Pergunta e resposta sobre o Juizado especial Cível – Mais conhecido como Juizado de Pequenas Causas

Abaixo Perguntas e respostas sobre o Juizado Especial Cível – Pequenas Causas

Como vejo se minha ação se enquadra o no “Pequenas Causas”?

É considerada pequena causa aquela ação cujo valor não ultrapasse quarenta salários-mínimos. Além disso, não é possível pleitear no Juizado Especial “Pequenas causas” ações que haja a necessidade de se fazer algum tipo de perícia.

Normalmente, são consideradas pequenas causas questões relacionadas à condomínio, conflitos entre vizinhos, Direito do Consumidor e questões de trânsito, cobrança, entre outras.

As ações  trabalhistas, de alimentos, separação judicial, divórcio e relacionadas à crianças e adolescentes, entre outras, não podem ser resolvidas pelos tribunais especiais de pequenas causas.

juizado pequenas causas

juizado pequenas causas

Para dar entrada no processo é necessário que:

Para ações com valores ater 20 salários mínimos – não é necessário um advogado, podendo o próprio interessado ir diretamente ao fórum mais próximo, retirar sua senha e aguardar na triagem;

Alternativamente, mesmo para ações com valores abaixo de 20 salários mínimos, algumas pessoas preferem se utilizar de um advogado, haja visto que normalmente na outra ponta, haverá uma grande empresa com seu advogado.

Para ações com valores acima de 20 salários mínimos ou ações ou ações com valores abaixo de 20 salários mínimos onde haja necessidade de recurso ao Colégio Recursal (que julga recurso dos Juizados Especiais Pequenas Causas) é necessário um advogado.

Que tipo de ações são permitidas/consideradas pequenas causas?

- Condomínio/ Vizinhos: Conflitos entre vizinhos, problemas com construtora, danos ao patrimônio:

- Relações de Consumo: Produtos com defeito, cobranças abusivas, inscrição indevida no SPC/Serasa, aumentos abusivos, Problemas com serviços de TV a Cabo, Telefonia, Bancos, Seguradoras, Previdência, Danos morais e materiais, etc;

- Questões de trânsito – Colisões, Danos ao patrimônio, Danos morais e materiais, etc

- Fornecedores de Serviços: Contratação de serviços não efetuados, encomenda de produtos não entregue, defeitos no serviço;

- Serviços Financeiros: Protesto de títulos por engano, inscrição indevida no SPC/Serasa, aumentos abusivos, Danos morais e materiais, etc;

- Cobranças: Promissórias, Contratos não cumpridos, Cheques devolvidos, cheques com prazo de apresentação expirado, etc.

- Convênios Médicos: Cobranças Abusivas, não prestação de serviços, solicitação indevida de cheque caução, etc.

- Diversas outras, exceto as abaixo descritas.

Que tipo de ações NÃO são permitidas/consideradas pequenas causas?

As causas trabalhistas, de alimentos, separação judicial, divórcio e de crianças e adolescentes, entre outras, não podem ser resolvidas pelos tribunais especiais de pequenas causas – Somente pelos ritos e competência específicas.

Quem pode usar o Juizado Especial?

Apenas as pessoas físicas (maiores de 18 anos) e microempresas podem abrir processos de pequenas causas – Pessoas jurídicas terão que utilizar os ritos específicos.

Vou ter Gastos?

Não – O atendimento e os serviços prestados por ele são totalmente gratuitos.

Há necessidade de advogado?

Até 20 salários mínimos, a contratação do advogado é opcional. Se a ação ultrapassar esse valor, a atuação do advogado é obrigatória, ou seja, é requisito obrigatório para ingressar com a reclamação. Se a pessoa ou estabelecimento contra quem você entrou na Justiça estiver acompanhado de um, você terá direito à assistência de um advogado do Estado (procurador) que atua no próprio Juizado Especial

Posso ter prejuízos se não levar um advogado?

Na Teoria não, o Juiz está lá para trazer o Equilíbrio – dar o direito. O que ocorre que, dependendo de quem for o réu (Ex. Grandes empresas de telefonia, celular, cartão de crédito), O advogado dessas grandes empresas estará presente à audiência e pela inexperiência do Autor (que estará sem advogado), podem faltar detalhes importantes (documentos, provas, argumentação, etc.) no momento do questionamento do Juiz na hora da audiência.

Em qual fórum deve ser proposta a ação?

O autor poderá ingressar com a ação no Juizado Especial Cível do Fórum:

- Do domicílio do réu, ou, se desejar, do local onde aquele exerça atividades profissionais ou econômicas ou mantenha estabelecimento, filial, agência, sucursal ou escritório;

- Do lugar onde a obrigação deve ser cumprida;

- Do domicílio do autor ou do local do ato ou fato, nas ações para reparação de dano de qualquer natureza.

De forma Resumida, pode o Requerente pleitear no fórum mais próximo a sua residência.

Como devo proceder para ingressar com uma Ação no Juizado Especial Pequenas Causas?

Para iniciar um processo, a pessoa (Não pode ser representado – são ações personalíssimas) que sofreu o prejuízo deve apresentar um pedido (oral ou por escrito) na secretaria do Juizado Especial Cível.

Normalmente, o interessado chegará no fórum, ganhará uma senha e passará por uma triagem – após a triagem é só aguardar (o tempo de espera depende de fórum para fórum) o responsável chamar para fazer o seu pedido – oral ou escrito.

O atendente do Juizado Especial Pequenas Causas irá redigir o pedido de ação para dar entrada ao processo – se até 20 salários mínimos – acima disso tem que se contratar um advogado. Se a pessoa quiser levar testemunhas (no máximo três) para depor a seu favor, poderá indicá-las quando registrar o pedido (contendo nome e endereço da testemunha). Registrado o pedido e entregues os documentos, a secretaria designará a audiência de conciliação e julgamento.

DICA: Antes de entrar com um processo de pequenas causas, tente resolver os problemas diretamente com réu (pessoa física ou fornecedor do produto ou do serviço). Caso não haja acordo verbal, faça uma Notificação Extra Judicial e envie com AR (descrevendo no assunto da AR – Aquela do Correio, o Termo “Notificação Extra Judicial” e leve ao Juizado a Notificação e comprovante de AR para provar que tentou acordo amigável

Caso eu vá diretamente no fórum, o que devo levar de documentos?

Deverá ser levado ao Juizado Especial Pequenas causas:

- cópia do RG, CPF, Comprovante de endereço;

- Original de documentos que deseja efetuar cobrança (ex. cheques)

- Original de documentos que fazem prova daquilo que vai ser pleiteado (Notas fiscais, emails, etc).

Mantenha sempre em casa uma cópia dos documentos que levar ao Juizado Especial Pequenas Causas.

 

Após a distribuição da ação -  que fazer?

- aguardar que seja marcada a audiência de conciliação –

- No dia da audiência, chegue com pelo menos 40 minutos antes e vá munido de toda documentação pessoal e prova – Nessa sessão as partes se reunirão na presença de um conciliador para buscar um acordo, que poderá por fim ao processo.

Atenção também para o traje. Não é recomendável o comparecimento ao juizado com roupas esportivas ou chinelos.

Caso não haja acordo entre as partes, será marcada uma audiência de instrução e julgamento.

E na Audiência de Julgamento? Como agir?.

- No dia da audiência no Juizado Especial Pequenas Causas, chegue com pelo menos 40 minutos antes e vá munido de toda documentação pessoal e provas documentais e testemunhas.

- Nos juizados especiais as partes e as testemunhas são intimadas pelos Correios e não por oficiais de justiça.

- O juiz ouvirá as partes e examinará os documentos a fim de proferir a sentença.

Caso não concorde com a Sentença, o que fazer?

Pode-se apresentar apenas um recurso contra a decisão do juiz, que será apreciado pela Turma Recursal dos Juizados Especiais, que dará a decisão final – neste caso, independentemente do valor da ação, o recurso tem que ser interposto por um advogado.

Onde encontro Juizados Especiais “Pequenas Causas”?

Todos os fóruns têm um Juizado Especial e também podem ser encontrados em grandes universidades e nos Poupa Tempo mais próximo de sua residência – Horário de funcionamento: 12hs às 18hs.

Endereço dos Juizados Especiais “Pequenas Causas” em São Paulo.

São Paulo

Juizado Especial Pequenas Causas – CENTRAL I Jurisdição : Centro, Mooca, Bom Retiro, Perdizes, Vila Mariana.End. : Rua Vergueiro, 835/843 Liberdade CEP 01504-001

Juizado Especial Pequenas Causas – ANEXO I – FMU – End. : Rua Taguá, 106/110 Liberdade CEP 01508-010

Juizado Especial Pequenas Causas – ANEXO II – MACKENZIE – End. : Rua Major Sertório, 745 Vila Buarque CEP 01222-001

Juizado Especial Pequenas Causas – ANEXO III – SÃO JUDAS – End. : Rua Marcial, 115 Moóca CEP 03169-040 Fone : 6099-1954

Juizado Especial Pequenas Causas – IPIRANGA – Jurisdição : Ipiranga, Vila Carioca, São João Clímaco, Sacomã, Vila Prudente – End. : Rua Agostinho Gomes, 1455/57 Ipiranga CEP 04206-000Fone : 6163-8763

Juizado Especial Pequenas Causas – ITAIM PAULISTA – Jurisdição : Itaim Paulista – End. :Av. Padre Virgílio Campello, 150 CEP 08131-310 Fone : 6963-3881 e 6963-3860

Juizado Especial Pequenas Causas – ITAQUERA/GUAIANAZES Jurisdição : Parque do Carmo, Vila Carmosina, José Bonifácio, Parada XV, São Mateus, Iguatemi – End. : Rua Salvador Gianette, 20 Vila Lourdes CEP 08410-000

Juizado Especial Pequenas Causas – JABAQUARA - Jurisdição : Vila Clementino, Saúde, Vila das Mercês, Água Funda, S. Judas, Planalto Paulista – End. : Rua Joel Jorge de Melo, 424 Saúde CEP 04128-080

Juizado Especial Pequenas Causas – JD. SÃO LUIZ – End. : Av. Hum, 100 (Próximo ao conjunto da CDHU)Fone : 5514-4182 e 5514-5369

Juizado Especial Pequenas Causas – LAPA – Jurisdição : Lapa, Perus, Jaraguá, Brasilândia, Pirituba, Freguesia do Ó, Água BrancaEnd. : Rua Clemente Alvares, 120 Lapa CEP 05074-050

Juizado Especial Pequenas Causas – PARADA DE TAIPAS – End. :Estrada de Taipas, 990 CEP 02991-000Fone :3942-5898 ramal 34

Juizado Especial Pequenas Causas – PENHA – Jurisdição: Penha, Cangaíba, Vila Esperança – End. : Rua Dr. João Ribeiro, 433 Penha de França CEP 03634-010

Juizado Especial Pequenas Causas – PINHEIROS – Jurisdição : Pinheiros, Butantã, Vila Madalena, Cidade Jardim – End. : Rua Filinto de Almeida, 69 Pinheiros CEP 05439-030

Juizado Especial Pequenas Causas – SANTANA - Jurisdição : Santana, Tucuruvi, Vila Maria, Casa Verde, Vila Guilherme, Jaçanã, Tremembé – End. : Rua Darzan, 208 Santana CEP 02034-030Fone : 6959-3096 ramal 234

Juizado Especial Pequenas Causas – SANTO AMARO Jurisdição : Santo Amaro, Parelheiros, Capela do Socorro, Brooklin End. : Av. Adolfo Pinheiro, 1990/1992 1º andar Sto. Amaro CEP 04734-003

Juizado Especial Pequenas Causas – SÃO MIGUEL PAULISTA – Jurisdição : São Miguel, Ermelino Matarazzo – End. : Rua Cembira, 110 Vila Curuça Velha CEP 08030-050Fone : 6956-8098

Juizado Especial Pequenas Causas – TATUAPÉ - Jurisdição : Tatuapé, Vila Formosa, Vila Matilde, Vila Carrão, Parque São JorgeEnd. : Rua Santa Maria, 257 Parque São Jorge CEP 03085-000

Juizado Especial Pequenas Causas – VILA PRUDENTE – Jurisdição : Vila Prudente, Vila Alpina, Sapopemba, Parque São Lucas, Vila Ema End. : Av. Sapopemba, 3740 Chácara Belenzinho CEP 03345-000 Fone : 6104-4400 e 6104-2144

Juizado Especial Pequenas Causas – OSASCO

 

http://www.tjsp.jus.br/Institucional/PrimeiraInstancia/InformacoesGerais/Paginas/Default.aspx?c=25

Nome
JEC – Juizado Especial Cível

Descrição
Permite a pessoa iniciar uma ação cível no valor de até 20 (vinte) salários mínimos sem advogado e de até 40 (quarenta) salários mínimos através da contratação de advogado.

Procedimento
O interessado deverá dirigir-se ao JEC mais próximo de sua residência, munido dos documentos pessoais inclusive comprovante de residência e todos os documentos relacionados à causa.

Informação Adicional:
Nas ações contra a Telefônica, Embratel, Sabesp, Eletropaulo ou Unibanco, o interessado deve dirigir-se ao Juizado Especial Cível – Expressinho, localizado no Metrô São Bento, desde que não sejam por motivos de danos morais e materiais. O Juizado Especial Cível não recebe as ações de família e de infância e juventude.

Fórum da Comarca de Osasco – Jardim das Flores, Av das Flores nº703, Osasco,SP

 

Palavras chaves:

pequenas causas

juizado de

www juizado especial

juizado cível

no juizado especial cível

o juizado especial cível

o que é juizado especial cível

juizado de pequenas causas

juizado das pequenas causas

juizado pequenas causas

pequenas causa

tribunal de pequenas causas

tribunal pequenas causas

tribunal das pequenas causas

juizado especiais

juizados pequenas causas

juizados de pequenas causas

advogado trabalhista

advogado online

juizado especial de são paulo

juizado especial são paulo

advogado gratuito

juizado de pequenas causa

juizado pequenas causa

processo no juizado especial

juizado especial consulta

juizado especial pequenas causas

juizado especial de pequenas causas

telefone juizado especial

tribunal de pequenas causa

pequenas causas em sp

pequenas causas sp

juizado especial cível são paulo

juizado especial cívil

forum pequenas causas

prazo juizado especial

pequenas causas são paulo

fórum de pequenas causas

advogado civil

pequenas causas rj

ações civeis

pequenas causas rio de janeiro

juizado especial civil sp

tribunal especial de pequenas causas

juizado especiais cíveis

endereço pequenas causas

pequenas causas endereço

endereço de pequenas causas

endereço das pequenas causas

juizado de pequenas causas em sp

juizado pequenas causas sp

juizado de pequenas causas sp

juizado de pequenas causas em são paulo

juizado de pequenas causas são paulo

juizado pequenas causas sao paulo

juizado de pequenas causas rj

juizado pequenas causas rj

juizado pequenas causas rio de janeiro

tribunal especial civel

pequenas causas curitiba

pequenas causas em curitiba

tribunal pequenas causas sp

tribunal de pequenas causas em sp

tribunal de pequenas causas sp

tribunal de pequenas causas são paulo

juizado cível de pequenas causas

tribunal pequenas causas rj

tribunal de pequenas causas rj

juizados de pequenas causas rj

pequenas causas belo horizonte

juizado modelo especial civel

juizados especiais civis

pequenas causas em bh

pequenas causas bh

endereço juizado especial civel

endereço do juizado de pequenas causas

endereço juizado de pequenas causas

telefone pequenas causas

pequenas causas telefone

recursos juizado especial cível

pequenas causas endereços

juizado especial civel telefone

juiz especial

procedimento juizado especial

juizado de pequenas causas belo horizonte

juizado pequenas causas belo horizonte

processo de pequenas causas

processo pequenas causas

juizados de pequenas causas sp

juizado de pequenas causas em bh

juizado pequenas causas bh

juizado de pequenas causas bh

juizado especial civel consulta

processo juizado especial civel

processo no juizado especial civel

tribunal de pequenas causas belo horizonte

pequena causa

pequena causas

tribunal de pequenas causas bh

primeiro juizado especial civel

pequenas causas df

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Este post tem 422 Comentários

  1. viviane disse:

    tenho uma linha na tim que era em nome da minha mae e paguei a conta dia 8/11/13 so que eles continuam cobrando e ainda colocou nome dela na restricao agora a linha esta em meu nome mais ainda vem cobranca pra ele por uma conta paga oque eu faco obgada

  2. Leticia disse:

    Boa noite. Preciso urgentemente de orientação. Tenho uma microempresa. Fizemos um contrato com uma empresa que faz lista telefônica comercial. O contrato ficou em 10XR$60,00. Paguei todas as parcelas.Acontece que a empresa agora está me cobrando na Vara do Juizado especial 03 parcelas + juros + honorário do advogado, só que não devo nada pra essa firma. Paguei todas as parcelas e tenho todos os documentos para comprovar o pagamento. A audiência está marcada para o começo de dezembro/2014.O que tenho que fazer? Já que não devo nada, posso processar essa firma por danos morais?. Pode me orientar? Fico no aguardo. Desde já agradeço pela atenção.

  3. juliana disse:

    ola meu cartão foi bloqueado a primeira vez e ninguem me comunicou passei um constrangimento ao pagar uma conta e nao autorizar quando fui ao banco saber o que havia resolvido o banco me disse que bloqueou pq estava chegando outro cartão pra mim, e desbloqueou o meu que estava bloqueado e me deu 15 dias para que o outro pudesse chegar, passaram-se 15 dias e meu cartao foi novamente bloqueado sem de novo ter sido avisada, quando novamente retornei a agencia o novo cartao ainda nao tinha chegado, sera que posso mkover uma acao contra o banco do brasil ja que foi bloqueado duas vezes e sem um aviso previo/ que provas posso terei que ter? por favor me responde estou com muita raiva de passar por tudo isso e precisando de orientações.

  4. GOSTARIA DE SABER SE EU POSSO PEDIR UMA INDENIZAÇAO POR DANOS MORAIS CONTRA
    O BANCO DO BRASIL,POR FALTA DE ATENDIMENTO E NAO RESOLVER MEU POBLEMA E TBM
    FEITO EU PASSAR COMO SUSPEITO NO INTERIOR DO BANCO PELOS CLIENTES OBRIGADO.

  5. BOA TARDE!! ME AJUDEM BATI ATRAS DE UM CARRO A 60KM E DEU UM AMASSADO NA TRANCA DO PORTA MALAS! NO OUTRO DIA ELA ME LIGOU DIZENDO Q IA DAR 300,00 REAIS PRA ARRUMAR! UMA SEMANA DPOIS ME LIGOU IZENDO Q IA DAR 1000,00 POR Q ELA IA BOTAR NO SEGURO, SÓ QUE O CARRO DELA ESTAVA TODO CHAPEADO E ELA PENSOU Q EU IRIA PAGAR OS 1000,00 REAIS! DISSE QUE NAO PAGARIA, ELA ENTAO DISSE QUE IRIA FAZER UMA OCORRENCIA ONLINE E SEMANAS DEPOIS RECEBI UMA INTIMAÇAO DAS PEQUENAS CAUSAS! O Q DEVO FAZER? ISSO É UM ABSURDO, ELA QUER Q EU PAGUE A PINTURA DELA TODA DO CARRO!!!! OBRIGADO POR SUA ATENÇAO

  6. Prezados, solicito orientação sobre os documentos necessários para entrar com ação no juizado especial de pequenas causas, contra a AES Eletropaulo, para ressarcimento de danos materiais em decorrência de queda de fio elétrico em cima de meu veículo ao convergir à direita em um cruzamento, e apesar da baixa velocidade, a queda ocasionou danos na pintura do lado esquerdo de meu veículo. Contratei serviço de polimento e cristalização para recuperação da pintura, porém permaneceram cicatrizes dos arranhões, e alteração na cor da pintura, em decorrência da descarga elétrica no primeiro momento do impacto. Passei no posto policial para fazer boletim de ocorrências, porém fui orientado a solicitar em uma Delegacia de Polícia, e a Delegada de Plantão da 52 DP, orientou-me a procurar o juizado Especial de Pequenas Causas, afirmando que neste tipo de ocorrência não se emite o boletim de ocorrências. Solicito confirmar as informações desta Delegada de Polícia Civil e qual documentação devo levar. Já passei em três empresas referenciadas de minha seguradora para orçar os serviços de recuperação de meu veículo, tendo em vista que o serviço de polimento e cristalização não foi o suficiente para recuperar o estado original de meu veículo.

    Agradeço a atenção!

    Mauro Motobe

  7. Paulo Cezar disse:

    Boa tarde, por favor, gostaria de saber se posso entrar com uma ação contra a Vivo/Telefônica, pois moro na zona rural e meu telefone de Tecnologia SWT não funciona direito, reclamei com o atendimento, passados uns 7 dias o meu telefone parou de funcionar sem aviso nenhum, fui verificar o que tinha acontecido, simplesmente eles tiraram o numero do meu chip e não esta funcionando, já fazem uns 60 dias que esta assim, tenho desde então reclamado no Atendimento 10315, na ouvidoria Telefônica e nada até agora… Esse telefone ou melhor a falta dele esta me trazendo prejuízo financeiro pois uso para trabalho… A PERGUNTA É, CABE UMA AÇÃO EM PEQUENAS CAUSAS O MEU CASO? Att. Paulo

    • admin admin disse:

      Prezado, cabe sim, pode procurar diretamente o pequenas causas da sua cidade e levar todos os documentos ou atraves de um advogado. Caso nao tenha, temos nossos advogados parceiros –

  8. Boa tarde
    Desde o dia primeiro de setembro estou tentando reaver o dinheiro que paguei de um boleto que obtive pelo site do Santander. Em agosto paguei o boleto referente ao plano de saúde que segundo informações do SAC era um boleto fraudado. Na época perguntei se o banco iria reembolsar o valor dos juros que tive que pagar ao plano de saúde alem de correr risco de ter meu plano cancelado e o atendente disse que o banco não se responsabiliza por boleto fraudados em seu site.
    Resolvi tentar através do serviço de SAC do banco reaver meu dinheiro e desde então estou sendo enrolada pelo banco que no começo alegou que precisava que o pedido fosse feito através do meu banco Itau, já que foi pago pelo mesmo. Pedi o repatriamento do valor através do banco Itau e o mesmo foi recusado varias vezes pelo banco Santander.
    Como fazem 2 meses que estou tentando amigavelmente e não obtive resposta preciso da ajuda de vocês.
    Fico no aguardo de como proceder.
    Obrigada

    • admin admin disse:

      bom dia, leve todos os documentos e provas ao pequenas causas mais perto de sua casa (em forum ou em alguma faculdade – sempre tem) nao precisa de advogado

  9. Boa noite!

    Comprei um óculos de grau sendo q a armação da ray bam em uma ótica, levaram pra colocar as lentes de grau a primeira já veio diferente da que tinha me mostrado pois veio a presenteando um tom brilhante que não tinha antes de colocar as lentes de grau, a segunda q a mesma fez questão de comprar outra alegando pegar na mão de um representeante de uma outra ótica vaio menor mas com a mesma mesma lente de grau e um fato interessante é que as lentes de sol que estavam na armação eles não devolveram pra mim e pra finalizar a segunda armação esta me machucando e a vendedora disse que era assim mesmo alegando ser nova. gostaria de uma orientação muito obrigado

  10. Andréia disse:

    Boa tarde!
    Uma pessoa bateu na traseira do meu carro. Na hora, ele garantiu que pagaria todas as despesas e pediu que levasse meu carro ao funileiro dele. Levei o carro, o funileiro, arrumou, mas o rapaz não quer pagar e nem comprar as peças que ele próprio danificou. Eu vou pagar tudo pq preciso do meu carro, mas quero saber o que preciso fazer para tentar obter esse dinheiro de volta. Posso ir ao pequenas causas? O que devo levar?

  11. Bom dia,

    Preciso entrar com um recurso de revisão de sentença, meu caso foi julgado sem a minha presença, pois a intimação foi enviado para um endereço que não é o meu. Ale´m do valor requerido ser muito superior ao devido.
    Gostaria de saber como faço para apresentar esse pedido e o que deve conter de informação se possivel um modelo de carta.
    Obrigado

  12. silvia disse:

    Boa tarde, entrei com uma Ação de Execução de Cobrança, A Juiza ja sentenciou que o reu deve pagar,o mesmo nao se manifesta, devo entrar com uma outra Ação de Execução Online (para bloqueio da conta bancaria)??

  13. Leonardo disse:

    O juiz proferiu sentença a meu favor e a empresa que eu processei foi condenada a me indenizar. Como devo proceder para receber o pagamento?

  14. andreza disse:

    Bom dia!
    eu recebi uma carta dizendo que meu nome estava no spc pela IBI, e de fato minhas dividas com esse banco estão quitadas, já mandei duas vezes o comprovante para a empresa e nada deles removerem a ação, e eu tenho todos os comprovantes dizendo que eu paguei a divida em dia a qual eles estão cobrando,fora que sofri constrangimento público pois quis fazer outros cartões e alegaram que meu nome estava no SPC. O que faço? vou diretamente ao forum da onde moro e peço a triagem ?
    Obrigada.

  15. Vera Cristina disse:

    Tenho o convênio da Unimed Paulistana administrado pela Qualicorp, meus filhos e meu esposo são meus dependentes. Fui passar minha filha no pediatra e obtive a informação de que excluíram a minha filha sem meu consentimento e sem aviso prévio. Os dos demais estão ativos porém excluíram ela desde o dia 31/08. Já liguei diversas vezes, ninguém resolve a situação mesmo já terem visto na Unimed de quem partiu o erro por parte da Qualicorp, porém a Unimed não sabe dizer por qual motivo foi. Já entrei em contato com SAC, ouvidoria, PROCON e ANS, e por enquanto nada de retornarem ela. O que devo fazer?

  16. Fabianna disse:

    Olá.

    Fiz contato com um vendedor no site bomnegocio.com. Trocamos mensagens e combinamod a forma de pagamento e envio do produto. Fiz a transferência para a conta poupança dele e os únicos dados que tenho são a agência, a conta corrente, o banco, o CPF e o nome completo dele. Acho que ele age de má fé mesmo. Imprimi todos os emails dele e o comprovante da transferência.

    Tem alguma chance de, se eu entrar no JEC, eu conseguir reaver o dinheiro ou obter o produto comprado?

    Aguado retorno e desde já agradeço!!

    Fabiana

  17. Rafa disse:

    entrei com um processo, fizemos um acordo e a empresa se dispos a pagar pediu 20 dias uteis … passou os 20 dias e nao pagaram … posso processar por danos morais ?

  18. Fabio Santos disse:

    Bom dia

    comprei uma casa na baixada santista financiada pela caixa econômica, reza no contrato uma garantia de 5 anos por porte do construtor, logo quanto comprei começaram a aparecer rachaduras no piso onde tentei por diversas vezes falar com o construtor e não tive exito. sendo assim fiz eu mesmo a reforma ate por conta que almejava morar no imóvel,agora tenho todas as notas fotos de tudo que foi feito, posso pleitear o ressarcimento desse valor no juizado especial.

  19. Maria disse:

    No pequenas causas posso dar entrada na acao, mas no dia do jugamento ir outra pessoa no meu lugar, para me representar devido ao fato de estar ausente no pais?

  20. aline disse:

    Ola tenho uma dúvida esse mês o banco lá da empresa que eu trabalho me descontou 12;50 multa de um cheque de 5.245 que voltou no meu nome sendo que eu n tenho nem nunca tive talão de cheque..o que devo fazer? Obrigado

  21. Maria disse:

    Pretendo fazer fazer um pedido de idenizacao contra uma imobiliaria que imcumpriu o contrato administrativo permitindo que o inquilino o nao cumprimento do contrato de locacao.
    O imovel e a imobiliaria se encontram em Sao Paulo mas eu nao moro em Sao Paulo. Por isto gostaria de saber quanto tempo, mais ou menos demora entre em dar a entrada com a documentacao e a chamada para a audiencia.
    Pois antes de entrar com a acao devo levar em consideracao a quantidade de tempo que terei que retornar.
    Muito grata.

  22. comprei uma passagem na viajanet e nao me liguei na data que era pra ser dpois q eu vim rapidamente pedir o cancelamento paguei o valor do cancelamento com extorno e blz.mas para minha surpreza veio me combrando o valor da pacela das passagens mesmo eu cancelaNDO EU N TENHO O NUMERO DO CANCELAMENTO JA LIGUEI NA VIAJANET E PEDI O NUMERO DO CANNCELAMENTO E ELES N QUEREM ME DAR O QUE FAÇO.

  23. Mauro Esteves disse:

    Gostaria de saber se alguém pode me ajudar com uma situação;
    Tenho uma “vizinha” que tem um cão (RSD – mistura de rotwiller com vira lata), o mesmo deve “dormir” o dia inteiro com ela e, por volta de umas 19 / 20hs à mesma solta o “cão” em seu quintal onde ele fica latindo (MUITO ALTO) até altas horas da madrugada. Eu já conversei com ela a respeito, mas pelo que percebí, foi a mesma coisa que tivesse conversado com uma “porta”.
    Estive na SubPrefeitura de Santana/Tucuruví, eles me disseram que não podem fazer nada a respeito.
    Minha pergunta é:
    O que eu tenho que fazer para esse “VIRA LATA” parar de latir e deixar os vizinhos dormir ?

    Grato !
    Mauro

  24. Mauro Esteves disse:

    Boa Tarde !
    Resido na Rua Mário Eloy, 172 – Jd. Carlu (Santa Inês) – nesta Capital São Paulo.
    Estamos enfrentanado uma situação com uma vizinha, Sra. Helena, residente no nº 161. A mesma possui um cão (RSD – deve ser uma “mistura de rotweiler com vira lata), o mesmo deve ter uns 3 ou 4 anos.
    Acontece a seguinte situação: O mesmo deve “dormir com a dona” o dia inteiro e, por volta das 19h / 20h, à mesma solta o “cão” em seu quintal onde ele late incessantemente até altas hs da madrugada.
    Eu já conversei com ela a respeito, mas é como se eu estivesse falado com uma “porta”.
    Pois bem;
    Gostaria de saber o que pode ser feito com relação à essa situação, uma vez que eu estive na subprefeitura Santana/Jaçanã e ninguém pode me ajudar.

    Desde já Agradeço a Atenção.
    Mauro

  25. Bom dia!

    Meu Elisangela, e minha sobrinha de 16 anos, estava na escola (estadual)na aula de teatro e solicitou para o responsavel colocar as cortinas nas janelas que estava muito claro. Ela e um grupo de alunos se dirigiu até a sala da Diretoria e o Sr. Diretor, entregou na mão dos alunos a cortina para ser colocado, e o mesmo solicitou que assim que terminasse apresentação, cortina fosse retirada em entregue na sala da Diretoria.
    Um dos colegas de sala colocou a cortina e no final minha Sobrinha subiu para retirar, quando a janela caiu no seu pé, fraturando o mesmo. Os reponsveis pelo colegio foram chamados, foi acionado o SAMU que informou que demoraria de 30 a 40 minutos para chegar no local. Resumindo… ela esta com o pé fraturado, os pais não foram comunicados no momento do ocorrido, ela foi socorrida por uma vizinha do colegio.

    Minha dúvida, é possivel entrar com processo contra o estado?
    Foi realizado Boletim de ocorrencia e exame de corpo delito.

    Entramos em contato com a delegacia de ensino e a mesma não foi informada pelo colegio do ocorrido.

    Aguardo informações….

    Muito obrigada!

  26. Vanderlei disse:

    Bom dia.
    Preciso de uma orientação…… Moro desde 1987 em uma casa e a tubulação do meu esgoto seguia por um terreno ate chegar ao esgoto. no ano de 2007 veio um vizinho e destruiu toda essa tubulação e se comprometeu (verbalmente) em fazer tudo e para que nao me preocupasse. Quando estava fazendo a obra do esgoto, foi alertado pelos funcionarios dele que do jeito que estava sendo feito iria dar problemas no futuros mas ele nao deu atenção porque faz tudo pela cabeça dele e hoje, existem problemas (entupimento) e ele fala que a culpa é minha e ameaça em fechar tudo. Ja fui no Forum de, abri um termo de ajuizamento e no dia da audiencia ele nao compareceu e fui orientado e procurar o PEQUENAS CAUSAS de Itaquera mas la, os atendentes parecem que tem a maior MA VONTADE do mundo e a gente fica desnorteado. O que eu devo fazer?

  27. Air Max 1 disse:

    Air Max 1…

    Juizado de pequenas causas | Juizado especial Cível – Guia online SP…

  28. gostaria de saber se posso recorrer a pequenas causas ,pois meu nome esta scpc pois minha filha maior de idade sem minha autorização fez uma compra e foi efetuada a venda sem minha autorização ,sem assinatura minha em promissórias no nome de minha ,posso entrar com pedido de indenização contra o estabelecimento.

  29. Paulo Jander disse:

    Boa noite!

    Vou ter que abrir um processo para pleitear os valores para conserto do meu veículo, gostaria de saber se além do conserto se posso pedir também danos morais devido ter perdido uma promoção no trabalho por conta do acidente provocado pela pessoa que irei acionar devido ao longo tempo de afastamento do trabalho?

    Grato,
    Paulo.

  30. Edson disse:

    OLa Comprei um ap com A MRV peguei as chaves em abril mas tem muitos defeitos ja fiz varias pedidos para arrumarem mas nunca nada foi feito.
    Oque devo Fazer?

    obrigado

  31. Bianca disse:

    Boa tarde.
    Há duas semanas comprei um Iphone 5s em um site, me informaram que o produto ia vir em uma outra caixa porque a caixa original do aparelho tinha sido danificada, concordei com isso, porém ressaltei que deveria conter todos os objetos e a nota fiscal original do produto. Me mandaram o aparelho com 10 dias de atraso, e sem nota fiscal, sendo que pedi essa nota. Fui roubada e preciso do numero de série para fazer o b.o liguei na loja, eles não me forneceram, e sem a nota fiscal também não consigo ter acesso a esse número. O que devo fazer? A pequenas causas poderia me ajudar?

  32. Izabel disse:

    Bom dia
    Em uma viagem para a Argentina me acidentei por SKI e fui socorrida emergencialmente no hospital, onde fizeram RX e me engessaram. Depois disso nao foi necessaria nenhuma intervenção.

    Tinha o seguro de viagens da American Express e no contrato deles diz: “Prática e/ou participação de Ski: Exclusivamente nos casos de acidente ocasionados por prática de Ski, BENEFICIÁRIO poderá providenciar atendimento sem a obrigatoriedade de ligar primeiramente para a Central de Assistência, tendo direito a reembolso posterior. Caso seja necessário internação ou qualquer outra intervenção médica, após o atendimento emergencial o BENEFICIÁRIO deverá comunicar a Central de Assistência. O BENEFICIÁRIO deverá entrar em contato com a prestadora antes de sair do Hospital. ”

    Tive que efetuar o pagamento pelo atendimento emergencial diretamente no hospital e agora a AMEX nao quer me reembolsar, pois diz que eu teria que ter entrado em contato com a central. Não foi por falta de tentar, mas nao tenho como comprovar que tentei contato com a Amex, apenas uma testemunha. De qualquer maneira, foi um atendimento emergencial, entao eles deveriam me reembolsar.

    O que devo fazer?

  33. Patricia disse:

    Boa Noite !
    Comprei um carro alienado de uma senhora, acordamos um contrato de compra e venda que foi reconhecido assinaturas em cartório em abril de 2014.
    Para minha segurança contratei uma seguradora, porém o veículo estava em nome dessa senhora, ou seja como ela é a proprietária de direito o contrato foi feito no nome dela, entretanto quem o pagava era eu por ser a proprietária de fato.
    Com as parcelas sendo pagas em dia, mais precisamente em 16 de julho de 2014, o veículo foi furtado.
    Contudo a seguradora indenizou, quitou a dívida do carro junto a financeira e a diferença foi paga a senhora de quem comprei o veículo.
    Entretanto essa senhora não quer transferir essa diferença para mim.
    Com o meu bom senso e entendimento, estou certa de que como sou proprietária de fato essa diferença deve ser minha, uma vez que eu contratei uma seguradora para tal.
    Enfim, gostaria de saber se estou e como devo agir diante deste fato e saber ainda se cabe danos morais/materiais contra essa senhora?
    Lembrando que tentei entrar num acordo com ela e ela está irredutível dizendo que eu não faço jus a nada do valor indenizado.
    Desde já muito obrigado !

  34. Cristina disse:

    Comprei um apartamento enão consegui financiamento. Tive que pedir um distrato. Po

    Tenho direito a pedir devolução da corretagem ?

  35. Sandra disse:

    Estou com problema e não sei a quem recorrer. Meu esposo faleceu no dia 23 de dezembro de 2013, ele ficou internado no Hospital Quinta’Dor e passou por procedimentos que necessitava ser anesteciado, como o plano de saude nao cobre anestecias, tive que pagar os anestesistas e solicitar o reembolso a Sulamerica Saude. Quando o reembolso foi realizado o deposito foi feito na conta do meu esposo, eu nao tenho como retirar porque a conta nao era conjunta. Estou sem saber o que fazer, pois preciso desse dinheiro que esta na conta corrente dele para pagar os anestesistas. Ainda nao consegui dar entrada no inventario, ele deixou um imovel que compramos juntos, temos dois filhos casados. Desde ja agradeço

  36. cris disse:

    Ola, será que pode me ajudar, entrei com a ação no juizado e foi marcada a audiência, mas eu não fui informada e o caso foi encerrado, posso fazer algo? Recebi uma carta com AR informando que foi encerrado, mas não recebi carta alguma informando a audiência.
    Grata.

  37. Erick disse:

    Comprei uma TV no site e ela não foi enviada a mim já tem mais de 1 ano, como faço para resolver meu caso?

  38. Aparecida disse:

    Tenho uma dívida bancária e estou desempregada. Os Juros são abusivos pelo valor de lis e neste caso a dificuldade em fechamento da conta quanto ao parcelamento desta e os tramites burocráticos só tenderam a aumentar a dívida quem em menos de 3 meses dobrou.Eu tinha já um valor de empréstimo, mas visto que não tive movimentação da conta e que de 800 reais o valor esta hoje em 2500 reais é possível reclamar, já que eu estou pagando muito alem do valor emprestado na época?
    Continuo sem emprego formal para a realização do pagamento das parcelas estou liquidando como eu consigo, mas os juros são ainda abusivos e os contatos telefônicos de cobrança são sempre dificeis pois me ligam várias vezes mas desligam a ligação mediante minhas reclamações sem envio de código de barras que hoje eu descobri que eles enviam via sms mas não enviaram. Até porque diante de minha indignação com o valor a atendente usou desligou a ligação como se eu estivesse de alguma maneira a ofendendo aparentemente por eu ter reclamado de sua postura de atendimento completamente descompromissada e tenho muita dificuldade de fazer essas reclamaçoes via atendimento telefonico. o q posso fazer?

  39. ELAINE disse:

    OI BOA NOITE ESTOU COM UM PROBLEMA ,ESTOU COM O TEL BLOQUEADO A 10DIAS NAO TENHO CONTA ATRASADA ESTA TUDO EM DIA , E ELES BLOQUEARAM POR FALTA DE PAGAMENTO , LIGO ELES VERIFICAM TRANSFERE PARA A AREA TECNICA TODOS OS DIAS A MESMA COISA ELES FALAM QUE VAO DESBLOQUEAR,POREM QUANDO CHEGA NO OUTRO DIA O TEL BLOQUEADO NOVAMENTE , QUANDO LIGO FALO COM ATENDENTE FALA QUE O MEU PROBLEMA E NO SETOR DE COBRANCA ,LIGO NO 0800 POIS LA NAO CONSTA NADA EM ATRASO ,UMA OPERADORA ME INFOR QUE ERA UM CASO DE 2013 UM ACORDO QUE FIS E ESTAVA BLOQUEANDO O MEU APARELHO POREM NAO LOCALIZARAM NADA QUE ESTAVA BLOQUEANDO TODOS OS DIAS E A MESMA COISA LIGO TRANSF PARA COBRANCA OU PARA AREA TECNA MAIS NADA RESOLVE , O MAIS LAMENTAVEL E A PERCA DE TEMPO ,O ENCHIMENTO DE SACO FICAR LIGANDO TODOS OS DIAS E SEM TEL PARA USAR ME AJUDEM O QUE FAZER OBRIGADO

  40. Fabi disse:

    Bom dia!
    Tive uma colisão onde parei no farol e o carro de tras bateu. No momento, a condutora que bateu assumiu o erro, passou o telefone do corretor e tudo ficou resolvido. Em seguida fui à delegacia registrar o BO para enviar à seguradora e 40 minutos depois ela ligou dizendo que eu fui errada pois parei no farol e que eu poderia ir atras dos meus direitos.
    Meu corretor e eu tentamos diversas negociações, ligamos, enviamos mensagens e não tivemos um retorno satisfatório.
    Minha dúvida é:
    - vale a pena eu registrar um novo BO registrando toda essa dificuldade nas negociações?
    - precisarei arrumar meu carro antes de entrar no Juizado de Pequenas Causas ou a apresentação da vistoria e dos orçamentos bastamm?
    - caso a condutora que bateu entre primeiro no juizado alegando que brequei e por isso que ela bateu, o processo é avaliado em conjunto, visto que eu também irei entrar?

    Desde já agradeço pela atenção

  41. Olá,

    Fui vítima de calúnia e difamação através do aplicativo Secret, e gostaria de pedir a remoção do conteúdo assim como pleitear na justiça que a empresa divulgue o nome da pessoa que fez a publicação para que assim inicie um processo judicial.

    Esse procedimetno pode ser feito através do juizado ou vou precisar de advogado?

  42. Bom dia!
    Passei por uma situação muito desagradável, uma pessoa fez um depósito no caixa eletronico ( envelope vazio ) na minha conta corrente do Banco Bradesco,(SÓ QUE O BRADESCO DIFERENTE DE OUTROS BANCOS, NO EXTRATO INFORMA A ENTRADA DO VALOR DEPOSITADO NA CONTA “IMEDIATAMENTE”, ANTES MESMO DA ABERTURA DO ENVELOPE PARA CONFERÊNCIA, O QUE DIFICULTA A COMPROVAÇÃO DA ENTRADA.

    Então por essa falha do Banco Bradesco fui lesada e por causa disso, o “dinheiro estando dentro da minha conta” fui enganada 2 vezes, uma pelo Banco e outra pelo estelionatário. Quero que o Banco arque com as consequências, jamais deveria aparecer o valor no meu saldo sem antes a conferência.
    Vale a pena entrar com uma ação nas Pequenas Causas sobre isso ?

  43. Wesley disse:

    Bom dia,
    Minha esposa,a pelo menos 5,6 anos atrás,e ainda de menor,ajudou
    minha sogra a fazer um empréstimo no banco para inteirar na compra
    de um apartamento. O valor foi de R$7.000,00.
    O problema é que minha sogra não pagou essa dívida,e hoje ela continua correndo. Tentamos negociar com o banco,mais ele pediu entrada de R$1.000,00
    para tentar negociar,sendo que não temos esse dinheiro.
    Nós moramos de aluguel e ela não consegue emprego por causa dessa dívida.
    Como podemos resolver esse impasse?
    Para pagar essa dívida,ela precisa trabalhar,mas como se não
    dão chance por causa do nome sujo?
    Att.
    Wesley Coelho

  44. Bom dia,tenho 19 anos e atualmente estou morando com minha tia em outro estado por conta da faculdade,gostaria de saber se posso mover uma açao judicial contra meu pai no mesmo estado ou devo ir para o estado em que ele rereside.Pois faço faculdade pelo fies durante o dia e nao tenho condiçoes de trabalhar e o mesmo quer parar de pagar a pensao de R$215,00

  45. Aldeni disse:

    Bom dia, é que aluguei uma casa pela imobiliária, e quando fui visitar a casa com a moça da imobilizaria, ai eu gostei da casa, e perguntei, como era a água e a luz, ela me respondeu que no momento eu não ia paga nem água e nem luz, porque o dono estava regularizando, com dois meses que eu estou na casa apareceu, uma mulher que vizinha, cobrando a luz, dizendo ela que a luz estava vindo do relógio dela, mais a imobiliária falou que o relógio deles, não estava funcionando, ai foi dividido 100 em 5 casa, que eu paguei 20 reais, só que tem conta de outra pessoas que morou nesta casa, e agora o outro vizinho do outro lado, vive cortando a luz da gente, quebrando o cano, está um inferno, e a imobiliária não faz nada e nem o dono da casa, e eu falei que quero sai da casa, mais tem um conta, que nua clausura que fala que se eu sai, antes de 12 meses eu tenho que paga uma multa de 3 meses de aluguel, já estou morando a 7 meses nesta casa, e pago 450 reais, mais não aguento mais este inferno, não aguento mais….

  46. Maraysa disse:

    …desde já ,grata !

  47. Maraysa disse:

    Olá , boa tarde !
    Queria esclarecer uma dúvida ,abri uma conta corrente no banco Itaú por conta do trabalho ,sendo que não fiquei no trabalho e nem cheguei a desbloquear o cartão, ou seja não ouve movimentação nenhuma na conta ,sendo que estão me cobrando anuidades referente aos meses, enfim,venho uma cartinha falando que meu nome estava no SCPC .

  48. Caroline disse:

    Boa tarde,

    Há 1 mês desocupei o imóvel de locação (fim de contrato e não houve renovação), foi feita a vistoria da imobiliária, onde foi constatado que deveria ser feito 2 reparos (2 tabuas de forro externo que quebraram e furos na parede de 1 comodo). Até agora não me devolveram o depósito caução, quando entro em contato a imobiliária alega que o dono do imóvel ainda não realizou orçamento para os reparos e que portanto ela não pode devolver o meu dinheiro. Existe um prazo máximo para devolução do depósito caução? É função do dono do imóvel prover orçamento, não seria da imobiliária? Posso entrar no pequenas causas para receber meu dinheiro? O que é necessário apresentar?

    Obrigada

  49. Gostaria por gentileza de saber se posso ir a primeira audiencia e se caso perder entrar com recurso depois c advogado, é sobre uma situção de transito em que o vizinho nao respeitou a distancia de segurança e abandonou o local.
    eu e me marido entramos c processo no pequenas causas e o valor do processo é 2,400, mas um advogado nos pediu de imediato 1.400 p pegar o caso. sendo assim prefirimos ir sem agvodago na primeira. obrigada

  50. marcos disse:

    meu cunhado deu entrada em uma causa no juizado especial, mas foi indeferido sem resoluçao do merito, por falta de traduçao de documento, com prazo de recurso de 10 dias, mas nao conseguiu em tempo habil a traduçao dos documentos. tem como dar entrada novamente no juizado especial do mesmo processo assim que ficar pronto a traduçao dos documentos, sem ter que recorrer. ou que deve-se fazer. obrigado.

  51. Bom dia!

    Comprei o Apartamento pela MRV pronto (não comprei na planta )sendo que os contratos assinados como garantia do imóvel sem aprovação pelo Banco foi 12/2012 e depois outros contratos 07/03/2013 dai adiante o contrato de aprovação pelo banco foi 31/05/2013 e só recebi as chaves depois que pagasse o ITBI / Registro que foi liberado em 08/2013 sendo que o habits foi liberado desde 02/2013 para entregas das chaves, por sua vez a Administradora de condomínio SM esta me cobrando as taxas de condominíno referente ao mês 02/2013 ate´ o mês 07/2013 que não estava morando e não tinha recebido as chaves incluisve quando morei de aluguel recebia os boletos de taxas da MRV mas não recebia os boletos de taxa de condominio, o que eu devo proceder essa situação.

    Grato Atenciosamente

  52. roberto disse:

    bom dia, deixei meu carro em um estacionamento de um grande hotel e o vidro do meu carro foi quebrado (trincado) no estacionamento, o gerente do hotel na hora me pediu que fizesse tres orçamentos para mandar a ele que iria mandar a seguradora para avaliar, depois de alguns dias disse que nao iria pagar por não ter provas que o dano foi causado no estacionamento, posso entrar com pedido de danos morais materiais, as provas que tenho é cartao do hotel (estacionamento), e-mails e fotos do vidro trincado no local, obs: fui informado na hora do ocorrido que o estacionamento não tinha cameras por estarem em manutenção,segundo o gerente.
    OBRIGADO PELA ATENÇÃO. ROBERTO

  53. Paulo Aielo disse:

    Boa tarde. Parabéns pelo site e por todas as informações disponíveis.
    Assinei um plano de saúde Pessoa Física a 45 dias, mas precisei de atendimento emergencial em pronto socorro e meu plano não cobriu. Tive que pagar a internação, cirurgia e agora quero acionar o plano, pois, pelo que sei, o Código do Consumidor não inclui procedimentos de emergência em carências de planos de saúde, está correta esta informação?
    Como proceder? A causa ultrapassa os 20 salários mínimos mas é menor que 40.
    Abraços
    Paulo

  54. Boa Tarde senhores, estou com um problema com uma notificação extrajudicial da MAPFRE SEGUROS que chegou com uma cobrança do concerto de um automóvel envolvido em um sinistro, acidente automobilístico, envolvendo uma Fiorino (Seguradora) e uma Moto(pessoa física), no caso colisão traseira da moto na Fiorino, mas no momento não foi feito a perícia no local devido o proprietário da Fiorino se negar, logo, dois fatores que deixam em evidencia uma ¨”cobrança irregular” de certa, forma, está é cabível o encaminhamento para o juizado de pequenas causas e quais são as probabilidades de acordo ?, tentou o acordo verbal, mas a seguradora de unica opção que a seguradora ofereceu foi o pagamento de um valor para concerto da Fiorino.

  55. Aline Castro disse:

    Boa noite!
    Adquiri um imóvel novo em um condomínio onde moro há um ano. Desde o início, o imóvel apresentou problemas como cerâmica soltando, vazamento de água no telhado, muro cedendo, infiltração e trincas nas paredes.
    Todas as residências do condomínio apresentam o mesmo problema.
    O síndico, juntamente, com os moradores vem tentando uma solução amigável com o construtor (pessoa física). O mesmo faz alguns remendos, mas não resolve o problema definitivamente.
    Posso entrar com um processo de danos materiais e morais no Juizado de Pequenas Causas?
    Se for outro o órgão competente, tenho que arcar com os custos do processo (além do advogado)?
    Desde já, agradeço!

  56. Leticia disse:

    Bom dia!!!

    Preciso de uma orientação, tenho um cartão do Itaucard a mais de dois anos, em junho deste ano precisei fazer o parcelamento da minha fatura.
    Aguardei o banco enviar a fatura com as propostas de parcelamentos, assim que isso ocorreu fiz o pagamento da entrada no dia 20/06/2014 minha fatura vencia no dia 23/06/2014, o problema é que o valor da entrada que vinha na proposta era inferior ao minimo da fatura, no dia 11/07/2014 identifiquei no meu extrato que o banco havia descontado da minha conta o valor minimo da fatura, ou seja, fui cobrada duas vezes um debito que teoricamente já havia sido pago. Tive que realizar varias ligações até que consegui falar fui bem atendida pelo profissional segundo ele poderia retornar a ligação no dia 14/07/2014 que já localizariam o pagamento e já poderíamos tratar da devolução, porem quando entrei em contato no dia combinado fui atendida por um outro profissional que não deu a minima para o meu problema e disse que o banco estava averiguando a situação como um todo e que eu deveria aguardar o retorno do banco em até sete dias.
    Gostaria de saber se posso processar o banco pelo debito indevido da minha conta, e o não reconhecimento do pagamento em sistema, e o mau atendimento do ultimo atendente?
    Tenho todos os protocolos de atendimento, nome dos atendes, dia e horário, comprovante de pagamento e proposta de parcelamento do banco.

    Grata.

  57. Minha filha tem um dinheiro para receber referente ao Auxilio Doença enviado para o Banco do Brasil, mas por causa dos problemas de saúde, ela precisa de oxigênio, está paraplégica e com a visão muito baixa. Tenho uma procuração pública que me dá direito de gerir os valores referentes ao auxilio doença e contas bancárias por tempo indeterminado, mas o Banco não quer liberar o dinheiro com a procuração, exigindo a presença da minha filha.
    Me propus a levá-la de ambulancia, mas depois a gerente disse que não poderia liberar o dinheiro porque ela não pode assinar e a impressão digital não tem valor legal.
    Cabe um processo no meu caso? Posso entrar com o processo representando minha filha? Ela é lúcida e totalmente conciente, mas não tem condições físicas para isso.
    Obrigada,

  58. Soraia disse:

    Boa tarde, minha mãe é pensionista do Estado e recebe pelo Banco do Brasil, ela tem 4 consignados que não são descontados no holerite porque ultrapassa a margem dela, segundo o banco e tem algumas parcelas em atraso e descontaram todo salário dela este mês, em uma outra ocasião já fizeram isso. Ela procurou o banco na época e não fizeram nenhum acordo. Hoje, novamente ela foi até o banco e em busca de uma solução, pois ela não recebeu nada e paga aluguel, têm remédios caros e de uso contínuo. Eles ficaram de analisar o caso dela e nos orientaram a procurar a justiça, para que não seja descontado mais do que 30% dos seus rendimentos.
    Gostaria de saber se o caso dela se enquadra nas pequenas causas e se existe chance dela obter êxito?
    Minha mãe é cardiopata e por causa disso, passou mal e se continuarem a fazer isso, ela vai infartar.
    Fico no aguardo e agradeço qualquer orientação.
    Soraia

  59. Eduarda disse:

    Bom dia, eu comprei alguns móveis para minha casa em agosto do ano passado, e até hoje recebi apenas uma parte da minha compra, além de terem sido feitos errados a marcenaria prolonga o prazo de entrega, cujo no contrato dizia ser de 3 meses. Essa situação se tornou desgastaste para mim e minha família, pois quando dizem realizar a entrega mandam móveis errados e se recusam a refazer a encomenda feita a gosto do cliente. Gostaria de buscar meus direitos perante a essa situação.

    Obrigada,

    Eduarda.

  60. Bom dia, gostaria de saber como proceder, pois deixei meu carro que está alienado pelo banco em meu nome numa agência e eles passaram o carro pra um terceiro sem ter feito a transferência pro nome dele, e este rapaz passou pra uma outra pessoa e quer pagar em meu nome e meu acordo com a agência foi que eles transfeririam a dívida. Agora a agência está tirando a sua responsabilidade e o rapaz que pegou o carro não quer transferir, e agora como proceder?

  61. Douglas disse:

    Olá, primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo site e esclarecimento de muitas dúvidas sem cobrar nada por isso, parabéns. Gostaria de saber o seguinte: Renovei a habilitação da minha esposa e precisei mudar o nome de solteira para o nome de casada, me pediram uma bíblia de documentos e foram todos enviados, me cobraram por essa mudança e paguei, quando pego a habilitação em mãos a surpresa, não mudaram nada! Voltei a reclamar com eles, depois de 3 semanas vieram me dizer que o Detran quem errou e pra arrumarem estão cobrando mais por isso e dizem que eu tenho que pagar!!! Por que o prejuízo é meu se eu já paguei todos os encargos cobrados e agora tenho que pagar por um erro que não foi meu? Acredito que esse encargo deva partir da própria auto escola, uma vez que paguei pra eles serem meus intermediários junto ao Detran!!! Erram e eu tenho que custear o conserto!!!!!!!! Essa auto escola Visão fica em Santo André, gostaria de saber se cabe pequenas causas e onde tem um juizado pra eu entrar com uma ação contra a auto escola em Santo André? Desde já, muito obrigado.

  62. Eu e minha amiga compramos no site LOJA DO INGRESSO.COM no nome dela, dois convites para o Rodeio De Americana, o pacote incluía ingresso, ônibus open bar e transporte ida e volta.
    Ocorre que foi fornecido um volcher e a orientação foi, trocar com o funcionário na Barra Funda no embarque, ou na bilheteria do evento.
    O funcionário, disse que era para trocar na bilheteria.
    Ao chegar em Americana, o funcionário (Thiago) disse que ele não era responsável, que trabalhava para a empresa Lelynho eventos apenas, e era apenas um monitor do transporte, que eu ligasse nos telefone fornecidos junto com o volcher.
    Isso que já havia uma outra pessoa cuidando do transporte (distribuindo pulseira, fazendo chamada e tal), devidamente uniformizado, enquanto este Thiago estava usando roupas normais sem identificação.
    O celular dele estava desligado e ele disse que tinha acabado a bateria.
    Ele levou a gente até o posto policial, e pediu que aguardássemos e não retornou ao local.
    Fomos até a bilheteria e fomos informada que este site não estava autorizado a vender ingressos para este evento, e se estivesse ela os funcionário na bilheteria desconheciam.
    Depois de muito ligar consegui falar em um dos números, com uma pessoa chamada Diego. Que disse que me entregaria os convites, e após isto o cel só deu caixa postal.
    Quando chegamos na Barra Funda, antes do embarque, tivemos dificuldade em localizar o ônibus, ai falei com este mesmo Diego por telefone e ele me passou o número do THIAGO, o qual nos informou onde estava estacionado o ônibus.
    Não entramos no evento, os números fornecidos estava desligados ou não existiam (alguns), passamos muito frio, por conta do inverno (eu tenho asma), os funcionário tanto do evento como os dois que se diziam monitores não tiveram a menor consideração, a funcionária que cuidou da venda diretamente desapareceu no dia do evento.
    Foi uma experiência muito ruim, sem falar nos perigos de ficar andando a noite em um local desconhecido e com pouca iluminação tentando encontrar o ônibus para voltar.
    O que eu queria saber se existe a possibilidade de reaver este dinheiro, afinal foram dois pacotes de R$180,00 cada.
    Se cabe uma ação de danos morais ou coisa do tipo?
    No aguardo.

  63. Hiya, I am really glad I’ve found this information. Nowadays bloggers publish just about gossips and internet and this is actually frustrating. A good web site with exciting content, that is what I need. Thanks for keeping this website, I will be visiting it. Do you do newsletters? Can’t find it.

  64. bed & break disse:

    Keep working ,impressive job!

  65. Ricardo disse:

    Bom dia,

    Compramos um cachorro da raça Spitz Alemão, na época era pre ele ter 2 meses e quando ele foi crescendo aparenta ser outro tipo de cachorro ou ser mistura com outra raça, ou seja, não tem nada a ver do que a gente queria, sendo que o canil ia enviar o pedigree em 3 meses e já se passa mais de 6 meses e até agora nada. É difícil conversar com eles por e-mail pois queremos deixar tudo registrado mas até agora nada.
    O que devo fazer??

    Obrigado!

  66. Jean Satelis disse:

    Boa noite!

    A avenida perto de casa está em obra, porém foram colocadas várias placas de madeiras que tampam completamente a visão para quem vai atravessar a avenida, no meu caso parei no pare e tudo mais, mais não tinha visão de quem estava descendo a avenida por causa dessas placas altas de madeira, na hora da atravessia aconteceu a colisão com outro carro, ja tem várias reclamações sobre essa placas que a prefeitura colocou, até mesmo a pessoa que estava no outro carro concordou comigo. Há alguma coisa a ser feito nesse caso?
    Obrigado!

  67. simone disse:

    Olá gostaria de saber como faço para entrar com um processo contra uma pessoa que bateu no meu carro e não pagou o conserto.
    At.
    simone

  68. simone disse:

    Olá.
    Gostaria de saber como entro com um processo no pequenas causas contra um taxista que bateu no meu carro e não pagou o conserto.
    Podem me ajudar?
    Obrigada.
    Simone

  69. Tainá Marion disse:

    Olá, por gentileza gostaria de tirar uma dúvida.
    Realizei uma compra 07/06/2014 em uma loja de Papel de Parede ,porém não cumpriram o prazo de entrega que seria em 10/06 , e a loja fechou por recesso da COPA DO MUNDO em 11/06 e só voltará no dia 25/06 , quero cancelar a compra com a Administradora do meu cartão de crédito , sem ir até a loja já que a mesma encontra-se fechada , como devo proceder? Posso cancelar e estornar a compra? De acordo com o Código do Consumidor , o que posso fazer nesta situação? Passei muito nervoso , com o descaso da loja , já que está marcado com o colocador no próximo sábado.

    Obrigada pela ajuda!

    Tainá

  70. Maisa Amaral disse:

    Boa tarde!

    Gostaria de saber se posso entrar com processo no fórum de pequenas causas sobre o seguinte problemas:
    A Santa Casa de Misericórdia de SP, possui um equipamento de refrigeração em seu último pavimento que está emitindo ruído acima da legislação (já constatado por um engenheiro capacitado) adentrando as instalações de meu apartamento e provocando desconforto à minha família. O barulho ocorre todos os dias durante 24 horas. Fiz reclamação com eles, enviaram técnicos de segurança do trabalho até a minha residência (que constataram a não conformidade) porém, nada fizeram. Fiz reclamação na CETESP que me orientou a contatar o PSIU. Fiz a reclamação mas, ainda sem posicionamento.
    Esse assunto iniciou em janeiro/2014.

    Pela atenção, agradeço.

    Maisa Amaral

  71. Galati disse:

    Prezados(as), bom dia!
    Primeiramente gostaria de parabenizar a todos pelo site, é muito um site de bons conteudos e que nos instrui com muita clareza.

    Estou com um problema com minha empresa de Telefonia, a pouco tempo, recebi uma fatura da compra de uma Internet Móvel, sendo que eu não havia efetuado essa compra.
    O mais agravante é, que atualmente possuo uma conta conjunta com minha esposa nessa empresa de telefonia, onde a titular dessa conta é minha esposa, impossibilitando a compra de qualquer produto neste contrato em meu nome.
    Gostaria de saber se existe a possibilidade, e quais canais tenho que acionar para solicitar o contrato de compra deste produto, sendo que a compra só pode ser finalizada mediante a um contrato assinado. Entendo que a partir da solicitação de uma copia deste documento, conseguirei resolver meu problema sem ter que acionar os pequenas causas.

    Desde ja agradeço a atenção de todos.

    Fico no aguardo de um retorno, para que possam me ajudar.

    Cordialmente.

    Alexandre Galati

  72. Eliane silva disse:

    Boa noite,
    Eu paguei um cartão de crédito que eu tinha (Hipercard)que hoje pertence ao itaú em 2012 um acordo que fiz não constou o pagamento e ate hoje não consigo resolver já enviei vários fax e e-mails com o comprovante aguardo eles mim ligarem e quando ligam é para cobrar alegando não ter recebido o comprovante já fui ao banco várias vezes levei o comprovante a gerente mesmo enviou fax e e-mail e ainda não resolveu. O que eu faço?.
    desde já muito obrigada.

  73. Carlos disse:

    Boa Tarde,

    Adquiri um pacote turístico, após ter pedido orçamento para o mês de Maio. Para minha surpresa, quando retirei o voucher do transporte aéreo, percebi que a data da viagem estava marcada para Junho. A operadora de viagens, em uma tentativa de consertar o erro, me ofereceu um pacote inferior ao contratado inicialmente, porém sem alterar o preço. Obviamente não concordei, cancelei o contrato e solicitei o reembolso do valor pago e cancelamento dos demais boletos. A data encerrou-se e até agora não obtive o reembolso e cancelamento dos demais boletos. Minha dúvida é seguinte: a ação judicial deve ser movida contra a empresa que consta no contrato, ou contra a empresa representante, que não consta no contrato?

    Obrigado

  74. renata disse:

    Eu trabalhei 7 anos e meio em um Laboratório e durante este tempo a empresa mudou de nome, fez implementações com várias mudanças. No início, fazíamos muitos treinamentos fora do horário do trabalho o que não era computado. Como provas eu só tenho alguns papeis destes treinamentos ou reuniões e as apostilas. Caso não fizéssemos éramos ameaçados algum tipo de punição.
    Com um tempo eles colocaram os treinamentos valendo como banco horas no sistema. Falavam que para estar na empresa teríamos que ter total disponibilidade, inclusive para troca dos horários, já que atendíamos em empresas, unidades, domicilio, hospitais. Muitas vezes o local era de péssimo acesso, pondo em risco nossas vidas e não tinha carro para levar.
    Nossa comunicação com a empresa era telefone celular pessoal e muitas vezes precisávamos colocar cred. para ligar porque não podíamos ligar a cobrar. Também precisei ligar pra celular da minha casa para saber onde estaria no dia seguinte por exemplo. Os e-mails pessoais também foram usados por um bom tempo.

    Tive vários superiores que faltaram com respeito e precisei inclusive ser hospitalizada em 2013, na emergência do hospital algumas vezes e tomar medicamentos pelo estado frágil emocional que me encontrei. Isto porque eu tentava uma conversa amigavelmente e a chefia leva as coisas para o lado pessoal. Um deles chegou a falar que eu não fazia mais o perfil da empresa, sendo que era novo na casa e eu já tinha anos.

    A empresa trabalha com código de conduta, porém este não nos dava respaldo total. Quando precisamos fazer denuncias, os acusados eram alertados.

    Quanto a minha função, a carteira foi assinada como colhedora, e na verdade eu atendia, colhia, distribuía, faturava entre outras funções e passava horas do meu trabalho. Meu salário não era multi função e sim pouco mais um salário.

    Quando eu sai em fevereiro deste ano, levei a carteira que estava sem foto, fui comunicada que se não servisse, seria avisada. Levando um mês para homologar não foi possível pela falta da foto, precisei fazer outra carteira que só ficou pronta em maio. Neste tempo eu perdi propostas para trabalhar, e não tinha como me sustentar.

    Também cortaram meu pano saúde com menos de um mês após minha saída.

    Por favor me oriente, o que preciso ter em mãos, e se não tiver provas serve testemunhas? qual Órgão preciso ir, moro no Rio de janeiro, osvaldo Cruz.

    Grata.

  75. valeria disse:

    fiz um deposito no valor de 2000 mas amoça só depositou 1000 fiz varias tentativas para resolver o problema.Falam que não ouve sobra no caixa e procuraram ate no lixo.pedi que olhasse nas câmeras,falaram que só com autorização judicial.o que devo fazer?

  76. margarete disse:

    BOA NOITE,PRECISO FAZER UM DISTRATO DE UM TERRENO QUE NÃO TENHO MAIS CONDIÇOES DE PAGAR SÓ QUE JA PAGUEI $12.000 ELES QUEREM ME DEVOLVER APENAS $3.000 DIVIDIDO EM 3 VEZES DE MIL É CORRETO ISSO OU POSSO PROCURAR JUIZADO ESPECIAL DE PEQUENAS CAUSAS.OBRIGADA

  77. Magno disse:

    Olá boa tarde.

    Estou com 3 cheques devolvidos, porem não em contro os donos, os cheques são de 2010 e a somatória de todos não chega a R$400,00.
    como devo proceder?

    Obrigado

  78. neyh disse:

    Ola. Uma mulher ultrapassou o sinal vermelho vindo a colidir com o meu carro,foi feito o b.o no local mas o guarda apenas pegou minha versão no local e foi pegar a versão da outra envolvida após ser levada para o hospital. Ela vindo a por no b.o q havia passado no sinal verde,pois se falasse que passou no vermelho a asseguradora dela não pagaria os prejuizos dela ,isso não sabia( o meu carro não tinha segura ) tentei um acordo mas ela não quis nem atender o telefone. Agora eu recebi uma notificação extra judicial dizendo que eu devo ressarssir a asseguradora dos gastos , sendo que no b.o esta as duas versões que passarm no sinal verde. E não tinha testemunha apenas as que estavam dentro do carro. E agora oque eu faço? E o irmão falava que ela não tinha seguro.

  79. francisney disse:

    Boa noite.Em 2009 eu estava em um relacionamento no qual iriamos nos casar,tentamos procurar uma casa mais não encontramos e com autorização da minha ex sogra,decidimos começar a construção em cima da casa dela.O investimento foi grande,todo meu salario eu investia na construção,devido está fazendo tudo sozinho tive que vender minha moto e ainda peguei um empréstimo para dar continuidade a obra.Quando a casa já estava com laje pronta e quase chegando em ponto de acabamento demos entrada no casamento.Logo depois em 2011 o relacionamento chegou ao fim e o casamento foi cancelado.Devido os gasto que eu tive construindo a casa eu quis pedir um acordo a minha ex noiva p eu receber o valor que gastei que estava na faixa de R$23.000,00. Mais infelizmente ela e nem família nunca aceitaram ao menos conversar.Então gostaria de saber quais os meus direitos nesse caso.

  80. Bom dia.

    Por 2 anos eu usava um serviço e guincho mensal para 2 dos meus carros. A empresa sempre me mandava um talão com os boletos do ano inteiro que eu ia fazendo os pagamentos mensais. Acontece que no ultimo ano, a empresa começou a me mandar o boleto por e-mail antes da data do vencimento até que um certo momento pararam de enviar. Fiz um contato e me mandaram. No mes seguinte não veio novamente e claro, com tantas contas que a gente paga mensalmente deixei passar o pagamento.

    Depois de alguns meses eu nem lembrava mais se havia acabado o contrato ou não. Errei em não entrar em contato novamente com a empresa, mas a mesma não me mandou nenhuma cobrança, nenhum telefonema, nenhuma carta, nenhum email nada.

    Apenas no fim do ano, em dezembro recebo uma ligação de uma funcionária me cobrando TODOS os meses que não foram pagos e ao ser questionada o porque dessa cobrança agora, depois de tantos meses, ela me diz que não sabia responder porque estava cobrindo férias de uma outra funcionária que poderia me ajudar e que entraria em contato em breve para uma resolução. Contato esse que não veio e que agora recebo um e-mail dizendo que estou sendo encaminhado para o Serasa. Como devo proceder?

    Obrigado!

  81. Bom dia
    >
    > O meu cartão foi bloqueado e eu parcelei e paguei a minha dívida, porém a credicard esta cobrando taxa de anuidade do meu cartão que eu não desbloqueei. Liguei ontem dia 21-05-14 as 16:10 e falei com um atendente chamado Rogério, e eu expliquei a minha situação e o mesmo ficou perguntando quando que eu iria pagar, disse a ele que eu iria levar a fatura no fórum de pequenas causa e explicar a minha situação, o mesmo desligou o telefone, tentei retornar mas me colocaram na secretária eletrônica.
    > Quando fiz o meu acordo, o acordo foi gravado e foi dito que só iria reabilitar o cartão com consentimento, e com uma nova análise do meu credito.
    Já liguei novamente e disseram que o meu cartão já está desbloqueado e estão mandando cobranças e ligando no meu celular.
    Por favor, eu não quero pagar uma dívida que não estou usufruindo de nada…
    >

  82. Bruno Gomes disse:

    Boa noite
    Meu filho nasceu prematuro e está no hospital a 8 meses. Como ele teve uma melhora, porem ainda depende de oxigênio, fisioterapia etc. O Medico liberou ele via homecare, porem o convênio recusou alegando que não tenho cobertura.
    Consultei um advogado e informou que independente de ter cobertura ou não, se o medico solicitou, o convênio é obrigado acatar o pedido.
    Gostaria de saber se consigo a liminar contra o convênio para liberação do homecare, via pequenas causas?

    Att.

  83. francisney disse:

    fiz uma casa em cima da casa da minha ex sogra e ex noiva.tem como eu receber todo investimento que eu fiz ? tenho todas as notas de gastos .A data do inicio da obra foi em maio de 2009 até final de 2011 .

  84. Rodrigo disse:

    Boa tarde.

    A Vivo está cobrando uma conta paga de março deste ano. Já enviei comprovante, já abri reclamação na Anatel, eles pediram desculpas pelo erro, mas as cobranças continuam (por telefone e carta). Moro em Osasco. Posso ir direto no Fórum da Comarca de Osasco – Jardim das Flores, Av das Flores nº703, Osasco,SP?

    Obrigado.

  85. Nome* disse:

    porque demora tanto um juiz da resposta de um processo nas pequenas causas

  86. Carla Santos disse:

    Estou com um problema, tem uma pessoa que me deve 2625,00 e não quer me pagar,mas o problema é que só tenho uma folha de caderno informando valores com a letra dessa pessoa mesmo, gostaria de saber se cabe a juizado de pequenas causas? Aguardo uma resposta

  87. Guilherme disse:

    Bom dia,
    Paguei uma divida que tinha com a faculdade porém eles não excluiram meu no nome do serasa, diante disso não consegui a aprovação de um credito. Neste caso posso entrar com um processo de danos morais?

  88. Fernanda disse:

    Bom dia! Há pouco mais de um mês, um carro ultrapassou o sinal vermelho e bateu no meu (em um município que não é o que eu resido). Não foi feito boletim de ocorrência pois não havia vitima e o rapaz que é militar, concordou prontamente a pagar, enfim, confiei nele. Fiz vários orçamentos trocamos mensagens, e nelas inclusive ele fala que vai depositar e combina um valor. Só que agora o rapaz sumiu. Tenho o endereço do trabalho dele, mas ele não atende o telefone. Tenho algumas perguntas: o juízado de pequenas causas deve ser o do munícipio onde ocorreu a batida? As mensagens trocadas no celular servem como provas (já que em nenhum momento ele discorda da culpa e sempre se comprometendo a pagar pelo dano)? Posso dar o endereço do local de trabalho, no caso o departamento da aeronáutica, já que não possuo o residencial?

    Grata desde já,

    Fernanda

  89. Fernando disse:

    Olá bom dia,

    Estou com problemas de atraso de entrega de uma determinada loja fisica, onde fizemos a compra no dia 15/03 e até a presente data não recebemos a mercadoria.
    Na loja diz que o prazo de entrega caso o produto esteja em estoque é de 10 dias e caso não tenha disponivel em estoque é de 30 dias, sendo que ja se passaram 66 dias. Já fomos até a loja e conversamos diversas vezes, onde sempre nos são apresentados prazos, porém nada acontece.
    Outro problema é que a compra foi efetuada atraves de crediário e com isto a financeira nos liga todo dia praticamente perguntando sobre o pagamento. Uma parte do pagamento já está sendo efetuada, pois, foi feita atraves do cartão de credito, já a maior parte da parcela não estamos pagando, pois, não é cabivel pagar por algo que não recebemos. Fomos ate a loja e conversamos com o gerente “o qual passa os prazos” que ficou de arcar com os juros das parcelas desde que paguemos o valor da mensalidade, isto apos recebermos a mercadoria. Entretanto não aguentamos mais receber cobranças da financeira.
    Qual a melhor atitude a ser tomada, pois, somente cancelar a compra é muito facil para a empresa, já para o consumidor que esta sendo cobrado insistentemente por erro da loja e não tem seu produto entregue não é justo.

  90. ADRIANA disse:

    BOA TARDE!
    ESTOU COM UMA DÚVIDA ME MUDEI EM JANEIRO DE 2014 E AS CONTAS DA ELETROPAULO VINHAM VALORES BAIXOS (A TAL TAXA MINÍMA)QUANDO ME MUDEI AINDA VEIO BAIXA DEPOIS COMEÇOU A AUMENTAR A CONTA DO MÊS DE MARÇO FOI TIRADA NA RESIDÊNCIA MAS NAO VEIO NADA PARA PAGAR, SOMENTE DIZENDO QUE VIRIA UM TÉCNICO À RESIDÊNCIA O QUE NÃO ACONTECEU FUI DIA 14 DE ABRIL ATÉ A AGÊNCIA VER O QUE ESTAVA ACONTECENDO A ATENDENTE ME DISSE QUE A CONTA ESTAVA TUDO JUNTA NA DE ABRIL,E A OUTRA CONTA ELA IA VER O QUE ESTAVA ACONTECENDO E ME LIGARIA (É O SEGUNDO RELÓGIO NA MESMA RESIDÊNCIA)ANOTOU MEU TELEFONE E NUNCA ME LIGOU ,PEDI O PROTOCOLO DO ATENDIMENTO ELA DISSE QUE ESSE ATENDIMENTO NÃO GERAVA PROTOCOLO ACREDITEI PORQUE ELA FOI BEM CONVICTA.
    MAS CHEGOU A CONTA DE MAIO VEIO UM VALOR ALTO DE NOVO ENTÃO FUI DIA 09 DE MAIO NA AGÊNCIA E NESSE MESMO DIA CHEGOU UMA CARTA DE COMUNICAÇAÕ DE REGISTRO SPC COBRANDO A CONTA DO MÊS QUE EU FUI RECLAMAR QUE NÃO VEIO NADA PARA PAGAR(A DE MARÇO) ENTAO A EXPLICAÇAÕ FOI BEM DIFERENTE DA OUTRA VEZ.
    OUTRA ATENDENTE ME DISSE QUE AS TAXAS MÍNIMAS QUE PAGUEI ERAM SOMENTE PELO FATO DA ELETROPAULO FORNECER A ENERGIA A RESIDÊNCIA,QUE AS CONTAS ACUMULARAM E QUE SE EU QUISESSE PODIA PARCELAR E QUE CONTA QUE VEIO COBRANDO ESTAVA PENDENTE E QUE O NOME JÁ TINHA IDO PARA O SPC.
    EU DISSE QUE TINHA IDO LÁ MAS NÃO FOI ME PASSADO ESTE FATO AGORA NÃO SEI EM QUEM ACREDITAR CADA HORA É UMA EXPLICAÇÃO QUE ESTOU NA DÚVIDA PORQUE NUNCA RECEBI NENHUM CONTRATO DA ELETROPAULO DIZENDO DESTA TAXA MÍNIMA, NEM QUE AS CONTAS ACUMULARIAM ,EU DISSE QUE NÃO AUTORIZEI A ELETROPAULO ACUMULAR DÍVIDA MINHA PARA VIRAR UMA BOLA DE NEVE .
    SÓ SEI QUE FICOU UMA CONTA DE 100,56 OUTRA DE 109,52 E A ATUAL QUE INCLUSIVE JÁ PAGUEI DE 98,47
    QUERO SABER SE PAGO AS OUTRAS DUAS A QUE ACUMULARAM E A QUE NÃO VEIO EM MARÇO ELA DISSE QUE SE PAGAR EM ATÉ 72 HORAS TIRAM O NOME DO SPC.
    O QUE EU FAÇO POR GENTILEZA ME AJUDEM.
    PORQUE QUERO ABRIR O PROCESSO PORQUE FUI NA AGÊNCIA E ME FOI DADO UMA EXPLICAÇÃO TOTALMENTE ERRADA OU MEU RELÓGIO ESTA COM PROBLEMAS QUE A PRÓPRIA ATENDENTE DISSE QUE SE EU QUISER É COBRADA UMA TAXA PARA IR O TÉCNICA A RESIDÊNCIA

  91. Nancy disse:

    Bom dia!
    Entrei com uma ação no juizado especial contra a faculdade Anhanguera de Taguatinga DF pois incluiram meu nome nos órgãos SPC e SERASA sendo que nunca estudei na referida. Não houve acordo na conciliação visto que eles não o apresentaram. Em seguida, o Juiz julgou a causa sem nossa presença e condenou a Faculdade a me indeniozar em 5.000,00. Agora, o advogado entrou com recurso. Eu não possuo advogado. O que vai acontecer agora? O que devo fazer? Trabalho em um banco e poderia ter perdido meu emprego por conta dessas restrições. Solicitei alguns cartões de crédito e foi negado sem eu saber porque.
    Devo me preocupar? Preciso de um advogado?
    Obrigado!

  92. Thais disse:

    BOA TARDE, DIA 04/05/2014, O FUNCIONÁRIO ABEL JOSÉ OLIVEIRA, DA EMPRESA TRANSCOOPER COOP. DE TRANSP. DE PESSOAS E CARGAS – Vulgo (TRANSCOOPER), COLIDIU NO MEU VEÍCULO. O CASO OCORREU DA SEGUINTE FORMA: O CONDUTOR OSMAR SEGHETTO(MEU PAI) ESTAVA ESTACIONANDO O VEÍCULO NA AVENIDA DAS CEREJEIRAS, EM TORNO DO N° 1400, NISSO O CONDUTOR DA LOTAÇÃO ABEL JOSÉ DE OLIVEIRA FUNCIONÁRIO DA EMPRESA TRANSCOOPER,QUE ESTAVA DIRIGINDO A LOTAÇÃO PLACA DTD-8805 LINHA VILA ZILDA PREFIXO 26116, VEIO EM ALTO VELOCIDADE, DESVIOU A FRENTE DO VEÍCULO, PORÉM NÃO CONSEGUIU CONTROLAR A TRASEIRA, ASSIM
    BATENDO FORTEMENTE NA DIANTEIRA E LATERAL DO LADO ESQUERDO DO MEU VEÍCULO PUNTO, CAUSANDO OS SEGUINTES DANOS: PARACHOQUE DIANTEIRO, PARALAMA LADO ESQUERDO, RETROVISOR LADO ESQUERDO, FRISOS DO VIDRO DA PORTA, PORTA LADO ESQUERDO, E DESALINHOU TODO O PAINEL.
    LIGUEI LÁ APÓS A REALIZAÇÃO DO B.O E ME SOLICITARAM 3 ORÇAMENTOS, ME INFORMARAM QUE ATÉ R$ 1.000,00 PAGARIAM AMIGAVELMENTE, MAS OBVIO QUE COM TODOS OS DANOS CAUSADOS ULTRAPASSAM ESTE VALOR. APÓS ENVIAR OS ORÇAMENTOS, A VANESSA RODRIGUES RESPONSÁVEL PELOS SEGUROS DA COOPERATIVA DE TRANSPORTE ME INFORMOU QUE O CONDUTOR DA LOTAÇÃO ABEL JOSÉ OLIVEIRA É TAMBÉM O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, E ME INFORMOU QUE O MESMO NÃO VAI DAR COBERTURA, OU SEJA NÃO VAI ARCAR COM OS DANOS CAUSADOS PELA SUA FALTA DE RESPONSABILIDADE. GOSTARIA DE SABER COMO DEVO PROCEDER NESTE CASO? POIS ESTOU COM O MEU VEÍCULO PARADO E PRECISO RESOLVER ESTA SITUAÇÃO O QUANTO ANTES. AGRADEÇO A ATENÇÃO. BOA TARDE, THAIS.

  93. vanessa disse:

    Meu nome esta sujo por conta de um cheque devolvido
    Estou procurando o cheque q foi dado a um hortfrut
    so q o dono mudou e ja nao é o mesmo nome da impressa
    o banco diz q tenho q ter uma carta registrada em cartorio
    com o mesmo nome q esta no cheque
    Estou totalmente perdida oq drvo fazer?

  94. Boa tarde, tenho uma empresa de brindes, entreguei uns brindes para o dia das mães e a cliente não quer pagar, posso entrar na justiça (pequenas causas, sem advogado) para receber sendo pessoa jurídica?

  95. Johnc748 disse:

    Wow, fantastic blog layout! How long have you been blogging for? you made blogging look easy. The overall look of your web site is wonderful, let alone the content! kgaeedddeddd

  96. Johnb144 disse:

    Thank you for the sensible critique. Me &amp my neighbor were just preparing to do a little research about this. We got a grab a book from our local library but I think I learned more from this post. I am very glad to see such excellent info being shared freely out there. egefeekdggfe

  97. Johne88 disse:

    Outstanding post, I conceive people should acquire a lot from this web blog its rattling user genial. So much superb info on here kcfebeeddfke

  98. Fabiana disse:

    Bom Dia!

    Comprei um portão automático em 08/2013 e a empresa demorou 6 meses para fazer a entrega. /sendo que o portão veio com muitos defeitos.
    O motor parou de funcionar e o mesmo continua sem manutenção dos defeitos que veio.
    A empresa não atende os telefones, o site deles está fora e nem mesmo o e-mail funciona.
    Nesse caso consigo entrar com um processo contra eles, para receber meu dinheiro de volta, pois paguei a vista a compra do produto.

    Att,
    Fabiana

  99. BARBARA disse:

    Em agosto de 2013 meu filho de 5 anos fez uma compra pela internet através de seu aparelho de vídeo game chamado PS3, o que acontece e que não pediu confirmação, ou seja, eles não deletam o numero do cartão de credito, estava armazenado pois em 2012 meu marido comprou um jogo pra ele via internet, e não bloqueiam esse acesso, na data da compra dia 19/08/2013 entrei em contato com eles falando para estornar essa compra, e eles disseram que não fariam, pois no ato da primeira compra foi autorizado guardar os dados sem confirmação pela aceitação dos termos de utilização do site playstone.
    Entrei fiz as alterações e agora não tem mais o cartão, porem gostaria de saber se posso entrar pelo pequenas causas, pois mesmo eles tendo esse termo não podiam confirma a compra sem pelo menos pedir alguma confirmação, tenho em sites o numero de cartão pre cadastrado, mais em toda compra eles pedem pra confirmar o digito ou o cod do cartão.
    Ainda estou no prazo para abrir a ação?
    Depois disso meu filho pergunta todas as vezes se ele pode baixar os demos e para minha surpresa, diversas vezes os demos que eles titulam gratuitos, sendo cobrados, ou seja se o cartão ainda estivesse cadastrado lá estaríamos pagando mais jogos, por erro deles.
    O site e da Sony, e o rapaz que me atendeu na data, disse que seu cancelasse a compra no cartão, o meu aparelho seria bloqueado e eu perderia os jogos que já havia comprado, e legal isso? Pagamos caro no aparelho e eles podem bloquear meu acesso se eu entrar com a causa?
    Liguei logo em seguida no dia e falei sobre a lei do arrependimento, mais eles me falaram que não era valida por causa da aceitação dos termos de uso do site, essa informação e verdadeira?

  100. Olá gostaria de sanar uma dúvida, contratei uma empresa que presta serviços de reformas e construção, fechamos um trabalho que ficou no valor total de
    R$22.000,00 e o prazo de entrega do serviço concluido de 60dias. Porém a empresa inicio o serviço com uma qualidade ruim diversos erros entre eles colunas tortas, colocação de piso, revestimento e janelas erradas, e ja passou o prazo de entrega do serviço concluido, sendo que pagamos como o combinado e assim resolvi cancelar o serviço, a dúvida que tenho é a seguinte paguei metade do valor e fiquei com serviços pela metade e com diversos problemas, tenho como abrir uma ação contra a empresa? o que devo fazer, e se eu abrir a ação posso pedir para uma outra pessoa ir terminando o serviços? ? Me ajudem obrigada

  101. Pedro Lucad disse:

    Olá, bom dia,
    Uma empresa de telefonia cobrou-me um valor indevido, entrando em contato o atendente fez a devoluçãodo valor. Passado alguns dias aconteceu novamente e dessa vez nao quiserem estornar o valor. Como devo proceder tenho apenas as ligações gravadas e como calculo o valor dos danos morais ?
    Obrigado e parabéns pelo site !

  102. Eric Oliveira disse:

    Olá, paguei um rapaz para fazer meu site, o site nunca foi terminado, e há 5 meses a página principal do meu produto está fora do ar. Faz 2 meses que ele ficou de “arrumar” e concluir, mas não pode me dar um prazo. Estou indignado, pois faço anúncios em jornais, com um custo alto, divulgando o meu site, e clientes reclama que “não está funcionando”. O rapaz está estudando e trabalhando atualmente no Canadá. Eu gostaria sim, de mover uma pequena ação, só para cobrar de volta o valor que paguei pelo serviço de construção do site, e dos meses de hospedagem pelo qual não funcionou. Sem contar os inúmeros clientes que devem ter desistido do nosso trabalho de decoração por “não ver nada em um site que não funciona” e não tem nada a mostrar. Um problema: não tenho uma nota fiscal, mas tenho e-mails trocados que ele assume. O que devo proceder? Obrigado, Eric!

  103. jaqueline disse:

    boa tarde fiz uma consulta por 10reais com um oftalmologista dia 02/04/14 e fis um pedido de um ocolos de455.mas nao tendo mais condeçao de pagar com duas semanas depois da consulta liguei pra canselar mas eles me disserao que nao podia pois as lentes ja estavan prontas sendo que o ocolos so seria intregue a mim no dia01/05/14.oque eu posso fazer se eu nao quero mais

  104. Adriana disse:

    Bom dia! Em 06/03 solicitei, por telefone, um aparelho smartphone para a NEXTEL com a intensão de substituir a minha linha atual por uma 3G. Eles pediram que eu aguardasse a entrega do aparelho e ligasse para eles assim que eu recebesse para efetivação da migração de plano. Pois bem, dia 13/03 recebi a NFe por e-mail e no dia 16/04 após o débito de duas parcelas no meu cartão de crédito e por não ter recebido o aparelho, resolvi pedir o cancelamento da minha compra, pois nem eles conseguiam me explicar o que tinha ocorrido com o novo aparelho. Anotei o protocolo de cancelamento e aguardei, conforme solicitado por 5 dias úteis, para retorno e confirmação do concelamento. No dia 25/04, notei que meu telefone antigo não efetuava mais e nem recebia ligações, então liguei para a NEXTEL novamente e me informaram que minha linha tinha mudado pra 3G. Perdi meu numero antigo, meu aparelho não funciona com 3G ,não recebi nenhum aparelho novo até hoje e não tenho nenhum suporte por parte deles, pois dizem que não tem tratativa para meu problema, uma vez que foi solicitada a migração. Pelo que percebi não acataram meu cancelamento e ainda vou continuar sendo debitada. Passei o final de semana tentando resolver meu problema e o sistema deles está fora do ar. Percebo uma grande desorganização. Como devo proceder. Tenho todos os protocolos. Obrigada

  105. ola gostaria de uma ajuda estou com um problema com a companhia de abastecimento de agua da cidade, comprei uma casa e agora o valor da conta de agua esta vindo muito alto sendo que antes vinha em torno de R$ 30 hoje ta vindo r$ 180 sendo que a água da um dia sim um dia não e todo mês tenho que ficar indo no escritorio da companhia para que possa reduzir o valor e toda vez eles falam que não vou mais receber o valor alto e todo continua vindo o que devo fazer

  106. Bom dia Meu nome é Mariana.
    estudo na faculdade anhanguera de Taboão da serra.
    Estava no 5 período de ciências contábeis, fiz a rematricula para o 6 periodo normalmente, com o valor que ja pagava antes, com todos os descontos que foram concedidos quando eu assinei o contrato, porem eu vi no meu portal que estava errado a questão das disciplinas a cursadas, tenho e-mails trocados com a coordenadora do curso, com a minha solicitacao para arrumar no portal, porem quando foi verificar foi dito que eu não poderia ter passado para o 6 semestre pois estava com mais de 5 dependências e ficaria retida no semestre, porem eu fiz a rematricula para o 6 semestre e não sabia que teria que ficar retida no semestre, mas do mesmo jeito aceitei fazer as materias pendentes e continuar o curso, mas para minha surpresa, o desconto que eu tinha de 30,03% de pontualidade ou seja se eu pagar na data do vencimento eu teria o desconto, passou a ser agora de 8 %, isso gerando um aumento de mais ou menos 300 reais na minha mensalidade, entrei em contato com a faculdade e não obritve um retorno positivo.
    quero saber o que é necessario para entrar com a acao contra a faculdade.e resolver meu caso, o meu caso encaixa nos pequenas causas?

    Att

    mariana Mininel

  107. Bom dia, em março/2013 quitei 2 cartões de crédito que estavam com fatura parcelada, porém o banco itaú não antecipou as parcelas quitando o cartão e sim foi abatendo do crédito mensalmente, como solicitei a quitação e cancelamento e as faturas não vieram mais entendi que o caso estava encerrado. Para minha surpresa recebi uma ligação do banco informando que estou devendo R$ 5 mil pois o crédito que existia no cartão acabou. Entendo que os valores foram pagos e que foi um erro do banco. Com base nessas informações consigo entrar com processo pois eles estão querendo colocar meu nome no serasa por uma divida que já paguei. Já tentei falar com eles e não tenho retorno, pelo contrario eles me ligam só para cobrar. Fico no aguardo e muito obrigada.

  108. Prezados boa noite,

    Gentileza informar se o caso relacionado abaixo é cabível de processo no pequenas causas. Já tentei acordo com a Caixa e com a Rodobens (construtora), porém nenhum dos dois quer assumir a resolução do caso.

    Sou Paula Ferreira dos Santos proprietária da unidade 550 do imóvel Moradas São Carlos 2 (localizado em São Carlos – SP) e estou bem insatisfeita. Desde 06/2013, de acordo com o contrato da Caixa Econômica, eu começaria a pagar as prestações do financiamento e não mais a taxa de obras. Isso implica no início da quitação da minha dívida junto ao banco, porém houve um atraso na entrega do imóvel, recebi as chaves no dia 02/09/2013 e mesmo assim continuei pagando taxa de obras até 16/01/2014.

    Inclusive no dia 20/11/2013 estive na Caixa Econômica em São Carlos (agência 0348) cobrando uma explicação, me disseram que não podiam fazer nada, que eu deveria cobrar da construtora (Rodobens) o repasse da individualização de matrícula, somente depois disso começaria a cobrança das prestações. Após utilizar o Reclame Aqui começaram a cobrar as prestações, porém estive na Caixa dia 21/03/2014 e meu contrato continua constando como averbado, a construtora não concluiu a individualização das matrículas e detalhe consta como se a casa ainda está em construção.

    Após registrar nova reclamação no site Reclame Aqui, a central me retornou de novo com um prazo para 20/04/2014 (uma previsão). Nunca dão uma previsão exata para que isso seja regularizado, apenas postergam para o mês seguinte. Desde dezembro solicito a regularização desse contrato. Devido a esse atraso todo paguei um excedente de taxa de obras de 06/2013 a 01/2014, de acordo com o funcionário Thiago da Caixa Econômica de São Carlos não são eles que deverão nos ressarcir sobre esse valor, já o funcionário Henrique da central de atendimento da Rodobens diz que também não são eles. Detalhe que o Thiago disse que eu deveria procurar o meu advogado, caso quisesse esse valor de volta. Resumindo, um joga para o outro e ninguém assume o problema.

    Obs.: A Rodobens não gera nº de protocolo nos contatos realizados, não possui um canal de reclamação na central. Detalhe o canal de reclamação é o site, porém já mandei várias reclamações, nunca respondem.

    Desde já agradeço pela atenção.

    Paula Santos!

  109. quero saber como esta este processo 3011510-54,2013.8.26.0405

  110. hugo rios disse:

    olá .entrei com uma ação contra a nextel porem ainda não foi marcado o dia da audiência .conforme o nome do pedido esta defeito nulidade e anulação porem venho recebendo cartas no qual eles ameça a colocar o meu nome nospc. continua me enviando contas..;nesse caso eu posso ganhar algum dinheiro nesse processo .aguardo resposta .

  111. Leandro disse:

    Boa Tarde, estou com um problema com a operadora Vivo estão cobrando um serviço que ja cancelei a dias atrás, quero entrar com uma ação e pedir indenização danos morais e materias posso fazer isso no Juizado especial Pequenas Causas? obrigado bom trabalho.

  112. Boa Tarde, dei entrada no JEC de EMBU DAS ARTES em 13 de Setembro DE 2013, ate agora não recebi nenhuma notificação sobre a ação, gostaria de saber si demora esse tempo mesmo o que devo fazer pra ver si esta em andamento?

  113. Paulo Campos disse:

    Fui renovar a matrícula (grade curricular) deste ano de 2014, do meu filho na faculdade e me informaram que ele tinha uma divida. Solicitei que ele efetuasse uma reclamação para cancelarem a cobrança indevida, conforme abaixo:

    “GOSTARIA DE SABER SE PODERIAM CANCELAR TODOS OS BOLETOS DO SEMESTRE 2013.2 POIS POR MOTIVOS DE TRABALHO NÃO PUDE COMPARECER AS AULAS, PODEM VER COM O MEU ACADÊMICO E PROFESSORES QUE NÃO TIVE NENHUM COMPARECIMENTO AS AULAS NESTE SEMESTRE E TAMBÉM NÃO HAVIA FEITO A RENOVAÇÃO DO MESMO. JÁ NESTE ASSUNTO GOSTARIA DE SABER POR QUE OS MEUS BOLETOS DESTE SEMESTRE AUMENTARAM, POIS EU PAGAVA EM MÉDIA DE R$ 800,00 E AGORA EU CONSTEI NO MEU SIA AS MENSALIDADES COM MÉDIA DE R$ 1000,00. AGUARDO.”

    Resposta ao requerimento:

    PREZADO(A) ALUNO(A), NÃO PODEMOS EXECUTAR A ISENÇÃO DE TAIS DÉBITOS, UMA VEZ QUE O(A) ALUNO(A) QUITOU A COBRANÇA DE RENOVAÇÃO, QUE AFIRMA PARA A INSTITUIÇÃO O INTERESSE DO ALUNO. CONFORME REGE CONTRATO EDUCACIONAL, TENDO O(A) ALUNO(A) INTERESSE EM CESSAR OS ESTUDOS, E POR CONSEQUÊNCIA AS COBRANÇAS, O MESMO DEVE SOLICITAR O TRANCAMENTO/CANCELAMENTO DE SUA MATRÍCULA, O QUE NÃO FOI REALIZADO PELO(A) ALUNO(A), TORNANDO OS DÉBITOS DEVIDOS. ATENCIOSAMENTE, XXXX.

    A divida do 2º semestre de 2013 ficou em R$ 5449,82. O que ficou inviável por isso estou tentando um acordo possível para que possa ajudá-lo a continuar os estudos.

    Dentro deste quadro é possível cancelar essa divida? Informaram também que o nome dele será incluído como inadimplente caso não efetue o pagamento.

    Desde já, agradeço!

    Paulo Campos

  114. Juliana disse:

    Prezados, boa tarde!
    Pesquisei bastante no site de vocês e apesar da riqueza das informações, ainda estou em dúvidas se meu caso seria aplicável a uma ação de pequenas causas. Podem me avidar, por favor?
    Faço um curso de MBA Online e ao dar início a uma nova disciplina enfrentei problemas pessoais e profissionais que me impediriam de cursar com qualidade tal disciplina. Pensei em postergar a disciplina para um segundo momento e, no final de 2012 decidi consultar a instituição sobre quais seriam os procedimentos necessários. Fui informada que nenhuma disciplina é pré-requisito para as demais. E que, portanto, o aluno pode repor disciplinas que ficarem pendentes, durante o curso, a partir da última disciplina da grade. Fui orientada a retornar meu contato até 30 dias úteis antes do início da última disciplina do curso, quando poderiam me informar sobre as datas e custos de reposição.
    Diante das facilidades oferecidas pela instituição, decidi não cursar a disciplina e deixá-la para um segundo momento. Mesmo que a última disciplina do curso estivesse prevista somente para o final de 2013, entrei em contato em meados de 2013 para solicitar informações sobre os procedimentos para reabertura da disciplina. Obtive exatamente a mesma resposta anterior.
    No final de novembro de 2013, retomei meu contato e fui informada que a previsão para o início da disciplina seria março de 2014, momento que deveria retomar meu contato. Insisti em obter informações mais concretas e obtive a informação de que a disciplina me custaria R$ 1.141,46 a vista ou 2 X R$ 760,98. Reclamei sobre o valor alto e sobre o fato de estar sendo informada daquele custo alto pela primeira vez. Fui informada que o mesmo valor poderia ser dividido em 3 x R$ 384,00, porém deveria retornar meu contato em março/2014.
    Em março retomei meu contato e me informaram que a disciplina não estava sendo oferecida e me ofertaram outras disciplinas de outros cursos. Porém o custo seria de R$ 1.293,66 a vista ou 2 X R$ 650,00. Reclamei mais uma vez, especialmente pelo fato de a instituição não ter sido clara nos primeiros contatos. Como solução ofereceram pagamento em 3 X R$ 436,00 = R$ 1.308,00. Reclamei mais uma vez, e sinalizei a divergência de valores. Como solução informaram que poderia pagar o valor informado na primeira vez, 3 x R$ 384,00.
    Entendo que a instituição está no direito de realizar cobranças que estejam previstas no contrato, mas sei também que é dever dela repassar – quando solicitado – as informações de sua tabela de preços. Ela se negou por um ano a me passar tais informações e talvez se o tivessem feito, eu não teria deixado de fazer a disciplina ou até mesmo teria tido a chance de me programar financeiramente. Não tenho condições de adicionar os valores ao meu orçamento pessoal, pois ainda estou pagando as mensalidades. Sinto-me lesada financeiramente e moralmente, pois já conclui as outras disciplinas do curso, apresentei o TCC e não terei condições de concluir o curso.
    Obrigada!

  115. Augusto disse:

    No caso de acidente de trânsito sem vítima, as pessoas que estavam comigo no carro podem ser testemunha?

  116. Priscila disse:

    Bom dia,

    Me casei há três meses e até agora não recebi todos os meus presentes. Já tentei por diversas vezes resolvoer junto ao Ponto Frio, porém sem resposta.
    Este caso se enquadra no juizado de pesquenas causas? Como devo proceder?

    Atenciosamente,

    Priscila

  117. Rosiane disse:

    Bom dia, gostaria de saber qual o meu direito no seguinte caso: Intermediei um adoção de um cachorro, pelo qual tenho muito apreço e amor. A pessoa que adotou que julgava ser de minha confiança ,não ficou com o animal e se desfez dele no dia seguinte doando-o para a sogra sem me avisar previamente que não tinha mais interesse em ficar com ele. Na verdade o cachorro era pra ficar comigo pois foi eu quem pedi ao antigo dono, mas essa pessoa demonstrou interesse em adotar, e como se trata de alguém que tenho contato diário,pois trabalha na mesma empresa que eu, eu teria noticias do cachorro diariamente. Mas diante do fato dela ter se desfeito do cão SEM ME CONSULTAR eu quero o cão de volta para que fique comigo independentemente se está sendo bem tratado ou não. O que posso fazer nessa situação? Grata!

  118. Damiana disse:

    Boa tarde.
    Estou com problemas com a Sky, da qual ao instalar seu produto, cortou o meu existente anteriormente (Antena comum para canais abertos). Gostaria de saber se o Juizado em questão é ideal para as devidas penalidades?? Inúmeros contatos, agendamentos técnicos e reclamações em diversos canais já foram feitas e nenhuma solução foi apresentada pela Sky.
    Obrigada

  119. Bom dia, meu nome é Edson e estou precisando de ajuda.
    Possui um veiculo financiado pelo bradesco financiamentos em 42 parcelas e já efetuei o pagamento de 11 parcelas, tive essa moto roubada recentemente no dia 04/03/2014, queria saber se existe alguma lei ou outra maneira de não continuar pagando o veiculo ou se existe uma possibilidade de quebra dos juros com a financeira.

    Dentro desse mesmo assunto esse veiculo possui um sistema de rastreador da empresa Ituran Rastreadores foi contratado dentro de um plano que pago mensalmente, eles me davam como cortesia dentro de um período de 3 em 3 meses para a realização de teste do equipamento, tenho em mãos os certificado emitidos por eles que comprovam que o equipamento se enquadrava em perfeito funcionamento só que na data do roubo entrei em contato com a empresa responsável pelo rastreamento e tudo que eles me informa é que o equipamento não estava emitindo sinal ou seja eu me pergunto estava pagando por algo que nunca funcinou? e quais causas devo entrar com ação contra eles?

  120. danilo disse:

    Olá bom dia, é o seguinte, fiz um acordo com a Faculdade Anhanguera, pois eu precisava muito que meu nome saísse do SPC-Serasa, mas eu não concordo com os valores cobrado com juros abusivos, mesmo assim paguei a entrada e a 1º parcela do acordo , posso entrar com o processo para revisão dos valores mesmo tendo aceitado o acordo? Pois como eu disse eu precisava muito que o meu nome estivesse limpo e não tinha outra alternativa naquele momento a não ser aceitar o acordo mesmo não concordando.

  121. Ola.

    Gostaria de uma informação minha e falecida a 14 anos e ela chegou a abrir uma conta no banco Santander e colocou alguns dinheiro e ate hoje recebemos cartas do banco com o saldo gostaria de saber como eu e meu irmão poderia retirar esse dinheiro.
    obrigado

  122. paulo disse:

    Peço desculpas. Meu comentário reapareceu.
    Continuo aguardando suas orientações.

    Obrigado.

  123. paulo disse:

    Bom dia.

    Postei uma pergunta aqui há duas semanas e recebi um aviso que tinha ido para a moderação. Agora, ele foi retirado. Porque???

  124. Venho expor o meu problema, pois contratei um serviço de Buffet para realizar o meu casamento no religioso e para minha surpresa e a do meu esposo tivemos várias surpresas!
    A primeira delas foi à quebra do contrato, pois já estava incluso o local para realização do evento e tive que alugar outro Sítio, pois o mesmo não existia mais. Até ai tudo bem, pois ficou combinado de boca que o valor pago pelo outro local seria dividido por ambas as partes. Quando faltava 4 dias para meu casamento descobri outra quebra no contrato o local que seria realizado o meu dia da noiva, não fazia mais parceria com a dona do Buffet e claro não descobri isso pela dona e sim por que fui até o endereço anexado em meu contrato e a funcionário do Salão me disse que não trabalha mais com eles, então me desesperei! Entrei em contato com a dona novamente e novidade os telefones não funcionavam, então depois de muita persistência eu falei com ela e me disse que não trabalhava mais com o outro Salão, sem mais detalhes e me disse que havia encontrado outro Salão para me arrumar, porém era um Salão sem total estrutura para me receber mediante aquilo que eu havia visto no outro salão que possuía uma estrutura especial para as noivas!! E disse para ela que não queria que fosse neste novo salão que ela arrumou e sim no que estava no meu contato. Advinha o que aconteceu o telefone não funcionava novamente, então no outro dia fui até o salão mencionado no contrato e com o contrato em mãos dizendo a eles que estava acontecendo e que queria realizar o meu dia da Noiva no salão deles, e por sinal falei diretamente com o Dono que foi muito educado se colocando na minha situação e disse que eles me atenderiam, mas que precisavam saber se eu poderia pagar algum valor, para que o trabalho deles não fosse desvalorizado eu como ainda tinha que pagar para o Buffet disse que poderia pagar sim descontando do que ainda devia para o mesmo. Então fechei com o Salão mencionado em meu contrato e pra falar para dona do Buffet que não iria realizar o dia da noiva no Salão que ela queria e sim no que estava no meu contrato! De início ela não quis aceitar, mas meu esposo conseguiu convencê-la. E agora estou há praticamente quase 4 meses que já ocorreu meu casamento e ainda não peguei o meu álbum e filmagem, até mesmo consegui o contato dos fotógrafos que realizaram o meu casamento e me disseram que estão com todo o trabalho realizado, porém não receberam o pagamento ainda e então não podem entregar. O que devo fazer?

  125. Em 2010 conclui parcialmente a faculdade de Negócios Securitários na Universidade FMU, parcialmente porque no último Semestre fique de DP em uma disciplina, em 2011 quando procurei a Faculdade para realizar tal DP fui informada que o Curso de Negócios Securitários não existia mais e que minha turma em 2010 tinha sido a última, desta forma não pude fazer a DP e não peguei Certificado de Conclusão o que ocasionou a perda de algumas oportunidades de trabalho.
    Essa situação cabe Processo Judicial? Se sim, qual o procedimento?
    Obrigada!

  126. Renata disse:

    Oi.
    Em dezembro de 2012 meu marido entrou com uma ação no fórum pequenas causas, teve uma audiência mas não foi resolvido nada depois de um tempo o processo foi para o juiz fomos no fórum e falaram que a sentença saiu.
    Ai dizia assim: sentença parcialmente procedente depois e a ré foi condenada a pagar indenização por danos morais com juros de 1%ao mês. Em fevereiro deste ano completo um ano que a sentença saio e a indenização ainda não foi paga.
    Gostaria de saber quanto tempo leva para sair esta indenização existe algum prazo estipulado pelo juiz?

    Obrigada!!

  127. Morei em uma apartamento onde apareceu uma umidade muito intensa no interior do mesmo, mofando roupas estragando o meu notebook, diante do fato antes mesmo de pedir o conserto do imóvel decidi mudar. Pedi a imobiliária para sair do imóvel sem ônus e forma imediata a mesma fez cumprir o contrato que diz que tenho que avisar para sair com 30 dias de antecedência. Porem o cheiro de mofo dentro do armário se tornou insuportável não tendo como eu continuar no imóvel. Hoje já 30 dias passados estou tentando entregar o imóvel e a imobiliária alega que tenho que trocar azulejo do banheiro que tem vários furos do antigo inquilino, alega que não pode receber o imóvel diz que tenho realizar limpeza no armário sendo que esta tudo limpo o único fator diferente é o cheiro de mofo que não é de minha responsabilidade. O que devo fazer para conseguir entregar o imóvel sem pagar mais aluguel? Já estou morando em outro imóvel alugado também e não consigo entregar este, não tenho como arcar com os 2 alugueis.

  128. Paulo disse:

    Boa tarde,

    minha mãe passou pelo serviço de emergência do hospital Metropolitano, no Butantã, no mês de Novembro, onde permaneceu por apenas 12 horas. No momento da entrada dela, me fizeram pagar uma “taxa de emergência” no valor de 480 reais. Agora, mais de 2 meses depois, recebi uma cobrança do hospital de mais de 9 mil reais, sendo que no momento da alta, não fui comunicado de modo algum sobre tal cobrança.
    Mandei uma carta ao hospital solicitando maiores detalhes sobre esta dívida que eu disse não reconhecer e eles me mandaram uma fatura de serviço com as descrições dos serviços/materiais todas abreviadas.
    Consegui o preço (na internet) de apenas um dos produtos, que já dá uma diferença de mais de 3 mil reais a menos. Não estou me recusando a pagar, mas a cobrança é, no mínimo, abusiva.
    Posso levar meu caso ao Tribunal de pequenas causas? Vocês podem me dar alguma orientação?

  129. Bruno disse:

    bom dia, meu problema é simples e irei resumir:
    comprei um móvel planejado em uma loja(ideal planejados), o antigo gerente “faliu a loja”, uma outra assumiu e virou lider planejados, assinei o contrato dia 30/08/2013, a lider não se responsabiliza por nada, dizem que ja fizeram o possível e pedem para eu contatar uma tal de deise que deixa o telefone programado para não atender, entro com um ação nas pequenas causas, posso pedir o dinheiro e uma indenização pelos quase 6 meses de demora ?

  130. Olá, sofri um acidente de moto no dia 04 de janeiro de 2014,onde o motorista estava errado me fechou e acabei colidindo minha moto em seu veiculo, ele assumiu a culpa e acionou sua seguradora, só que desde então a seguradora vem me enrolando, falando que está verificando e não arruma minha moto, então estou sem ela, pois esta danificada, entro em contato com rapaz do carro e ele me fala para falar com a seguradora o que posso estar fazendo, entro no tribunal contra a seguradora ou o dono do carro?

  131. Ana Magri disse:

    Comprei uma medicação (mesalazina 800mg) pelo site da droga raia e recebi a medicação vencida, fora do prazo de validade, posso utilizar o juizado de pequenas causas?
    Obrigada
    Ana

  132. Boa tarde!
    Gostaria de saber se o meu caso tem solução pela Justiça de pequenas causas.
    Há aproximadamente 3 anos, emprestei a quantia de R$7000,00 para um parente. Só que, por se tratar de parente, não fiz nenhum contrato e entreguei a ele em dinheiro.
    Até hoje ele não me pagou e nem está preocupado com isso, justamente alegando que não tenho provas do ato.
    Tenho alguns membros da família, que possam testemunhar o ocorrido.
    Será que poderiam me passar uma orientação?
    Obrigada!

  133. danilo aguiar disse:

    Amigo estou com um problema e na verdade nao sei a quem recorro (procon ou pequenas causas) o problema é o seguinte, comprei uma casa e tem uma taxa que devo pagar a construtora homix ate 2015, porem o boleto nunca foi entregue em casa eu tinha que na filial da empresa na minha cidade para buscar o boleto, porem essa filial fechou e os boletos nao eram mais enviados. foi no procon para localizara empresa para que na viessem cobranças com juros posteriormente, a empresa nao compareceu na audiencia com o procon, porem em contato telefonico passou um numero de conta para que passassem a ser pagos com deposito em conta, a conta consta nominal para a empresa mesmo, porem gostaria de um comprovante de que paguei tudo e passar a receber boletos por garantia.
    desconfio muito dessa empresa por nao comparecer ao procon e nem enviar boletos. gostaria de saber
    se resolvo este problema no pequenas causas e que documentos eu precisaria apresentar….
    desde ja agradeço

  134. Realizei o curso de administração de empresas junto a Faculdade Anhanguera de Belo Horizonte, com sede sob a Av. dos Andradas, 436, e não consegui concluir minha formação no final de 2012, devido a pendencia de duas disciplinas.

    As provas de dependências estavam agendadas, porém, foram canceladas, e a coordenação informou que quando realizassem a remarcação, seria avisado. Porém tal aviso não foi dado pelo representante de turma de maneira formal, e vários alunos perderam a prova de dependência.

    Alguns alunos, daqueles que vivem na secretaria, “puxa-saco”, conseguiram realizar as provas, com uma conversinha com o coordenador do curso de Contabilidade. Isso mesmo, com o Coordenador do curso de Contabilidade, que nada tem haver com a coordenação do curso de Administração.

    Eu e mais alguns, não conseguimos. Pois o processo não é realizado com democracia. Alguns tem direito outros não. Tenho testemunhas disso.

    A instrução foi que fosse pedido o cancelamento da requisição do PDR para evitar a cobrança da prova, porém, a mesma foi cobrada, mesmo depois de vários contatos com a instituição e hoje meu nome encontra-se com quatro restrições junto ao SPC/SERASA. A prova de PDR seria remarcada no decorrer do ano de 2013, porém desde então, em todos os meus contatos, não haviam inscritos suficientes para a realização das provas.

    Logo, eu não pude realizar a colação de grau, não consigo participar de concursos que exijam minha formação, e muito menos consigo realizar um curso de pós graduação.

    Realizei uma reclamação junto ao site Reclame Aqui, na semana passada, e a faculdade entrou em contato informando que iria realizar as provas ainda esse semestre e que quanto a regularização do meu CPF, seria realizada de imediato, porém, não ocorreu.

    Gostaria de instruções sobre o que fazer neste caso.

    Muito Obrigada.

    Iasmine.

  135. Rosy Bonfim disse:

    No final do ano fui contratada para prestar serviços de demonstradora numa ação da Seara, produtos natalinos, período de 12/12/2013 à 24/12/2013, com uma folga em 16/12/2013, 8hrs de trabalho.
    A agencia que me entrevistou fica em SJC, Valle Marketing, o cliente que faz a ação da Seara eh Yes Promoções, o contrato que assinei eh com a Yes Promoções, fica em SP.
    Na agência em SJC houve entrevista com o cliente contratante da ação, Supervisor da Seara, que me disse ter direito de ajuda de alimentação R$ 9,00por dia + ajuda de transporte de R$ 200,00 para todo o período da ação, e o vlr do dia trabalhado ser R$ 64,00.
    Porém o contrato desta Yes Promoções apresenta salário base estipulado de R$ 900,00., por mês, quando questionado o porque não ser valor por dia, foi alegado contrato ser padrão, e considerando os benefícios o valor total seria de aproximadamente R$ 1200,00.
    Não recebi o valor total pelo meu trabalho, e não recebi no prazo de 10dias após final da ação.
    Hoje 30/01/2014 recebi valor parcial e em 3 parcelas , sendo a última agora em 21/01/2014., faltando um montante de R$ 300,00.
    Essas 03 parcelas nunca foram nas datas combinadas, que diziam que iriam fazer, sempre depois.
    Já informei ao Supervisor da Seara, a Valle Marketing que alega que o máximo que pode fazer eh cobrar o cliente e que constantemente entra em contato, mas que eh preciso aguardar e não chega a conclusão dos valores… documentei via email , a Yes Promoções que entraria com uma ação, uma vez que não recebe informações de quando irei receber valor faltante.
    E outra coisa, contudo isso eles não tem por obrigação nos ressarcir com uma multa?
    E no contrato diz que iriamos receber férias proporcionais e etc, e isso não aconteceu.
    Não tenho condições de pagar um advogado no momento, por estar desempregada, quem posso receber, por favor me ajudem, esta fazendo muita falta.

    obrigada

  136. Rosy Bonfim disse:

    olá minha mae tem um apto. quitado, sem dividas de condominio comprado em 2000, neste ano recebeu uma correspondência do condom. informando que serão rateadas algumas reformas necessárias, ja aprovado em assembleia em 2013, porem consta a cobrança de uma dívida de obra indevida judicialmente contra o condom. de 1995 Entendo que este valor da dívida de 1995 minha mãe não tem responsabilidade de pagar, correto? aguardo e desde ja agradeço informações.
    Se realmente não houver responsabilidade de pgto desta dívida retroativa, o que devemos fazer efetuar pagamento dos boletos e pedir ressarcimento? obrigada

  137. Rivelino disse:

    Comprei panelas de uma empresa na Net, que quebrou. Não tem mais endereço físico, e mail ou telefone. Antes de quebrar, esta empresa enviou minhas panelas, porém para o Rio de Janeiro em nome da Prefeitura do Rio de Janeiro. Voltou para Indaiatuba e lá estão, aguardando retirada. Pergunta : Consigo judicialmente mudar o nome do destinatário ( incorreto) para o meu nome, já que tenho comprovantes de pagamento, extratos e o n° de rastreio fornecido pelo remetente ? Desta forma poderia ir até Indaiatuba e retirar as panelas( Os Correios informam que eu não posso retirar as panelas pois não estão endereçadas a minha péssoa. )É possível ? Obrigado. Rivelino

  138. Olá bom dia!

    Primeiramente queria parabenizar pelas explicações. Sou leigo e pretendo entrar com um recurso de pequenas causas, e as explicações me alertaram para muitos aspectos.

    Gostaria de compartilhar meu problema e saber se existem alguma indicação ou experiência parecida.

    Fiz o pagamento de uma parcela do aluguel, três dias após o vencimento e por isso o pagamento foi feito com multa e na boca do caixa do banco e em dinheiro espécia. Durante a mudança, pois deixei o imóvel eu perdi o comprovante, e agora a imobiliaria está solicitando um novo pagamento.

    Estou entrando em contato com o banco para solicitar um novo certificado de depósito, contudo a imobiliaria tem sem mostrado totalmente indisponível a me ajudar a solucionar.

    Alguém tem experiência de algo parecida e poderia me indicar uma forma de solucionar o problema.

    Obrigado.

  139. Estou com um problema com o proprietário da casa que eu moro, ontem ao pegar a conta de água, tomei um susto, de 80,00 minha conta passo para 1.200,00, entrei em contato com o proprietário no dia seguinte, e ele apesar de ter constatado que havia um vazamento, informou que eu é que devo arcar com o pagamento da conta, que não é problema dele.

    Como devo arcar se eu não sabia do vazamento, é silencioso e em baixo da terra.

    O proprietário esta com a razão em dizer que a conta é problema meu??

    Agradeço de puderem me dar uma luz…

  140. Nome* disse:

    Olá bom dia!Gostaria de informaçõe:Comprei um apto na planta em 09/2010 as chaves foram entregues em outubro de 2013.Não tenho dívida com a construtora e até agora não recebi as chaves do Ap.Houve inversão dos aptos em alguns blocos do condomínio no Apto infelizmente o meu apto estava nesse blocos, no dia da vistoria a construtora ofereceu como pedido de desculpa um kit de acabamento no valor de R$ 2.500,00, eu e meu marido não aceitamos.Consideramos esse valor irrisório, até porque eles sabiam do que estava acontecendo qdo assinamos o financiamento junto com Caixa, e em momento algum eles nos comunicaram do ocorrido.Só ficamos sabendo da inversão dos apto meses depois após financiamento assinado.Eles marcaram um visita para ver o empreendimento foi aí que todos os moradores daqueles blocos viram que os aptos estavam errados ou seja invertidos, do que foi comprado na planta.Comunicamos por telefone o que estava acontecendo com a construtora, a qual ficou de ver e dar um retorno,retorno esse que só ocorreu no dia da vistoria, oferecendo kit de acabamento e pra aqueles q aceitasse iria receber as chaves, mais os que não aceitaram eles não deram nenhuma previsão.Até agora ligamos pra pedir informação fizemos reclação no site reclame aqui mais até agora não sabemos de nada e estamos sem nenhuma previsão.Por favor gostaria que vcs nos orientasse o que devemos fazer? Aonde reclamar? Quais nossos direitos?Já estamos pagando condomínio desde de out/2013 e juros pra Caixa desde maio/2012.

  141. Bom dia,
    Aluguei um apartamento para um casal por 3 meses (contrato de temporada) e a entrega das chaves foi para o zelador. Quando fui ver o apartamento, constatei que eles haviam levado TODOS os móveis, quadros, espelhos, enfim, tudo. Segundo eles (ainda consegui falar com eles, estão morando agora na Paraíba), era velharia, estava atrapalhando e doaram tudo sem a minha permissão. A única prova que tenho é o testemunho do zelador, que se dispôs a depor. Já fiz BO.
    Preciso de um advogado para essa causa (ressarcimento do valor dos móveis)? Não tenho o inventário anterior à locação.

    Obrigado

  142. Boa Tarde. Gostaria De Saber Em qual Juizado Se Enquadra O Bairro Do Belém, Pois Não Aparece Na Lista. Obrigado

  143. Bruna disse:

    Olá, fiz um emprestimo consignado no banco do Itau, tive alguns problemas e ed eixei de pagar por alguns meses.
    Renegociei a divida, porém o valor triplicou as parcelas estão muito alta, estou pagando certinho, estou na 6 prestação. Esta ficando cada dia mais dificil horar com esta divida e agora estou gravida de gemeos, ficará mais complicado.
    é possivel entrar com algum pedido para o banco rever os valores “juros”, quero pagar o que devo, porém os valores estão abusivos….

  144. Viviane Silva disse:

    Bom dia,

    Fiz a compra de um carro usado á vista, e no primeiro dia o veiculo apresentou problemas no cambio, a loja fez o reparo e concedeu garantia de 36 meses da peça danificada, porém 1 dia após o termino da garantia, o mesmo apresentou novamente o mesmo problema, mas nem a loja e nem a mecânica querer arcar com o prejuízo, alegando que não é mais problema delas.

    Como devo proceder?

    Obrigada!

  145. Renato disse:

    Bom Dia por gentileza estou me divorciando a gente não tem nenhum bem a partilhar já concordamos coma partilha não temos filhos e estamos de acordo com o divorcio amigavelmente, como devo proceder tenho que comparecer junto com ela ou posso ir sozinho ? E quais os documetos que tenho que levar ?

  146. Recebi uma cobrança da operadora de cartão de crédito, em um sábado, às 07:35. Sendo que o pagamento parcial, foi efetuado dois dias antes da cobrança. Ainda sim liguei para operadora, confirmei o pagamento e hoje 07/01 recebi uma carta de aviso de pagamento, com emissão de 28/12 (sábado) mesmo dia da cobrança. Como proceder?
    Grata.

  147. Emeson disse:

    Boa tarde,

    meu veículo sofreu danos causados por tela utilizada no corte da grama operada pela empresa BC2 na Nova Dutra região de Guarulhos. Porém estou em um caso onde de um lado a Concessionaria CCR-Nova Dutra e de outro lado a empresa BC2 Construtora, se negam a ressarcir de acordo com os três orçamentos que eles mesmos solicitaram.

    Qual a sua sugestão para que eu possa ter meu prejuízo ressarcido?

    muito grato

  148. PÂMELA disse:

    oLÁ, BOM DIA,
    GOSTARIA DE SABER COMO PROCEDER NA SEGUINTE SITUAÇÃO:
    ME CASEI NO DIA 09 DE NOVEMBRO DE 2013, ONDE FOI CONTRATADO FECHADO UM PACOTE COM UMA EMPRESA DE FOTO E FILMAGEM, PORÉM NO DIA DO CASAMENTO NÃO FOI FILMADO NADA, VEJA BEM, NADA NA CERIMÔNIA NA IGREJA,SIMPLISMENTE POR QUE EU NÃO SEI, CREIO EU QUE SEJA POR FALHA DO PROFISSIONAL QUE ESTAVA A UTILIZANDO NO MOMENTO, MAS GOSTARIA DE SABER SE CONSIGO COLOCA-LO NA JUSTIÇA, NAS PEQUENAS CAUSAS, COMO PROCEDER SE COM ELE TIVE UM CONTRATO E O MESMO NÃO FOI CUMPRIDO? AH E MAIS UMA DÚVIDA, NO MESMO DIA DO CASAMENTO FOI ACORDADO COM A DONA DO RESTAURANTE ONDE APÓS A CERIMÔNIA DO CASAMENTO REALIZAMOS O NOSSO JANTAR, PORÉM A MAIORIA DAS COISAS QUE FORAM ACORDADOS ANTERIOR AO CASAMENTO NÃO FOI CUMPRIDO TAMBÉM COM O RESTAURANTE, POIS OCORREU QUE NEM A MESA DE 06 LUGARES SOLICITADAS PARA NÓS OS NOIVOS E NOSSOS PAIS TINHAM SEPARADO, O BIFE FOI LIBERADO ANTES DE ENTRARMOS NO RSTAURANTE, NÃO TINHAM SEPARADO A MESA DO BOLO, NEM AO MENOS TINHAM DEIXADO LUGAR QUE EU CONSEGUISSE PASSAR DE VESTIDO, QUANDO CHEGUEI AO RESTAURANTE TIVE DE RETIRAR MUINHA CALDA E ENTRAR DE LADO NO ESTABELECIMENTO,ERA PARA TER UM BAILE DEPOIS, NÃO CONSEGUIMOS DANÇAR, POIS NÃO FORAM RETIRADAS AS MESAS… O QUE EU FAÇO, POSSO TAMBEM ENQUADRA-LOS EM PEQUENAS CAUSAS SE EU NÃO POSSUO CONTRATO COM ELES? AGAURDO O RETORNO DE VOCÊS…

  149. Eliane disse:

    Ola boa tarde!
    Estou com uma divida referente a faculdade que fiz a alguns anos atrás mais precisamente de 5 parcelas não pagas.
    Recebi um oficial de justiça com a notificação da abertura de um processo contra minha pessoal, neste período eu estava de licença a maternidade e não dei a devida a tenção ao prazo de 15 dias para recorrer descrita no documento
    Pois bem o prazo passou e alguns meses depois entrei em contato com o escritório de cobrança da faculdade para tentar negociar a divida, não obtive sucesso pois achei o valor cobrado abusivo 5,000,00 mil reais, mais as mensalidades não pagas custavam 770,00 cada uma .
    Mais uma vez deixei para depois e qual foi a consequência, esta semana fui licenciar meu veiculo e ele está com uma ordem judicial, que me impede de licenciar e transferi-lo .
    Quero pagar mais não esses valores abusivos, com o escritório de cobrança já vi que vai ser difícil negociar sem uma força maior.
    Gostaria de saber como devo proceder

  150. Eliane disse:

    Ola boa tarde!
    Estou com uma divida referente a faculdade que fiz a alguns anos atrás mais precisamente de 5 parcelas não pagas.
    Recebi um oficial de justiça com a notificação da abertura de um processo contra minha pessoal, neste período eu estava de licença a maternidade e não dei a devida a tenção ao prazo de 15 dias para recorrer descrita no documento
    Pois bem o prazo passou e alguns meses depois entrei em contato com o escritório de cobrança da faculdade para tentar negociar a divida, não obtive sucesso pois achei o valor cobrado abusivo 5,000,00 mil reais, mais as mensalidades não pagas custavam 770,00 cada uma .
    Mais uma vez deixei para depois e qual foi a consequência, esta semana fui licenciar meu veiculo e ele está com uma ordem judicial, que me impede de licenciar e transferi-lo .
    Quero pagar mais não esses valores abusivos, com o escritório de cobrança já vi que vai ser difícil negociar sem uma força maior.
    Gostaria de saber como devo proceder

    Atenciosamente Eliane

  151. Angela Karla disse:

    Achei ótimo este site e, aproveitando a oportunidade, gostaria de uma orientação: Há, na rua de minha residência, uma loja comercial com o mesmo numeral que a minha casa. Já tentei conversar com a dona da loja, pelos incômodos gerados (inclusive, ameaças de corte de energia elétrica e água direcionadas à loja), pelos clientes que tocam meu interfone até mesmo antes das 07h da manhã. Cabe um processo administrativo contra a prefeitura da minha cidade? A dona da loja disse que não fará nada para resolver o problema pois ela não tem tempo.. O que devo fazer? Desde já, obrigada. Angela

  152. ate qual dia de 2013 que ira funcionar? que posso entrar com uma ação?!

  153. Nome* disse:

    Olá bom dia

    Tenho um Nota Proimissória protestada no 10º cartório de notas de SP.
    Porém a pessoa que me protestou sumiu e levou com ela a NP e por isso não consigo resgatar e nem limpar meu nome.
    Eu consigo acionar o pequenas causas.
    Att

    Tatiane Gardini de Lima

  154. Boa noite,
    Comprei uma passagem de onibus para uma viagem intermunicipal, porem ao aguardar o onibus na estaçao, o onibus entrou com outro intinerario na estaçao e acabei perdendo a viagem. Tentei trocar a passagem para outra rota porem nao daria tempo para chegar ao destino a tempo do meu compromisso. A previsao da proxima rota era de chegar 1:30 apos inicio da minha prova do ENADE. A empresa de onibus propos apenas devolver o valor da minha passagem de onibus. Recusei e acabei alugando um taxi na emergencia. o taxista me cobrou R$1300,00 pela viagem. Guardei a passagem, comprovante de pagamento do taxi, a reclamaçao feita no DER no dia do acontecimento. No meu entender, eles me venderam um serviço que nao existia. como devo proceder a partir de agora? obrigado e parabens pelo site.

  155. Sara disse:

    Gostaria de saber se posso mover uma ação contra a faculdade que estudo,pois iniciei o curso sem financiamento de imovel e hoje consegui graças a Deus financiar no meu nome porém a faculdade costumava dar desconto para quem apresentasse contas de telefone,água,aluguel afirmando precisar de um maior desconto. Hoje foi me passado que o pro uni tomou frente e não posso ter desconto pela assistência social mesmo tendo eu um financiamento de 360 parcelas .
    Me sinto lesada pois pago tudo sozinha e um amigo da sala conseguiu 50% de bolsa,hj tenho 40% ainda pagando uma associação p/ ter esse desconto,mas um gasto pois a faculdade não me concedeu esse desconto sendo tecnica pois não sou ex aluna da Santa Marcelina FASM…me ajudem preciso muito de resposta.

  156. Alana disse:

    Ola, Parabens pelo site. Gostaria de saber se uma empresa declarar falencia ou simplesmente fechar e eu não saber o paradero posso entrar no juizado o requerer citação por edital ou peço para oficiar orgãos publicos para saber endereço dos socios? como procedo?

  157. Bom dia meu e Patricia trabalho com vendas pessoa fisica vendo na internet facebook cliente compra faz o pagmento eu envio, correio da um prazo de 4 dias uteis para entrega postei dia 14/11 o correio alega q endereço errado ate ai ok voltou a mercadoria dia 22/11 hj dia 10/12 ainda nãi recebi essa mercadoria abri uma reclamação ao correio segue nr reclamação (Por favor, anote o número do seu protocolo: 18963428, referente ao objeto PG741429685BR)
    dia 21/11 envio outra mercadoria espero 4 dias uteis para entrega nada então sou aobrigada a enviar outra mercadoria dia 02/12 si637860565br pq o cliente não tem culpa tenho prejuizo de envio do sedex outra mercadoria e risco do cliente receber a qlq minuti e não devolver a outra mercadoria, dia 27/11 enviio outra mercadoria para outro cliente logico cliente com pressa correio passa 4 dias uteis para entrega faço outra reclamação Por favor, anote o número do seu protocolo: 19031316, referente ao objeto PG262732496BR nenhuma resposta envio outra mercadoria para cliente dia 06/12 via sedex sa194030942br pq cliente reclamando e prejudicando minhas vendas no face no dia 10/12 vou confirmar o rastreamento minha surpresa mercadoria saiu de benfica para entrega ouvidoria não da nenhuma resposta não entra em contato pra esclarecer nada e agora com quem vai ficar com esse prejuizo gostaria de uma ajuda oq devo fazer obrigada

    Patricia

  158. Marco disse:

    Olá,
    Escolhi certa academia devido seu horário de funcionamento ser estendido, então firmei um plano anual (pago a vista). Chegando na metade do plano, a academia troca seu horário de funcionamento de maneira a reduzi-lo, logo me vi prejudicado pelo fato ocorrido. Ao conversar com a Gerente de vendas ela propôs alterar meu treino de forma que eu ainda tenha rendimentos, todavia que teria que chegar até um horário “x” para poder fazer este novo treino. Tal adaptação me custou faltas na última aula da faculdade, pois tive que sair um pouco mais cedo para poder chegar no horário acordado.

    Cheguei a um limite que não podia mais faltar, então pedi o meu dinheiro de volta, todavia a academia alega que eu teria que pagar 25% de taxa de rescisão + um valor que seria o valor da matricula ao qual fui isento por firmar um plano anual.

    Fato é que neguei pagar estas taxas e exigi o reembolso do valor integral pago por mim. A academia alegou que a mudança de horário está prevista no contrato assina entre as partes, todavia a clausula que garante este direito à academia é seguida de outra clausula que estabelece o horário da academia. Ao meu ver o contrato se contradiz e nestas circunstâncias entendo que tenho o direito de livre interpretação.

    Clausula C: A *** poderá efetuar as alterações que forem necessárias nos horários dos treino pré estipulados pelos professores e/ou das aulas desde que comunique aos alunos, com antecedência, através de cartazes colocados nos quadros de aviso.

    Clausula E: O horário da academia será de segunda a sexta das ** h às ** h e aos sábados e domingos e feriados das ** h às ** h, com exceções das unidades que tem seus horários próprios.

    A academia se recusa a pagar o valor integral, portanto gostaria de saber se minhas observações estão certas quanto às clausulas se contradizerem (dubiedade)e se posso levar este caso à pequenas causas? Tudo isso me causou grande estresse e desconforte, além de me sentir lesado, portanto também gostaria de entrar com ação de reparo de danos morais. Posso?

    Obrigado,

  159. Giovana disse:

    Olá!! Efetuei uma compra pela internet em agosto e até hj dezembro o produto não chegou…entrei com processo pelas pequenas causas, a audiência foi marcado para fevereiro!! Gostaria de saber se é necessário levar advogado, não pretendia mas isso é ruim? E o que devo levar no dia da audiência?

  160. Silvana disse:

    Boa a tarde, preciso de um orientação.
    Qual o juizo competente pra que eu entre com uma ação declaratória de reconhecimento de vinculo empregatício.

    Obrigada

    Silvana

  161. Boa tarde, gostaria de direções sobre como proceder com este caso que me está ocorrendo. Alugo uma residência desde 07/12 e possuo contrato de 30 meses, porém desde 08/11/13 se iniciou uma obra no terreno ao lado, onde houve demolição para construção de sobrados, sofremos diversos incõmodos desde o principio, com entulhos caindo em nossa casa, com perigo de machucar os cachorros, barulho desde às 7 da manhã, etc.. Bom a questão agora e que muito me preocupa e que o muro e o corredor da casa está cedendo, houve diversas avarias no terreno abaixo da casa (que é assobradada) e as rachaduras aumentam casa dia mais. Estamos muito temerosos por nossa segurança. Estamos conversando com a imobiliária, desde segunda, dia 25/11, pois gostaríamos de deixar a residencia sem cobrança de multa contratual o quanto antes, esta disse que entraria em contato com a proprietário da casa e nos contataria, a resposta demorou e novamente entramos em contato com eles, que disseram que seria enviado um engenheiro para avaliação da questão da segurança e da multa, porém ainda não tivermos visita de nenhum engenheiro ou responsável da imobiliária, como disse estamos com medo e não podemos esperar a boa vontade deles. Gostaria de saber se há alguma ação judicial que podemos iniciar para nos ajudar e proteger, pois teremos que arrumar outro lugar pra ficar, as pressas.
    Obrigada

  162. Samantha disse:

    Boa tarde.

    estou desempregada e estou com dívida de empréstimo com o Santander faz um ano e 7 meses sendo que havia um contrato que renegociei o empréstimo. Consignado mas estão. Cobrando 2 empréstimos que estão. Em quase 20 mil um absurdo. E tenho. Dívidas. De empréstimos, cartões. De créditos e cheque especial com o Itaú informam que devo 20 mil. Em ambos os bancos já recebi. Notificação de ajuizamento e do Itaú informaram que vão. Penhorar meus bens. Se não. Pagar em 3 dias. O que eu faço. A negociação. Deles é. Absurda e não. Tenho como pagar estou. Sem emprego.
    obrigada

  163. Boa noite, gostaria de saber como proceder neste caso: trabalhava numa empresa onde as filhas do dono eram minhas supervisoras, e cuidavam da unidade na qual trabalhava, só que acontecia o seguinte, pagamentos eram atrasados, vale transporte atrasados, muitas vezes recebíamos o salario mas não recebíamos o holerite, só recebíamos os mesmos três ou quatro meses depois. Muitas vezes era tratada como uma “idiota”, como se eu tivesse algum problema mental, o modo como elas nos dirigiam a palavra era intimidador. Quando sai pedi demissão, fiz uma carta de demissão da firma na qual falava que estava me desligando da empresa, meu CPF e RG, CNPJ da empresa, no final assinei o coloquei a data do dia e entreguei para ela em mãos, a mesma me disse que iria entrega-la ao contador para dar baixa, só que isso não aconteceu e quando recebi os documentos com o valor que me era de direito para receber, ela me descontou o aviso prévio, e ainda não fiz homologação pois o contador da firma me avisou que tem alguns meses de fundo de garantia em atraso por isso não posso fazer homologação. gostaria de saber o que eu posso fazer contra essa pessoa.
    Agradeço desde já

  164. Keyla disse:

    A empresa Celesc, empresa responsável pela distribuição de luz de Santa Catarina disponibilizou meu nome no Serasa, sem me dar nenhuma notificação.
    Segundo o Serasa existe uma duplicata da Celesc no valor de R$63,34 com vencimento em 28/02/2010 em aberto no meu nome. Atualmente moro em São Paulo.
    Na data do débito não morava mais no endereço que a duplicata aparece, já havia me mudado a mais de um mês. Mas não pedi o desligamento da luz no endereço, só fui fazer isso mais tarde antes de voltar à São Paulo em agosto de 2012.
    Fui fazer um financiamento e apareceu esse débito que foi disponibilizado ao Serasa Experian em 17/01/2012. Porém qd eu pedi o desligamento do relógio em meu nome, não constava segundo o funcionário débito nenhum.
    Mesmo não sendo um gasto meu está atrapalhando com meus projetos, fazer um financiamento me propus a pagar.
    Mas está difícil resolver isso com a Celesc. Antes de vir à São Paulo em agosto de 2012, passei na Celesc e me certifiquei que não havia nenhum débito com a empresa e a informação que o funcionário deu, foi que estava tudo certo).
    Quando descobri o débito em novembro de 2013 liguei diversas vezes para a empresa que não conseguiu me auxiliar pelo telefone, primeiro muito difícil a comunicação, muita espera, e quando ligava para o setor comercial (indicado pelos funcionários depois de tentar ligar no setor de reclamação para acessar meu débito), caia no setor emergencial (setor que segundo os funcionários não conseguia acessar meus débitos), isso por uma semana inteira tentando ligar várias vezes por dia, funcionários despreparados que não conseguiam me explicar o porque eu ligava para um número e caia no outro, e porque não conseguiam resolver meu problema. Até que consigo um funcionário que resolve me ajudar pedindo meus documentos e tentando acessar algum débito, alegou que não tinha nada, nenhum boleto em aberto no meu nome. Para me certificar fui ao Serasa Experian e consta uma duplicata com as informações que falei acima em aberto. Como devo proceder?

  165. Boa tarde!

    Tive um cheque devolvido 2 vezes, e o mesmo foi pago.
    Porem a pessoa que esta com o cheque, não quer devolver o mesmo, nem fazer
    uma carta de anuência.

    Como devo proceder?

  166. Romulo disse:

    Bom Dia eu estava voltando para São Paulo (onde resido), voltando de Itanhaem, quando no acesso da Rod BR-101 (Rod Padre Manoel da Nobrega) para a Avenida Doutor Roberto de Almeida Vinhas, um onibus veio em alta velocidade, não respeitando o limite de velocidade permitida (50km/h) e acabou batendo na lateral toda do meu carro. Na hora ele não parou no local, onde eu fui atras do mesmo, ele parou e em primeiro momento me informou os dados do veiculo e empresa, onde os mesmos estavam incorretos( Placa do onibus era uma e o documento que ele passou era outro). Consegui os dados verdadeiros e fiz o Boletim de ocorrencia com os dados corretos. Agora preciso entrar com processo no pequenas causas para reaver essa batida.

    Podem me ajudar como devo proceder?

    Obrigado.

  167. Olá, boa tarde.
    Gostaria de uma ajuda.
    No dia 01/11/13 eu deixei meu carro em um estacionamento.
    Quando fui retirar o veículo (as 22:15) o mesmo estava fechado, mas no comprovante do estacionamento constava que o mesmo fechava as 22:30. Chamei a polícia e realizei um BO e fui orientado a procurar o Tribunal de Pequenas Causas.
    Eu retirei o carro no dia 04/11/13 e a atendente assumiu o erro, mas acabei tendo do dor de cabeça pois dependia do carro pra ir embora no dia e tinha compromissos que acabei tendo que desmarcar por conta desse erro.
    Tenho o BO comprovando o horário que cheguei ao Estacionamento e o comprovante onde consta o horário de funcionamento do mesmo.
    Como devo proceder nesse caso?

  168. Thales disse:

    Caros, sou pessoa Juridica – Micro empresa e gostaria de abrir um processo contra outra empresa.

    Liguei no juizado de pequenas causas e fui informado que só poderia abrir o processo se as 2 empresas fossem do mesmo municipio, a atendente informou que quando são de municipios diferentes a juiza não aceita.

    Eu estou em São Paulo-SP e a empresa que quero abrir um processo contra fica em Mogi Das Cruzes-SP.

    Esta certo isso?

    Lembrando que o caso envolve valor inferior a 20 salários.

  169. Carolina disse:

    Boa tarde… Meu caso é o seguinte: fui em uma sorveteria e a moça não me devolveu o troco, e quando fui reclamar ela foi extremamente mal educada e disse que havia dado sim, me senti mal e ofendida, na hora não pensei em nada, apenas fui embora, e me lembrei de que lá tem câmera. Pelo o que li e entendi, não posso entrar em pequenas causas pois se trata de ações de alimentos, certo? Então, como proceder? Onde se enquadra essa causa? Obrigada, aguardo resposta

  170. bom dia gostaria de saber se em juizado de pequenas causa eu consigo cancelar um resgistro de nascimento de uma criança por q eu morrei com uma pessoa por alg anos ai depois a gente largou ai fiz dna da criança e deu q ele nao e meu filho e agora pre cancelar resgistro dele como e faso

  171. elizangela disse:

    Boa tarde, há um prazo para reclamar por um determinado dano?Existem casos específicos e prazos específicos?

    Obrigada

  172. Patricia Lira disse:

    Bom dia.

    Comprei uma mesa numa loja de móveis no mês de agosto, eles me deram um prazo de entrega de 30 dias úteis, já ultrapassou este prazo e acordei com uma funcionária por telefone outras duas datas que também não foram cumpridas. Então decidi cancelar e pegar o dinheiro de volta (já tinha pago 100% em duas vezes no cheque. O cancelamento foi feito na sexta feira (25/10/2013). Tenho tudo documentado, inclusive a parte que a dona da loja dizia que faria a transferência na segunda feira (28/10/2013). Até o momento não recebi nada. Gostaria de saber o que posso fazer neste caso.

    Muito obrigada.

  173. Paulo Freitas disse:

    Boa tarde,
    estou sofrendo uma ação de cobrança judicial no valor de R$ 18.000,00 e ja estou com as contas bancárias bloqueadas. Gostaria de saber como faço pra me defender ou até mesmo fazer um acordo pois ja tentei fazer direto com o cobrador e não obtive exito. O valor cobrado esta muito acima do que devo da realidade.

    Obrigado

  174. Francisca disse:

    Bom dia!

    Realizei um saque no Banco 24hrs Santander, o saque foi contabilizado da conta e não recebi as cédulas! já efetuei abertura de vários protocolos, falei com gerentes sem sucesso, o que devo fazer nesse caso?

  175. Olá, boa tarde! Entrei com uma ação contra uma empresa de telefonia, a sentença me foi favorável, porém a empresa entrou com o Recurso Inominado, também entrei com um recurso. Gostaria de saber se no julgamento do recurso será necessária a presença do advogado.

    Obrigada!

  176. Bom dia, sou correntista do banco Bradesco SA, e também tenho acesso ao site do bradesco (www.bradesco.com.br/homebroker), do qual fiz em meados de maio de 2013 meu cadastro, e obtive senha e acesso, quandona semana seguinte quis fazer compra de ações, apareceu mensagem dizendo para entrar em contato com a agencia, mas também pedi informação a funcionario da corretora do bradesco, que me disse que o bloqueio partia de minha agência, quando fiz a consulta com funcionarios e dois gerentes, alegaram motivos que eu teria que ter provar com comprovante de rendimentos de meu ultimo emprego, que foi de atendimento telefônico, então simularam ou perderam de fato a cópia do documento, e quando forneci novamente, me disseram que eu teria que ter rendimentos de classe A para operar, porem no site a propaganda e instruções indicam que a pessoa pode operar até com um valor minimo de R$ 100,00 por dia, fiquei decepcionado, constrangido, e tive prejuizos, pois além de ter perdido diversas oportunidades de operar e fazer diversos ganhos em cima do meu valor, como fazer compra de ações no DAYTRADE no homebroker da Bolsa, com empresas como (BW2 que chegou a dar um ganho em torno de 80% e OGXP3, LLX, MMX, que deram ganhos extraordinarios, que somados passariam os 100%) ainda só pude aplicar em fundos de ações, que me permitem fazer as operações de aplicação e resgate em D+1. Por isto peço sua ajuda, quero saber se é viavel e permitido.

  177. Olá estou com problemas após a instalações dos moveis planejados do apartamento. A loja se nega em arrumar. Como devo proceder??

  178. marcio disse:

    Olá, aproveitando a deixa desta publicaçao gostaria de uma orientaçao.
    Meu vizinho de sobrado geminado possui dois labradores em um espaço de aproximadamente 3×1. O problema é que a esposa do meu vizinho insiste em alimentar os cachorros às 04:30 um dia, 05:30 da madrugada de outro, e quando ela levanta os cachorros começam a latir e a chorar de excitaçao pelo alimento e ou atençao, só que esta situaçao esta me acordando toda madrugada e claro que de nervoso nao durmo mais, mesmo com todas as janelas e portas fechadas. A casa é pequena, o terreno mede 4×20 a casa uns 65m². E quando comentei que aquela situaçao estava acordando com os latidos e o choro dos cachorros o marido quando chegou do serviço do qual trabalha no periodo da madrugada e chega por volta das 07:00 da manha, deu umas batidas violentas na parede com um brado de bando de filhas da put….? é mole? acha que ele deu as caras ou veio falar pessoalmente? verdadeiro machao de cozinha. fiz um BO de injuria. Mas o que mais posso fazer ? estou ficando muito estressado. tenho mulher e um filho de tres anos.

  179. Eu tinha R$ 60.000,00 na poupança em 15/06/2012. O gerente de minha conta ligava incessantemente para mim a fim de me convencer a tirar o dinheiro da poupança e transferir para uma aplicação mais rentável. Tanto insistiu que acabei indo até a agência para conversar. Expliquei a ele que precisaria do dinheiro em curto prazo, e por isso estava na poupança, mas ele me disse que tinha uma aplicação mais rentável e que eu poderia solicitar o resgate após dois meses da aplicação pagando IR apenas sobre os rendimentos e que mesmo pagando IR, seria vantajoso para mim. Pedi prospectos sobre o produto para melhor entender, e ele me disse que não tinha e que era tudo pela internet. Voltei a insistir que precisaria do dinheiro em poucos meses e ainda perguntei se não era providência privada, pois não tinha interesse em razão de ser uma aplicação a logo prazo. E ele me disse: “fique tranquilo Sr. Armando, esta aplicação é excelente para o Sr., e poderá sacar após 2 meses pagando uma pequena parcela de IR, confie em mim, eu sou o seu gerente”. Tudo foi feito pela internet com senha. Recebi como comprovante um papel que nada explicava sobre a aplicação. Também não fui informado sobre os aportes mensais de R$ 80,00 e nem sobre a cobrança de Taxa de Administração. Quando percebi estas cobranças (dois dias depois) voltei ao banco para reclamar, e o gerente me disse: “São taxas de serviços do banco e os depósitos é o mínimo que o banco exige, pedi o cancelamento e retorno para a poupança e o gerente disse que não poderia fazer o cancelamento, mas que eu poderia ficar tranquilo, pois recuperaria em pouco tempo. Quando precisei do dinheiro, descobri que era previdência privada na modalidade PGBL e que se eu quisesse pedir o resgate, teria que pagar 12% de IR sobre o total aplicado mais os rendimentos. Fiquei desesperado e entrei em contato com a SAC do banco e fui informado que não era 12% e sim 35% de IR sobre o total da aplicação mais os rendimentos (o gerente nada me perguntou sobre o tipo de imposto de renda que eu utilizava). Voltei a agência e o gerente me disse que era a minha palavra contra a dele. Voltei a fazer reclamação no SAC e ouvidoria do Banco, mas a resposta foi negativa. Então procurei o PROCOM que imediatamente enviou correspondência para o banco pedindo esclarecimentos e exigindo a devolução do dinheiro à poupança com todo os juros do período de aplicação. Novamente foi negado pelo banco. Uma nova tentativa de acordo foi feito em 2ª estância pelo PROCOM e novamente negada pelo banco. Fui enganado de forma vergonhosa pelo gerente do banco e ainda fui ameaçado de processo se levasse a denúncia a público. pedi ajuda ao BANCO CENTRAL, que notificou o banco Itaú e a resposta novamente foi negativa. O Banco Central me disse que terei que entrar com processo contra o Banco Itaú na justiça. A minha poupança era pra comprar uma casa, mas perdi o negócio pois já não tinha dinheiro suficiente para isso. A aplicação hoje está com saldo para resgate em torno de R$ 63.150,00, sobre o qual incidirá imposto de renda de 35%, ou seja, R$ 22.103,00. Esta causa é aceita pelo Juizado de Pequenas Causas? Quais são as chances de ganhar a causa? Preciso contratar um advogado? Reafirmo que o valor que estou questionando é o valor referente ao Imposto de Renda.

  180. Adriana Yumi disse:

    Há um mês, minha vizinha na vaga da garagem do condomìnio fez uma manobra e bateu no meu carro que estava estacionado. Ao entrar em contato, ela me disse que tinha sido a irmã dela que bateu com o carro, me passando o seu contato. Entrei em contato, ela me pediu que fizesse orçamento do conserto da funilaria de minha confiança. O valor ficou em R$ 800,00. Ao comunicar o valor, ela me disse que um funileiro, seu amigo sem ver o meu carro, faria por R$400,00 e que se eu quisesse arrumar no meu , pagaria somente os R$ 400,00 e eu arcaria com o restante. Mas não tenho condições de levar o carro aonde ela indicou por ser muito longe. Depois, voltou atrás e disse que parcelaria o valor. Após vários contatos sem respostas, mandei para conserto o meu carro sem a resposta dela.
    A minha dúvida é se devo processar a dona da vaga (moradora) ou a pessoa que bateu? Pois os únicos dados que tenho da pessoa que bateu o carro é o primeiro nome e o telefone. Obrigada.

  181. heloisa disse:

    Olá serei breve,pois meu caso é meio q gigante rsrs,bom efetuei uma compra nas Casas Bahia em maio,porem o produto veio com defeito solicitei a troca do mesmo por 3 vezes na ultima vez,avisei a atendente que eu não queria mais o produto pois não era defeito e sim um produto de má qualidade,ao contrario que dizia na propaganda,a mesma me solicitou a efetuar o cancelamento na propria loja,porem efetuei esse procedimento,chegando lá efetuamos o pedido de cancelamento,porem eles abriam outra troca,como eu não tive nenhum parecer da loja fui lá,e fiquei sabendo q não poderia efetuar o cancelamento pois tinha uma solicitação de troca em aberto,não pedi troca,ok pediram pra mim estar recusando o mesmo recusei e voltei a loja no mesmo dia,o Gerente me falou q não podia fazer nada que era pra mim voltar no outro dia,dizendo ele com ironia risos,Bom a questão é que hj vieram retirar somente o tampão da mesma e não a mesa completa não deixei levar nada,porem cansei de ligar de gastar dinheiro atoa indo atras da loja,como posso proceder nesse caso?
    Desculpa tentei ser breve mais o caso é realmente critico
    Grata deste já!!

  182. Boa noite, preciso da ajuda URGENTE, tive meu nome sujo ( protestado ) indevidamente pela receita estadual de São Paulo ( IPVA ) de um veiculo que vendi em 2003 e efetuei o bloqueio junto ao DETRAN e o mesmo desbloqueou o veiculo sem meu consentimento e os débitos de IPVA foram todos pro meu nome e isso gerou o protesto do meu nome em fevereiro deste ano, preciso sustar esse protesto que esta me causando vários transtornos, tenho todos os documentos comprobatórios, como faço? Consigo pegar a liminar na hora e levar para o cartório de protesto?

  183. leila disse:

    Em final de julho pp., saindo de ré de um laboratório em Santana, ouve de minha parte uma ralada em um FOX, e repidamente o rapaz que tem entre 27/28 anos, ensandecido saio do carro chutando as duas portas do meu veículo com o pé direito por diversas vezes, e minha filha, que estava como passageira, assustando-se saiu do veiculo e tentou conter o ensandecido, sendo que nesse momento além de urrar o mesmo a pegou pelo braço e a derrubou no chão, tentando bater nela, foi salva pelo segurança do laboratório, senão não sei o que teria acontecido..Depois de tudo isso ele fugiu literalmente, a placa nos foi dada por um rapaz que passava no local, pois devido a agilidade do camarada, nem me mpreocupei com a batida e sim com minha filha. fIZEMOS BO, c orpo de delito do carro e da filha, e descobrí o endereço do rapaz, pelo nome em uma rede social, com endereço, foto e telefone. Meu seguro que é a Sul América não pagou pois disse se tratar de VANDALISMO e que eu não possuía esse item…Não pagou.
    Agora vou onde? faço que coisa:Mando um AR ou vou em algum juizado especial?
    Agradeceria a resposta
    Leila

  184. Fabrícia disse:

    Numa causa contra uma empresa que presta serviços de telefonia, TV e banda larga, o valor da causa pode ser até 20 salários mínimos. Neste caso, posso utilizar o valor do salário mínimo regional? ou sempre o nacional?

  185. Izan disse:

    Olá, Bom Dia.
    Entrei com um processo, no Juizado Especial Cível, contra a Telemar Norte Leste, saiu a Sentença em 26/Jun/2013, condenando a ré em todos os quesitos.
    Segundo a sentença, a Ré deveria realizar ao que foi condenada num prazo de até 10 dias. Não houve recurso de ambas as partes. Já se passaram 13 dias e a Ré ainda não se pronunciou. Como devo proceder?
    Atenciosamente.

  186. Bom dia
    Por favor estou precisando de ajuda. Meu vizinho do apto. acima está fazendo reforma e esta reforma danificou o gesso do teto de minha sala. Conseguimos tirar várias fotos antes da retirada do gesso. Entramos em contato várias vezes com o proprietário e não se propôs a vir para ver o estrago. O condomínio entrou com a notificação via correio e os proprietários responderam dizendo que não iria arrumar nada, pois não tenho como prova de que foi a reforma que danificou o gesso de meu apto.. Tenho meus inquilinos como prova da vibração no apto. de cima com a reforma, o gesseiro que foi trocar o gesso também se propôs a servir também de testemunha. Por favor me auxilie neste caso, o que devo fazer para ser ressarcida.
    Este Condomínio fica na Estrada de Itapecerica, entre o Campo Limpo e Jd.São Luiz , devo ir no Jd.São Luiz ou na Av.Adolfo Pinheiro?
    Atenciosamente,
    Cristiane O.Silva

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas e pedir a restituicao dos valores dos danos.
      Veja o nosso Modelo de peticao em

      http://juizadoespecialpequenascausassp.com/modelo-generico-de-peticao-pequenas-causas/

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  187. solange disse:

    Comprei um smatphone no dia 14 de maio de 2013 e no deu 05/06/13 deu problema. Ja dei a 3ª entrada na assintencia tecnica e volta com o mesmo problema.Sansung deu um prazo de 5 dias e o mesmo inspirou, posso dar entrada nas penas causas?

  188. Clayton Castro disse:

    Boa tarde,
    Sou registrado pela CLT e entrei de férias hoje, dia 01//07/2013, e ainda não recebi a remuneração.
    Está certa a lei que garante o pagamento em dobro caso a empresa não pague até dois dias antes do início das férias? Caso eu esteja amparado pela lei, como posso proceder para ter meus direitos?
    Grato

  189. Paula disse:

    Se cabe uma ação onde preciso ir, moro no bairro Imirim, e qual documentação é necessária?
    Obrigada

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas.
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas no forum mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  190. Paula disse:

    Bom dia
    Em 14/11/2012 meu carro foi atropelado por uma ambulância, na qual passou farol vermelho sem sinalização de advertência, apesar da alegação do motorista que estava a caminho de uma ocorrência como consta no boletim, que a sirene estava ligada mas a condutora não ouviu por estar com o radio auto (como ele pode fazer esse tipo de afirmação se a sirene dele estava ligada e com a batida a bateria do carro foi arrancada?). E no boletim tem a versão dele e a versão da condutora. Na época acionei meu seguro e o carro ficou no conserto desde então até 06/02/2013. Solicitei o ressarcimento da franquia junto a seguradora (BB Seguros – Mapfre). Hoje eles alegam que não será ressarcido pois o terceiro (ambulância) também é segurado deles. É cabivel eu entrar com uma ação contra a Mapfre e contra a prefeitura solicitando o ressarcimento da franquia e se cabe algo mais, tipo danos morais e materiais (afinal meu carro não é mais o mesmo após a batida, além da perda do valor do mercado por conta disso?

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, é preciso saber o valor do prejuizo – se for de ate 20 salarios, pode ser feito no pequenas causas sem advogado – se for ate 40 salarios, pode ser feito no pequenas causas COM ADVOGADO.

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  191. claudia brandao alves disse:

    Recebir uma cobrança da oi de uma linha tetefonica se nunca pedir uma linha o que devo fazer.

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas e pedir que eles tirem a linha do seu nome.
      Veja o nosso Modelo de peticao em

      http://juizadoespecialpequenascausassp.com/modelo-generico-de-peticao-pequenas-causas/

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  192. JoseA disse:

    Bom dia,
    Comprei um carro financiado pelo Banco Real (atual Santander), fiz a quitação antecipada no dia 24/05, e até hoje não aconteceu a baixa do gravame (7 dias úteis segundo o gerente, 2 a 12 dias no site). Quatro compradores desistiram da compra pela falta do documento e embora na agência o gerente seja muito cooperativo, a inércia acontece no Departamento de financiamento de veículos. Uma ação pode ser procedente?

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas e pedir a baixa do gravame e danos morais.

      Veja o nosso Modelo de peticao em

      http://juizadoespecialpequenascausassp.com/modelo-generico-de-peticao-pequenas-causas/

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página..

  193. Elaine disse:

    Boa tarde,
    Eu aluguei a minha casa em outubro/2011, através de seguro fiança o qual deveria ser renovado automaticamente, conforme consta no contrato, deixei a administração pela imobiliária a qual ganharia uma porcentagem mensal.
    Acontece que em setembro/12 entrei em contato com a imobiliária para lembrar de falar com os inquilinos para renovar o seguro fiança, após vários telefonemas e e-mails a imobiliária, informou que já havia sido renovado e que me mandaria a cópia da renovação por e-mail, como isso não aconteceu entrei em contato várias vezes em dezembro/12 e foi ai que a Tatiane (representante da imobiliária) informou que não havia sido feito essa renovação, foi ai que pedi para os inquilinos devolverem a casa.
    Eles então pediram uma reunião em janeiro/13, feita essa reunião ficou combinado que em 15(quinze) dias eles iriam fazer essa renovação, mas para a minha surpresa assim que saímos da reunião eles informarão para a imobiliária que iriam devolver o imóvel.
    Após diversos telefonemas e e-mails foi que a Tatiane em março/13 me contou a verdade que eles iriam devolver a casa e precisariam de 45 dias para entregar a casa nas condições originais e com a pintura nova na cor que receberam a mesma, o prazo para a entrega seria dia 15/04/13, mas isso só aconteceu em 23/05/13, e para piorar a casa foi pintada com tinta e profissional de má qualidade, de outra cor, ficando várias manchas no chã de tinta, e as paredes dá pra ver o fundo de outra cor.
    Nos fundos do imóvel deixaram vários entulhos e sujeira, os armários da cozinha e o gabinete da pia que fazem parte do imóvel foram danificados.
    Não pagaram as contas de água é luz do mês de maio, nem o aluguel e dias que passaram para entregar o mesmo. Além de usar o imóvel como comercial, tendo sido alugado como residencial.
    Gostaria de saber se é possível processar os inquilinos e a imobiliária também. Grata. Elaine

  194. gislaine disse:

    Há 3 anos me formei no curso de Gestão Ambiental, na faculdade Anhanguera e por diversas vezes fui na faculdade saber do meu diploma e a informação que recebia e que “Estamos sem previsão para entrega” ou ” Esta em valinhos para assinatura”.
    No Site da Anhanguera diz que a faculdade tem 90 dias para expedir o diploma, só que o meu e dos meus colegas de curso esta demorando 3 anos.já perdi 2 oportunidades de emprego por conta da faculdade motivo ” não tenho como comprovar que sou formada e a empresa não aceita o único documento que tenho que e o certificado de conclusão” . O Ultimo contato que tive na faculdade por e-mail me informarão que eu tenho que aguardar agora o prazo de 6 meses podendo haver atraso . Gostaria de saber o que devo fazer. vejo que com faculdade não tenho mais como negociar so entrando mesmo com uma ação conta eles.

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas pedindo seu diploma e Danos morais

      Veja o nosso Modelo de peticao em

      http://juizadoespecialpequenascausassp.com/modelo-generico-de-peticao-pequenas-causas/

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  195. Tamiris disse:

    Boa tarde
    Eu moro em cima da casa da minha avó, o nosso vizinho dos fundos, contruiu um cômodo em frente a única janela da casa dela, tampando totalmente a visão, impedindo de entrar claridade. Agora o mesmo, esta contruindo mais um cómodo, o que consequentemente ira tampar totalmente a visão da minha janela. O espaço entre a construção dele e a nossa janela, não tem nenhum metro. Qual é o meu direito, o que faço nessa situação?

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso,não pode ser no Pequenas Causas e necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  196. Diego Silveira farias disse:

    Boa-tarde.
    Estou com um problema com a PHILCO,comprei um aparelho de DVD automotivo e o mesmo apresentou um defeito onde eu enviei para a assistência técnica dia 06.04.2013, ao ligar na assistência dia 15.05.2013 fui informado que a peça ainda não tinha chego e que seria interessante eu ligar no 0800 para fazer a solicitação, fiz o contato no mesmo dia e fui informado pela funcionaria que a peça demoraria mais 15 dias, no mesmo momento informei que não queria mais o aparelho e sim meu dinheiro de volta por se tratar de mais de 30 dias.(conforme artigo 18 código de defesa do consumidor)
    Enviei todos os e-mails informando o ocorrido para a PHILCO e ontem dia 27.05.2013 informaram que vão me fornecer outro aparelho no prazo de 15 dias por não conter a peça que deu o defeito, já comprei outro aparelho e ao falar novamente para a atendente que eu quero meu dinheiro de volta ela simplesmente respondeu que não poderia mais devolver o valor porque a nota do produto já foi emitido.
    O que posso fazer a respeito, qual endereço eu procuro para formalizar ou continuar com a reclamação?

    Obrigado
    Diego Farias

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas e pedir um aparelho novo ou o dinheiro de volta pois passou 30 dias.

      Veja o nosso Modelo de peticao em

      http://juizadoespecialpequenascausassp.com/modelo-generico-de-peticao-pequenas-causas/

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  197. Carla disse:

    Ha um tempo atrás adquiri um veiculo através de financiamento, como o valor da prestação é bem honeroso não tive condição de pagar um seguro e acabei optando pela associação pois o valor mensal era bem menor e na pratica me ofereciam as mesmas coberturas. Fato é que meu carro foi roubado em Fevereiro e o contrato dava uma margem para eles me restituírem ate 90 dias após o ocorrido com a entrega da documentação que eles iriam solicitar. No dia do furto um representante da empresa foi ate minha residencia e pegou uma via original da ocorrencia, passados mais 30 dias outro representante me procurou e solicitou copia de toda a documentação do veiculo e ainda extrato de financiamento, comprovante de endereço e todas as manutenções feitas no carro e tambem que fosse apresentado as chaves do carro. Feito isso fui informada que a documentação ira ser encaminhada para analise e programação da restituição do valor do bem. Nada aconteceu e de tanto cobrar informações sobre o processo no dia 06.05.13 fui obrigada a entregar toda a documentação que anteriormente havia encaminhado porem em original, as chaves do veiculo e uma procuração dando plenos poderes para agir em meu nome em assuntos relacionados ao veiculo. Fui ao Procon pois nao concordava com os termos da procuração, tentei negociar com o advogado da empresa que foi super sem educação e ja não tendo mais onde apelar entreguei o solicitado. A partir desse momento não consigo mais obter nenhuma informação sobre o processo, a secretaria e o “corretor” nunca sabem me falar nada e informam que depende do financeiro e que nao podem informar o telefone do financeiro. E em contra partida o financeiro nao responde mais meus emails. Gostaria de receber uma orientação sobre o exposto.

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas e pedir indenização por danos materiais (prejuizo) e morais.

      Veja o nosso Modelo de peticao em

      http://juizadoespecialpequenascausassp.com/modelo-generico-de-peticao-pequenas-causas/

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  198. Paulo disse:

    Bom dia… Tenho uma pequena empresa ME há 20 anos, e abri uma cc juridica no banco itau para poder trabalhar com cartão de crédito. O banco me orientou o contrato junto à REDECARD, onde optei pelo KOMERCI, serviço disponibilizado para venas através do site deles(REDECARD)sem ter a “maquininha”. Pois bem, fiz 13 mil em vendas no mês de março/2013, parcelados algumas vendas em 2x e 6x, e até agora não recebi nenhum crédito correspondente a estas vendas, documentadas até em extratos da própria REDECARD. Tentei e-mails, contato com o gerente do banco, onde a resposta q obtive foi q precisaria esperar 120 dias para resolver o problema, pois eu estaria em “suspeita de fraude”. Resumindo, emiti cheques contando com estes créditos (vendas), estou com minha conta devedora no banco, cheque devolvido, como devo proceder? Quais danos ou reparações devo pleitear? Devo entrar com reparações a quem, REDECARD somente ou o banco tbém? Agradeço…

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas pedindo tudo o que lhe devem e danos morais.

      Veja o nosso Modelo de peticao em

      http://juizadoespecialpequenascausassp.com/modelo-generico-de-peticao-pequenas-causas/

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  199. Cíntia disse:

    Olá, bom dia.
    No dia 16/04/2013 fiz um acordo com as lojas americanas no juizado especial civel de que o valor devido seria pago até 16/05/2013, só que eles não depositaram na data acordada e sobre o valor incide 10% de multa e 1% de juros ao mês. Gostaria de saber se essa multa de 10% é diária?

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce necessita de um advogado para executar o acordo – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  200. Camila disse:

    Bom dia, emprestei R$ 300,00 para uma pessoa do trabalho, a qual me pediu o dinheiro por e-mail e JUROU por e-mail que me pagaria 1 mês depois… já vai fazer um ano do empréstimo, brigamos por outro motivo e desde então fico cobrando a pessoa amigavelmente, por email e ela sempre diz que vai pagar mas nunca paga, posso entrar no cartório de pequenas causas?

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas para fazer a cobrança.

      Veja o nosso Modelo de peticao em

      http://juizadoespecialpequenascausassp.com/modelo-generico-de-peticao-pequenas-causas/

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  201. Anderson disse:

    Tenho várias notas promissórias de clientes que não pagaram, mas nem todas estão assinadas. O que posso fazer?

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, o ideal é estar acompanhado de um advogado de sua confiança para executar as promissórias pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  202. Thaiza disse:

    Boa tarde amei o site e já me ajudou muito como devo proceder.
    No meu caso foi o seguinte fechei contrato com um buffet, e em todas as negociações uma das dona sempre me deixou muito claro que crianças até 4 anos não pagavam, ao chegar na festa me deparo com todas as crianças sendo cobradas, em fim no final das contas tive que pagar mais R$ 350,00.Efetue o pagamento em cheque,pois a Dona do estabelecimento me cobrou a tarifa antes mesmo que os meus convidados tivessem ido embora.
    uns dias antes do cheque cair a dona do estabelecimento me liga informando que o cheque foi furtado por uma funcionaria, eu já não estava com vontade de pagar com esse fato fiquei ainda mais insatisfeita.
    Resumindo posso entrar em pequenas causas para não efetuar o pagamento de tal valor? pois me senti lesada e espota a uma situação que era contra. Já ate tentei uma negociação porém eles se mantem irredutíveis a negociação.

    • admin admin disse:

      Ola, bom dia
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, voce mesmo pode entrar no Pequenas causas e pedir indenização e danos morais pelo ocorrido

      Veja o nosso Modelo de peticao em

      http://juizadoespecialpequenascausassp.com/modelo-generico-de-peticao-pequenas-causas/

      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência, leve RG, CPF, Comprovante de Endereço e todos os documentos (Nota Fiscal, emails, protocolos de ligações, protocolos e impressões de Reclamações. Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente. Procure um Advogado de sua confiança ou caso não tenha, entre em contato com os advogados parceiros da nossa Página.

  203. Alex disse:

    Olá tinha uma divida com o Banco HSBC fiz acordo com os mesmo pageui tenho o comprovante de pagamento ja encaminhei para que os mesmos baixem nos orgãos de proteção porem é inutil meu nome continua restrito

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso cabe uma ação indenizatória.
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  204. Marcia disse:

    Estando com um problema com um determinando banco, solicitei os serviços do PROCON, estive por mais de 3 meses esperando o desfecho, sendo que no final o banco não mudou a postura e o PROCON me escreveu uma carta me orientando a buscar um juizado especial cível. Fiz o que me foi orientado, esperei mais de 3 horas para ser atendida em um juizado e a informação que tive foi que no estágio em que a situação estava eu não poderia fazer nada no juizado. Disse então que havia sido orientada pelo PROCON e eles me responderam que o PROCON ESTAVA ERRADO!!!!!
    Fiz posteriormente contato com o PROCON e expus o que me haviam dito no juizado e eles consetiram….que eles são apenas mediadores…disseram ainda que não são advogados e que não necessitam ser para trabalhar no PROCON! Mas como eles orientam a sociedade sem conhecimento de leis??? Sempre ouvi que é perda de tempo recorrer a esse orgão, eu quis tirar a prova e isso me rendeu mais de 3 meses e quase 3 horas para ouvir em 1 minuto o correto em um juizado cível!
    Jamais buscarei a ajuda desse orgão novamente, constatei como cidadã que realmente é pura perda de tempo!

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso cabe um pedido de indenização.
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  205. Daniel disse:

    Olá, para o valor limite de 40 salários mínimos é considerado o salário mínimo nacional (R$678) ou o estadual de SP (R$755)? Resido em SP, a empresa é de SP e o produto no caso é um imóvel em SP.
    Mesmo tendo a necessidade de um advogado para valores acima de 20 salários posso usar um procurador do estado mesmo (sem custo) ou teria que contratar um e caso ganhe a causa a outra parte reembolsaria as despesas? Esse reembolso entra no limite de 40 salários mínimos?

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso utiliza-se o salario minimo estadual
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  206. Ney disse:

    Entrei com pequenas causas em um hotel 5 estrelas no Rio Grande do norte por não pagamento das comissões nas vendas dos apartamentos.
    Caso eu perca a ação, que esta bem abaixo de 20 salários mínimos, sou obrigado a pagar os honorários dos advogados da empresa que eu acionei na Justiça ?

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, juizado especial nao tem custas
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  207. Wagner disse:

    Bom fiz uma compra na internet, fui rastrear meu pedido deu como assalto ao carteiro, fiz a manifestaçao, correios entrou em contado com a empresa e enviou outro produto, so que agora foi pior, entrgaram em residencia errada e estou com dificultade de entrar em contato com o site, o que eu devo fazer agora ?

    agradeço a atençao .

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso cabe indenização.
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  208. Marcelo Wanderley disse:

    tive 3 motos que estavam em consorcio em uma empresa, perdidas pois a empresa fechou, as três passam de 20 salários mínimos, posso entrar com uma ação especial de cada moto para poder me valer de não utilizar advogado em cada uma delas?

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso pode sim entrar com 3 acoes.
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  209. Jeremias disse:

    tenho um financiamento de um altomové,já paguei 40 parcelas constatei que há cobrança de juros abusivo,como devo proceder?

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso , dependendo do valor, cabe uma ação revisional
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  210. amanda disse:

    Boa tarde,estou com um problema no banco real (que na verdade agora é Santander) fiz um empréstimo no valor de 5mil reais e fiquei desempregada, estou entrando em contato agora com o banco para negociar essa divida eles me informaram que venderam a divida para uma financiadora liguei na financiadora e estão dizendo que a divida esta em 16mil reais o que devo fazer para tirar esse juros ?

    grata aguardo retorno urgente

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso procure o juizado para renegociaar.
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  211. lucinete disse:

    Olá, mandei planejar os meus móveis e a empresa não cumpriu com o prazo… o pior é q. a empresa está quebrando e já se desfez de duas lojas, o dono me ligou pedindo mais dois meses de prazo, o q. eu faço?

    • admin admin disse:

      Ola, boa tarde
      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso cabe indenização e danos morais.
      Procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  212. Vilma disse:

    Olá, preciso de ajuda.

    Há três anos atrás meus filhos estudavam num colégio particular, tive sérios problemas financeiros e atrasei 6 meses, no final do ano para a rematricula fiz um acordo com o colégio e paguei uma parcela e não consegui pagar mais e outro ano fiquei sem acertar, neste ano de 2012 coloquei meus filhos em escolas municipais e estaduais, pois não conseguiria cumprir com um acordo ainda, sou consciente da divida e quero acertar, mas o colégio está cobrando muitos juros e moras e a proposta de acordo que me apresentaram está muito fora de minhas condições, no entanto quero acertar, pois fiquei sabendo que sem este acordo o colégio não libera o histórico escolar pra eu levá-los às novas escolas que estão cobrando para o início dompróximo ano. Como devo proceder? Quero saber se posso ir direto ao forum de minha cidade e entrar com um processo nas pequenas causas para que o colégio aceite o que eu posso pagar e liberar o histórico dos meus filhos?

    • admin admin disse:

      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  213. nanci aparecida marque disse:

    BOA NOITE DRS.,
    FIZ UM EMPRESTIMO CREFISA RUA MOOCA,, 2016, CUJO PRAZO P/LIBERAÇÃO DINHEIRO SERIA 24HS., LEVEI TODOS DOCUMENTOS E SOLICITEI 4.000,.
    ACONTECE QUE MUITA BUROCRACIA E JÁ APRESENTANDO OS DOCUMENTOS E COM DATA DE 07/11, QUANDO ESTIVE LÁ , ME FIZERAM ASSINAR UM FORMULARIO PARA DÉBITO EM C/C, POIS O DINHEIRO IRIA SAIR RAPIDO. SÓ QUE DIA 07/CAIU NA C/POUPANÇA E NÃO CORRENTE BRADESCO VALOR 1.362,40, NO DIA 09, CAIU 1.005,74 E SÓ NO DIA 12/11 A COMPLEMENTAÇÃO 263,80 + 391,53 TOTALIZANDO , SOMENTE 3.023,20 SENDO O PRIMEIRO CONTRATO 1.362,40 8 PARCELAS 387,72 P/04/12/2012 SEGUNDO 1.005,74 8 X 286,22 E MAIS 1 ANTECIPAÇÃO 13O.345,46 E 1 PARC.04/12 12o.508,07. como O BRADESCO ME CONSEGUIU 5.000,
    IMEDIATAMANTE FUI PAGAR O VALOR 3.023,20 QUE FOI DEPOSITADO E OS JUROS CONTANDO A DATA EM QUE CAIU CADA VALOR , E ME COBRARAM 3.972,52, EU DISSE A PESSOA QUE ESTAVA ERRADA O CORRETO SERIA DA DATA DEPOSITO EM QUE ME FIZERAM E LIQUIDEI EM 16/11, ELES DISSERAM QUE OS CALCULOS É PELO VALOR GERAL DO CONTRATO???????
    A PESSOA DISSE IR AO PROCON, ESTÃO ME COBRANDO MAIS 100% AINDA 900, A MAIS, SENDO O VALOR NÃO ALIVIOU 3.023,00 E DISSERAM NÃO IRIAM PEGAR MEU 13oSE EU PAGASSE 16/11. ISSO É ABSURDO, GOSTARIA SABER SE ISSO É CORRETO OU NÃO, FUI AO PEQUENAS CAUSAS S.JUDAS E NÃO TEM ESTAGIARIOS. GOSTARIA SABER SE DEVO RECORRER E QUAL LOCAL MAIS PROXIMO PARA MINHA REGIÃO RUA DO ORATÓRIO – MOOCA.
    ESTOU SEM ADVOGADO E TENHO DEFICIENCIA AUDITIVA, SOU APOSENTADA POR INVALIDEZ.
    COMO FAZER POR FAVOR .???????????
    AGRADEÇO A ATENÇÃO , ESPERO UM PRONTO ESCLARECIMENTO .
    NANCI A. MARQUE

    • admin admin disse:

      Muito obrigado pelo contato o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      No seu caso, procure o Juizado especial cível – Pequenas causas mais próximo de sua residência – Causas Até 20 salários mínimos podem ser impetradas pelo próprio autor – acima disso necessita de um advogado – O ideal é sempre estar acompanhado de um advogado de sua confiança pois empresas sempre dispõem de um corpo de advogados muito competente.

  214. cleonice disse:

    Comprei uma mesa e outros objetos no carrefou pela internete,a mesa veio quebrada,vieram aqui pegaram a mesa quebrada e falaram que iriam me entregar uma perfeita.
    Já se passaram 2 meses e até o momento não me entregaram outra mesa.
    Tenho a nota fiscar e a nota da devolução.
    como devo proceder.
    Grata se me orientarem.

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é um pedido de indenização por danos morais e materiais

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista em direito do consumidor e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS – Para as ações até 20 salários, de baixa complexidade – exemplo – pequenos acidentes de transito, pequenos danos por Vizinhos, etc. – pode ser feito pelo próprio interessado – Casos mais complexos e contra grandes empresas de Telefonia, Automotiva, Construtoras, etc – o ideal é a contratação de um advogado pois tais empresas dispõem de ótimos advogados e caso o interessado vá sozinho, pode se prejudicar por não conhecer a fundo a lei.

  215. Gabriel disse:

    Eu morava em um quarto sub-locado, com mais 2 em um apartamento de 3 quartos e um amigo veio morar comigo por ñ ter onde ficar, dividiamos o quarto, ficamos morando junto por 3 meses, nesse periodo procuravamos um apartamento maior para todos, entretanto os outros 2 moradores decidiram pegar outro apartamento e deram a mim e a meu colega um mês para sair, após isso houve uma intimação de um acrecimo de aluguel referente aos 3 meses passados devido a eu dividir o quarto, foi um acrecimo abusivo e não acordado por mim. Com o decorrer do tempo tal cobrança foi paga entretando desde então este cobrador tem me ameaçado, ofendido e difamado quando nos encontramos ao acaso, houve até um caso de agressão por parte dele. Poderia me indicar oque fazer?

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é uma ação de cobrança

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS – Para as ações até 20 salários, de baixa complexidade – exemplo – pequenos acidentes de transito, pequenos danos por Vizinhos, etc. – pode ser feito pelo próprio interessado – Casos mais complexos e contra grandes empresas de Telefonia, Automotiva, Construtoras, etc – o ideal é a contratação de um advogado pois tais empresas dispõem de ótimos advogados e caso o interessado vá sozinho, pode se prejudicar por não conhecer a fundo a lei.

  216. Marcelo disse:

    Ola boa noite é possivel entrar com uma ação contra uma empresa de jogos online(lvl up games) por banimento de conta e discaso ?

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é possivel sim – precisa dos dados como CNPJ e endereço

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista em direito do consumidor e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS – Para as ações até 20 salários, de baixa complexidade – exemplo – pequenos acidentes de transito, pequenos danos por Vizinhos, etc. – pode ser feito pelo próprio interessado – Casos mais complexos e contra grandes empresas de Telefonia, Automotiva, Construtoras, etc – o ideal é a contratação de um advogado pois tais empresas dispõem de ótimos advogados e caso o interessado vá sozinho, pode se prejudicar por não conhecer a fundo a lei.

  217. Sany disse:

    Bom dia,

    Escrevo este email para expor uma situação complicada e desagradável que está ocorrendo. Hoje de manhã, através de contato telefônico com os atendentes do Hoteis.com., recebi com surpresa e indignação um retorno que não esperava.
    Tenho uma viagem marcada para Itália para 4 pessoas (dois casais) a iniciar-se quinta-feira próxima (12/04/2012) contudo por problemas de saúde um dos casais, no caso, eu e minha esposa (Sany e Evelyn Worcman) não poderemos realizar a viagem. Minha esposa se encontra em uma gravidez de risco, impossibilitando-a de viajar e com atestado médico em mãos comprovando tal situação, além de um parente extremamente próximo se encontrar na UTI em estado gravíssimo.
    Liguei então para solicitar o cancelamento de três hotéis fechados por nós através do site Hoteis.com e qual não foi minha surpresa ao receber a resposta que seria impossível o reembolso, que esta era a politica adotada pelos hotéis europeus. O fechamento das minhas reservas não foram com os hotéis italianos e sim com o Hoteis.com, portanto é de vocês que espero uma resolução correta e justa.
    Oras, estamos falando de problemas de saúde, algo não previsível e planejado……….somos clientes há muitos e muito anos do Hoteis.com e tal situação nos deixa extremamente descontentes. Em nenhum outro lugar tivemos tal tratamento, na companhia aérea, no hotel da cidade de Milão (que não fechamos com vocês por indisponibilidade de data) o pedido foi prontamente atendido, sem maiores questionamentos. Ninguém fecha uma viagem e paga com o intuito de cancelá-la mas imprevistos, principalmente, de saúde, infelizmente podem ocorrer. Nos sentimos inseguros com tal posição adotadas por vcs, sem nenhum respaldo por parte da empresa, nunca havia visto isso em qualquer outro lugar….
    Não peço o dinheiro de volta, poderia ser sim um crédito para viagens futuras (já que somos clientes assíduos) ou até a cobrança de uma multa, não estamos pedindo favor mas um entendimento de problemas tão sérios que nos afligem.
    O outro casal que fechou a viagem conosco (Walter e Cecilia Dreifus) estará viajando e utilizando as reservas feitas, portanto podem perceber que o nosso não comparecimento foram por motivos bastante GRAVES.

    Hotel de Veneza – Palazzo Paruta – 15 a 17/04/2012 – reserva nº 18391125605
    Hotel de Firenze – Gallery Hotel Art – 17 a 18/04/2012 – reserva nº 18384687886
    Hotel de Roma – NH Vittorio Venneto – 18 a 21/04/2012 – reserva nº 18384086452

    NÃO QUEREM REEMBOLSAR E NEM CONCEDER CREDITOS. JÁ SE ESGOTARAM TODAS AS CONVERSAS.

    Como devo proceder?

    Aguardo um retorno o mais breve possível.

    Sany Worcman

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é um pedido de indenização por danos materiais (financeiro) e morais

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista em direito do consumidor e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS – Para as ações até 20 salários, de baixa complexidade – exemplo – pequenos acidentes de transito, pequenos danos por Vizinhos, etc. – pode ser feito pelo próprio interessado – Casos mais complexos e contra grandes empresas de Telefonia, Automotiva, Construtoras, etc – o ideal é a contratação de um advogado pois tais empresas dispõem de ótimos advogados e caso o interessado vá sozinho, pode se prejudicar por não conhecer a fundo a lei.

  218. Leonardo disse:

    Boa tarde,
    Realizei uma consulta em uma clinica de olhos, na qual com a receita fiz um oculos em uma otica em frente a esta clinica, pelo que vi devem ser do mesmo dono pois em todas as unidades que tinha clinica tbm tinha esta mesma otica.
    O que aconteceu foi o seguinte, realizei a consulta e com a receita fiz o oculos, porem depois de 20 dias retornei pois nao estava enchergando direito, neste retorno o medico diminuiu o grau do oculos e novamente foi na otica e eles refiseram o oculos, porem este oculos esta muito pior em relação ao outro, retornei novamente a clinica, onde o dr. me informou que eu teria de usar lentes de contato ao inves de oculos, e nesta mesma clinica fiz os exames para usar as lentes, porem eles não querem trocar o oculos pela lente, ou seja querem que eu pague a lente e o oculos que eu já paguei eu tenho que ficar, porem este oculos não tem nenhuma utilidade pra mim pois eu usando ou nao o oculos minha visão é a mesma.
    Como eu devo proceder?
    Desde já agradeço!

  219. Fernanda Ferreira disse:

    Bom Dia,
    Nunca recebi o cartão Carrefour e certo dia chega em nome uma fatura no valor de R$ 1.738,00. Em contato telefônico com o SAC do Carrefour, me recomendaram a procurar uma loja e preencher um formulário de NÂO reconhecimento das compras. Fui até uma loja Carrefour e preenchi o formulário, porém não recebi nenhum comprovante, apenas um número de protocolo. Fiz também um Boletim de Ocorrência relatando o fato.
    Depois de 10 dias corridos, da data que preenchi o formulário, foi postada uma carta do Serasa me notificando.
    Me sinto lesada.
    Quero saber se o Boletim de Ocorrência, minha mãe e minha irmã como testemunhas, a fatura do cartão – boleto e a carta do Serasa já são provas suficientes para entrar no Juizado de Pequenas Causas?
    Desde já, obrigada
    Fernanda Ferreira

  220. me ajudem por favor ralei 5 anos pra comprar dei 18000 mil de entra e financiei 18000 mil em 60 vezes sou um assalariado e não posso ficar no prejuízo, obrigado.

  221. pessoal boa noite,podem me ajudar?fazem 12 dias que comprei um palio zero 2012 na via sul piedade e peguei o carro á 6 dias já voltei 2 vezes para corrigir pequenos problemas como mal montagens e pequenos riscos na pintura,terei que voltar novamente pois a luz de leitura temporizada e a manual não estão mais acendendo
    e o motor esta fazendo um barulho estranho i vibrando nos pedais de aceleração e embreagem quando está em velocidade.gostaria de saber se posso pedir outro carro ou meu dinheiro de volta.

  222. Renata disse:

    Me matriculei num curso técnico em dezembro, paguei até o mes de março, e as aulas só começaram no final de fevereiro. Em março eu decidi sair, pois o professor não era “Tão” qualificado quanto dizem e a apostila tem muitos erros. Esse professor não corrigia os erros, e quando questionado justificava com outros absurdos. Na semana seguinte eu tentei cancelar, não tinha ninguem para me atender. Na outra semana eu liguei perguntando se o responsavel estava, novamente não estava. Hoje dia 21/04 eu fui lá novamente para cancelar, disseram que eu tenho que pagar 40% de multa, mas as parcelas que estão em atraso. O valor a ser pago com multa e o valor que eu pagaria se fosse “em dia”, é praticamente o mesmo. Sendo que eu ja tinha pagado 2 parcelas antes de começar o curso. Disseram que mudaram a gestão, que eu tenho que ir em outra franquia se eu quiser resolver meu “problema”, caso contrario eu deveria pagar a multa. No contrato a unica clausula que chega perto do que eu preciso fazer, diz que em caso de “indisponibilidade do aluno frequentar as aulas a multa deve ser paga”. Mas eu não tenho indisponibilidade de ir. Eu sou obrigada a pagar essa multa, por algo que eu não tive? Paguei 3 meses, tentei cancelar, não cancelaram e só fui em umas 5 aulas e não aprendi nada.

  223. Thais disse:

    Estava recebendo seguro desemprego, 5 parcelas, sendo a primeira em outubro de 2011, porém na 3 parcela que seria em dezembro, o meu benefício foi bloqueado. No Ministério do Trabalho me orientaram procurar o INSS pois constava vínculo empregatício o motivo de bloqueio do seguro desemprego. No INSS me disseram que no mesmo mês em que fui demitida da última empresa, também tinha um crédito referente uma ação trabalhista de 2005, ou seja, nada que caracterizasse vínculo empregatício, pois além do código de pagamento ser diferente especificando que era de uma ação, o recebimento foi 11 dias antes da minha demissão, o que já não interferiria no recebimento do meu seguro desemprego. Então peguei todas as documentações que o INSS me entregou e voltei no Ministério do Trabalho, lá constataram que realmente não era vínculo empregatício e abriram um processo para acerto, assim eu receberia as últimas 3 parcelas restantes. Porém, me deram um prazo pra janeiro de 2013 apenas, disseram que não tem como ser resolvido antes devido o processo ir pra Brasília.
    Estou com problemas financeiros desde que bloquearam meu seguro desemprego, pois pago aluguel, contas e ainda descobri uma dívida em meu nome, estou tendo que pedir dinheiro emprestado pra amigos e familiares pra conseguir me manter no aluguel devido esses atrasos no pagamento do seguro desemprego. Sendo assim, quero saber se posso recorrer a esse processo para agilização do mesmo, já que no próprio Ministério do Trabalho já comprovaram que não se trata de vínculo empregatício e não há NADA que impeça o recebimento das minhas parcelas devidas.

  224. Meu marido é pedreiro, trabalhou com uma determinada pessoa por um tempo, só que essa pessoa está devendo 5.000,00(cinco mil reais) para ele, mais ele não ága de jeito nenhum, e estou passando por uma dificuldade muito grande, e esse dinheiro ajudaria muito, pelo amor de Deus me ajudem a resolver esse problema, o que devo fazer, desde já agradeço e aguardo uma resposta

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é uma ação de cobrança

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista em direito do consumidor e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS – Para as ações até 20 salários, de baixa complexidade – exemplo – pequenos acidentes de transito, pequenos danos por Vizinhos, etc. – pode ser feito pelo próprio interessado – Casos mais complexos e contra grandes empresas de Telefonia, Automotiva, Construtoras, etc – o ideal é a contratação de um advogado pois tais empresas dispõem de ótimos advogados e caso o interessado vá sozinho, pode se prejudicar por não conhecer a fundo a lei.

  225. DANIELA disse:

    Boa tarde!
    Comprei dois portões da empresa CM Portões dia 29/01/12, sendo um deles automático, e eles me deram um prazo de 20 dias úteis para entregar, mas até o momento a empresa não terminou o serviço. Não colocaram o motor, nem os contrapesos e o portão estão torto. Todas as vezes que falei com eles, foi porque eu liguei, porque toda vez eles falam que vão me dar um retorno, mas nunca ligam.
    Já agendei várias vezes o término do serviço, mas sempre quando chegar na data combinada eles inventam um desculpa e não comparecem. Mandei e-mail cancelando a compra, mas eles não responderam, então tentei conversar por telefone e eles só prometem que vão concluir.
    Não sei mais o que fazer, porque até para falar com eles está difícil. Para conseguir, tenho que ligar várias vezes, até atenderem, isso quando não deslugam na minha cara. Da última vez que falei com a empresa, tive que ligar restrito do meu celular, porque eles têm bina e quando veêm o meu número, não atendem ou diz que a pessoa responsável não está.
    Como devo proceder? Obrigada.

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é uma notificação extra judicial e caso não resolva uma ação no pequenas causas

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista em direito do consumidor e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS – Para as ações até 20 salários, de baixa complexidade – exemplo – pequenos acidentes de transito, pequenos danos por Vizinhos, etc. – pode ser feito pelo próprio interessado – Casos mais complexos e contra grandes empresas de Telefonia, Automotiva, Construtoras, etc – o ideal é a contratação de um advogado pois tais empresas dispõem de ótimos advogados e caso o interessado vá sozinho, pode se prejudicar por não conhecer a fundo a lei.

  226. andressa aparecida de oliveira silva disse:

    Entro em contato referente ao meu diploma. Conclui o curso de Pedagogia no ano de 2009 pela Faculdades Integradas Paulista. Fiz a solicitaçãodo diploma no dia 25/06/2010 que me deram o prazo de 18 meses e permaneço no aguardo. Entro em contato com a instituição que me informa ainda estar na USP. e afirmam estar de maos atadas visto que a USP precisa liberá-lo para então me entregarem, quando entram em contato com a USP apenas afirmam estar em andamento
    Entrei em contato nos telefones 30913116 e 30913269 e sem atendimento

    … Aguardo retorno

  227. Lilian disse:

    Há um tempo atrás, ao fazer um cartão de uma loja, descobri que meu nome estava no SERASA. Na consulta constava uma conta do ano de 2008 no valor de 47,00 de um celular da OI que eu tive quando morei no estado da Bahia. Acontece que quando eu mudei de estado eu cancelei a conta e tenho guardados além da última fatura quitada, também o numero de protocolo de cancelamento dessa conta. Para “limpar” meu nome o mais rápido possível (pois estou em busca de emprego) tentei ligar várias vezes para o número da OI, sem sucesso. Quando conseguia falar com um atendente, me diziam que não poderiam me ajudar, pois este numero já é de outra pessoa… Fui até uma loja própria da OI e nem a gerente da loja conseguiu me ajudar. Como faço para limpar meu nome???
    Por favor, preciso de ajuda urgente!
    Att.;

  228. morgana de curitiba disse:

    BOM DIA EU QUERO UMA INFORMAÇÃO, FUI NA AGENCIA DO BRADESCO E PEDI PARA ABRIR UMA CONTA SALARIO. MAS ELE INFOMARAM QUE CONTA SALARIO NÃO EXISTE E ABRIRAM CONTA CORRENTE O QUE FAÇO ME AJUDE POR FAVOR

  229. Jardel disse:

    Oi, estou com uma dúvida com relação a um processo:

    Iniciei um processo em Minas Gerais e já faz mais de 1 ano… agora mudei-me para são paulo capital.
    Teria como trazer o processo pra cá?

    Obrigado

  230. eduardo disse:

    o bairro de Vila Matilde é atendido pelo Juizado de Penha de França e näo Tatuapé como constou.

  231. BARBARA disse:

    NO CASO EU VENDO ROUPA E VENDI UMA QUANTIA DE R$900,00 PARA UM CLIENTE E DESDE DE JANEIRO ELE NÃO ME PAGA.E EM TODOS OS TELEFONES QUE EU TENHO DELE NÃO CONSIGO ENCONTRA-LO.PELO FOM´RUM DE PEQUENAS CAUSAS EU CONSIGO RESOLVER ALGUMA COISA EM SENTIDO A ISSO?

  232. Felício disse:

    oi bom dia,
    dia 5/10/2011 comprei um tablet pela empresa Myami vendas, que é uma importadora; até ai normal fim de ano, excesso de pedidos….mas passados 94 dias me mandaram um lixo todo riscado não ligando nem carregando ainda com um baita amassado com fio por dentro no painel. Reclamei e pedi cancelamento dentro dos 7 dias que tenho direito; mandei pra assistência técnica deles em Minas Gerais conforme orientação deles. Encaminhei nome deles e cópias de trechos do processo pro PROCON-SP. PArece que ia dar resultado. Me deram 3 vezs a resposta que ia ser reembolsado. Porém sem datas e valor. Já passou 36 dias do prazo de 30 de direito deles. Ontem novamente me respondem que não posso ser reembolsado… Eles merecem ir é pra CADEIA!!!! Como devo agira pra poder ter meu dinheiro de volta atualizado e corrigido? Não somos palhaços, e exigimos nossos direitos! agradeço e aguardo retorno.

  233. Keyla disse:

    Tenho uma vidraçaria e recebi de um cliente dois cheques como forma de pagamento de um serviço, só que ao depositar os mesmos, voltaram pelo o motivo 21, o que devo fazer para protestar? Já tentei entrar em acordo com o cliente mais ele não quer acordo… Preciso de ajuda com urgência. muito grata

  234. sandra disse:

    leiam a minha carta q poste ,por favor,aguardo resposta..sandra

  235. Deverson disse:

    existe a possibilidade de eu entrar no tribunal de pequenas causas para solicitar um desconto jos juros de mora de ipva inscrito em divida ativa?

  236. Chris disse:

    Comprei um celular da motorola na fastshop SP o celular apresentou defeito de fabrica, foi trocado 2 vezes na loja por um novo aparelho e o mesmo tambem contem defeito de fabrica, nao podendo mais trocar ou pedir dinheiro de volta na loja, mandei para fabrica 2 vezes, onde foi constatado defeito e segundo laudo na ordem de serviço, nas duas vezes foi efetuado um tipo de reparo, porem o celular continua com o defeito que veio e apresenta outros defeitos que nao tinham antes de ir para fabrica.

    Os unicos documentos que tenho são a nota fiscal de compra e as duas ordem de serviço da fabrica com o laudo de reparo e um video que eu fiz mostrando defeito.

    o aparelho esta comigo e continua apresentando defeito mesmo depois disso tudo.

    O que devo fazer? qual a melhor solução?

    Pois nao quero a troca do aparelho por outro, pois isso ja foi feito 2 vezes, estou com o 3 aparelho e o mesmo apresenta defeito, quero a restituição da quantia paga no aparelho.
    e indenização pois o aparelho usa um chip que só cabe nele nao tendo como usar em outro aparelho e por 4 dias perdidos para levar e buscar o aparelho no ponto de coleta e o valor do transporte gasto, porem quero no minimo a restituição da quantia gasta na compra do aparelho.

    Lembrando que entrei em contato com a motorola tentando resolver essa situação de maneira amigavel, porem a motorola nao resolve a situação e apenas indica que eu leve novamente para a assistencia tecnica autorizada, para que pela terceira vez, tente-se fazer o reparo.

  237. Leonardo disse:

    Boa noite.

    Financiei um automovel em 60 meses pela jandicar multimarcas. O automovel veio com alguns defeitos mecanicos e mesmo eu tendo levado ao mecanico algumas vezes os problemas mecanicos ainda estão la, fora os que aparecerem com o passar do tempo. Fora isso, existe tambem o fator de eu nao estar mais conseguindo honrar as parcelas em virtude de terem cortado as horas extras onde trabalho, me deixando com o salario comprometido. existem tres parcelas atrasadas e o automovel está em processo de busca e apreensão. Ja tentei negociar a deolução diversas vezes, mas o banco não aceita, e agora estãio co a abertura do processo de busca. As parcelas são demasiadamente altas pra mim, e eu acredito estar pagando TAC mais alguns valores ilegais. Como devo proceder? Só quero devolver o automovel e ficar sem saldo devedor. Como posso proceder? Obrigado.

  238. RENATO MOURA disse:

    Tenho um Contrato com uma empresa de moveis planejado no VALOR de 15 MIL reais, eu havia pagado 5 MIL para a empresa, e a mesma está se negando a executar o serviço, mesmo com o pagamento do restante do valor,
    Queria saber se posso entrar no pequenas causas referente a devolução dos 5 MIL, mesmo meu contrato sendo 15MIL(valor maior que os 20 salarios minimos)???

  239. sandra disse:

    Boa tarde!!!Em outubro de 2011,meu filho,pegou emprestado uma moto de um amigo,era por volta de umas dez horas da noite e ficou dando voltas pelo bairro,e aconteceu num determinado ponto aq msmo na minha rua,dois individuos em uma outra moto,abordarem ele,ou seja assaltaram ele e pediram q entregasse a moto e o alarme,estavam de posse de arma de fogo,meu filho então sem reaçâo nenhuma entregou o q eles queriam, após o fato acontecido ele saiu correndo pra avisar o amigo o q tinha acontecido,neste momento o amigo saiu atras pra ver se conseguia localizar os individuos q haviam furtado a moto,mas nada ,foram semanas e semanas correndo atras e nada até q ele chegou e veio aq na minha casa falar comigo e com meu esposo,que pelo fato de nâo ter encontrado a moto nós teriamos q assumir a dívida,ou seja assumir as parcelas restantes do financiamento da moto,q pela qual se encontra no nome do tio,(o responsavel pela moto)q vendeu para o sobrinho,como foi roubada na mâo do meu filho,assumimos de pagar as parcelas do carnê ,vincendas(23 parcelas a vencer) de 405,38,mais 5 parcelas q estavam em atraso ,q deu 2.432,30,00 e por fim 7 vezes de 200,00 quinzenal sendo a oitava vez de 167,70somando um montante de 4.000,00(q ja pagamos, segundo ele por gastos adicionais q ele veio a ter com a moto qdo estava em posse da mesma) ,o financiamento foi feito pelo banco do panamericano em 48 parcelas de 405,38,foram pagas 20,restando assim 28 parcelas qdo aconteceu o fato ,sendo 5 parcelas q ja estavam em atraso, esta na “Aassessoria Multicobra”,o tio fez um boletim de ocorrencia quando tomou conhecimento do fato ocorrido ,entramos em contato com o tio,pegamos o B.O,tiramos xerox,estamos tbm com o documento da moto e o carne de pagamentos,ja enviei um fax do B.O para “Assessoria Multicobra” para tentar um acordo formal, pois estamos com 3 parcelas atrasadas do carne ,n estamos conseguindo pagar,pago aluguel,tenho outras despesas,peço orientaçâo,ajuda,como posso estar procedendo neste caso ,pois estamos pagando um bem q n existe ,a moto n foi achada,o boletim de ocorrencia foi feito ,por favor nos ajudem a solucionar esse problema,a através de contato telefonico ,falamos com a “Assessoria Multicobra”,após terem recebido o B.O e enviado para Central do Banco Panamericano ,feito uma avaliaçâo do B.O,veio a informaçâo de que seria possivel ser feita a quitaçâo das parcelas do carne, ainda vincedas,com desconto no valor de 7.500,00 a vista.Informamos q nâo temos condiçôes de dispor desse valor,impossivel,a atendente entâo nos informou sobre uma contra proposta feita por nós ,no qual se limitaria no valor de 4000,00 a 5000,00 para quitaçâo e nada mais nada menos,mas mesmo assim nâo temos como pagar,sâo juros abusivos sei q meu filho errou em pegar emprestado essa moto ,n se deve pegar as coisas dos outros, jamais,eu só peço que analizem meu caso,pois nâo e´facil pagar por um “BEM” q nâo se tem,desembolçar um valor ali todo mes suado,pro vento ajudem-nos por favor a solucionar isso, por favor pois a quarta parcela em atraso ja esta chegando dia 18/04,desde ja aguardo retorno …Obrigada. (moto CB300 R ano 2010)

  240. Rodrigo disse:

    Estou com um problema com a Hipercard/itau … fiz um acordo em 06/2011 e paguei em dia, agora meu nome foi negativado pela hipercard e ninguem tem acesso ao acordo para regularizar mesmo com os comprovantes.
    O acordo foi efetivado via telefone então não há comprovante além do carne do itau e cedente Hipercard.
    Como proceder?

  241. julio disse:

    Moro em um apto alugado sem garagem e possuo um bicibleta. O condominio em reuniao decidiu por proibir a entrada e saida de bicibletas pela portaria principal que e a unica que da aceso a meu apto. Pergunto eles podem tomar uma decisao como essa que cerceia o meu direito de ir e vir, ja que utilizo a bicicleta como meu de locomocao? Poso ingressar – como inquilino com uma acao junto ao condominio para ter a permissao de entrar e sair do local onde resido com minha bicicleta?

  242. marco disse:

    tenho um cheque devolvido de vl 90,00, não consigo encontrar o credor, o loja fechou, como faço para efetuar o pagamento judicialmente, é aceito no juizado de pequenas causas.

  243. Juliete disse:

    Boa Tarde!

    Fiz um empréstico inteligente com o banco Itaú, e já é o segundo mês que vem descontanto em débido automático do meu salário o valor do empréstimo que eu já quitei, na primeira vez, fui até o banco e fui informada que ainda não constava a quitação e por esse motivo foi descontado mas que eu seria ressarcida em até 10 dias úteis, fui ressarcida, porém, essa é a segunda vez que isso ocorre, e se toda vez eu precisar aguardar esse período, eu pergunto: ” e as minhas contas, vou atrasar o pagamento e terei que pagar com juros, e esse juros, como fica?

    Como eu posso proceder quanto a essa situação?

    Agurado respostas…

    Obrigado!

  244. José Inacio Camara disse:

    Gostaria de uma opinição quanto à racionalidade das leis que obrigam a inspeção ambiental e se este é um caso para pequenas causas.

    Meu filho está passando por um problema muito estranho: seu carro está em “situação irregular” quanto à inspeção ambiental, então ele não pode fazer a inspeção que regularizaria sua situação sem correr risco de ser multado. A multa é de R$550,00, uma das maiores multas de trânsito do mundo. Caso ele seja multado, ele teria razão em recorrer nesse tribunal?

  245. andrea muniz disse:

    Olá.Vendo em meu site um book de tendências que eu mesma desenvolvo.Ele também é vendido em 3 livrarias de São Paulo.Tenho como provar que sou eu quem faço esse material.
    Porém 2 sites fizeram cópias piratas desse book e estão comercializando como se fossem seus em seus sites.
    Gostaria de saber como proceder, como tirar esses sites do ar.E se vcs podem me ajudar.
    Obrigada

  246. tatiana de oliveira disse:

    comprei um celular sansung modelo GT-C3222 celular de dois chips no dia 22/07/2011 foi feito a compra pela internet ja foi para assisntencia tecnica duas vezes pelo mesmo problema a leitura de um dos chips- e agora novamente esta com o mesmo problema, acho um absurdo dar o mesmo defeito pela terceira vez, não quero mas mandar para assistencia tecnica até porque nessa dai fico 6 dias sem celular, quero uma solução por favor me ajude não foi barato e muuito menos de graça…obrigada

  247. Reinaldo Menezes disse:

    Olá! Trabalhei durante um período de 11 meses em um hospital ocupando o cargo de Auxiliar de Farmácia, porém eu tinha contato direto com o paciente em seus devidos leitos e estava exposto a riscos químicos e biológicos constatemente. Nunca recebi nenhum valor de insalubridade e nenhuma indenização pela situação, e também ainda após quatro meses meu desligamento ainda não foi feita minha rescisão de contrato. Posso acionar o Juizado de Pequenas Causas? Desde já agradeço

  248. Oi, eu gostaria de saber se posso processar um banco, pois colocou o meu nome no seresa com uma cobrança indevida.
    em 2007 eu tinha uma conta salario em uma banco e quando sai da empresa que trabalhava não fechei a contas pois pensei que como a empresa que trabalhava havia aberto a conta com o meu desligamento da emprasa essa conta seria fechada automaticamente, e a mesma ficou gerando encargos. meu nome ficou com uma restrição e esse banco se unificou com outro então em 2011 eu fui a esse banco e quitei a minha divida e solicitei o fechamento da conta, tenho o comprovante de pagamento a atendente do banco me garantiu que havia efetuado o fechamento, mas o banco não efetuou o fechamento e colocaram o meu nome novamente no spc. Me senti muito lesada sera que posso processalos por danos morais? pois meu nome ficou restrito mesmo sem eu dever. passei por alguns contrangimentos gostaria de ser indenizada! Seria possivel?

  249. Samir disse:

    No dia 20/03/2012 recebi em casa um boleto para pagar para a Construtora ATUA no valor de R$ 7.184,76 com o vencimento 09/04/2012, ou seja, menos de um mês que fiquei sabendo. Informaram que esse valor corresponde ao INCC.
    Em todos os extratos financeiros solicitados não constava essa parcela. E quando questionei em julho de 2011 a construtora se teria algo fora o extrato financeiro para pagar não informaram nada da correção do INCC, ou seja, omitiram essa parcela e só faltando 19 dias para o vencimento que mandaram o boleto para pagar e apareceu no extrato financeiro.
    Gostaria de saber meus direitos?
    Obrigado

  250. monique disse:

    boa tarde!!Moro de aluguel a 6 anos e no final do mes passado a dona do imovel me pediu a casa , pois estavamos reclamando de um problema que estava dando na privada , como ela não queri saber de arrumar ela disse se eu o meu marido e os meus filhos de menor não tivesse satisfeita com a casa era para entregar o imovel isso por que eu não tenho contrato, gostaria muito de saber se por lei eu tenho direito de ficar mais quantos dia na casa devido eu ter 2 crianças de menor .
    pois eu na casa e omeu depósito vai vencer no dia 31.03.2012 por fazor me ajudem…
    Muito Obrigado Monique

  251. Selma disse:

    Prestei o Vestibular na Uniban- Osasco em 2008 passei é claro qualquer passa, mas nunca estudei na faculdade, dia 20-03-2012 Recebi uma cobrança da Rezende Advogados associados (Rua Libero Badaro 471, 17 Andar – fone 11-4003-2910) que nem prestou para verificar a veracidade das informações e esta me ameaçando de colocar meu nome no SPC-Serasa caso eu não pague a quantia de R$ 5269,79 até o dia 30-03-2012. Estão de brincadeira comigo, estou fazendo o financiamento da minha casa, imaginem se colocam o meu nome no Serasa.

  252. IRLANIO disse:

    SHOPTIME, NUNCA MAIS.!!!
    na última sexta- feira terminou o prazo dado pela empresa para entrega do produto e até o exato momento eu não recebi nada , nem um justificativa do Shoptime. Será que vai ser necessária entrar na justiça ara ter o produto ou o meu dinheiro de volta. Os Procons dos demas estados deveriam seguir o exemplo do Procon de São Paulo e multar esta empresa que já passou todos os limites de abusos contra os dereito dos consumidores.

  253. Nathália disse:

    Bom dia, final de semana passado eu e meu namorado estavamos voltando da praia. Quando fomos barrados por uma mulher andando muito devagar na rodovia que era de mão dupla. Assim que abriu a faixa adicional ela nao passou para direita se mantendo a esquerda com a velocidade baixa, atrás de mim e do meu namorado tinha um outro carro já estressado, pedindo farol pra gente e tudo mais. Com isso meu namorado passou para a direita, nesse mesmo momento o cara ultrapossou a mulher pela esquerda na faixa contraria. Assustada ela jogou o carro pra direita sem olhar ao retrovisor pegando o nosso carro e emparedando a gente entre o carro dela e a guia. Em seguida, paramos e ela foi super neorotica, gritando e disse que a culpa era nossa e que teriamos que resolver na Justiça. Como devemos proceder, já que estavamos na nossa faixa e foi ela quem invadiu? Obrigada

  254. Renata Patricia disse:

    Em 2005 realizei o cadastro no hospital do SUS para entrar na fila de espera para a cirurgia bariátrica. Em 2010, retornei ao hospital para atualizar meus dados cadastrais.Recentemente soube que o cadastro realizado no ano de 2005 se perdeu e que só é valido os dados passados para o sistema no ano de 2010. Em nenhum momento o hospital entrega protocolo de cadastro e por isso não tenho como comprovar o cadastro de 2005, somente há minha assinatra no livro de controle do hosital mas a ficha de cadastro extraviou.O hospital se recusa a rever meu caso e disse que será valido o cadastro de 2010. Agora terei que esperar mais 8 anos para realizar a cirurgia necessária a minha vida. Não quero morrer na fila de espera. É possivel recorrer ao tribunal para realizar a operação ou mesmo entrar na fila no ano de 2005.

  255. ELIANA disse:

    Olá gostaria de saber como procedo ,pois um caminhão bateu no meu carro dia 07/02/2012 o rapaz do caminhão me passou o numero da seguradora dele,já passei todos meus documentos,BO,orçamentos e foto do carro ela me disse para aguardar no dia do carnaval .Liguei agora novamente e eles me disserão que o rapaz que colidiu no meu carro não deu entrada no seguro,liguei pra ele e me disse que já tinha passado tudo para eles sim,já fazia uma semana e agora fica esse empura empura e agora o que faço?nisso estou desempregada gastando conta de tel. tendo que ligar pra minas gerais (seguradora) e pindamonhangaba cel. (o rapaz que bateu no carro) é só conta de tel que vai gastando e ninguem resolve meu problema

  256. Alzira disse:

    Moro em São Bernardo do Campo e tenho que mover uma ação contra um inquilino de um imóvel meu em Sáo Paulo.Em qual fórum devo ir? outra coisa só tenho um contrato já vencido,pois ele nunca podia me encontrar para fazer um novo,como devo proceder?

  257. MALU CARVALHO disse:

    CASO DE DESOCUPAÇÃO DE IMÓVEL PODE SER TRATADO PELO JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS?

  258. roberta disse:

    fatura indevida cancelamento de linha

    Boa tarde!!! no dia 13/12 foi pedido o cancelamento de uma das linha que tenho da Nextel devido o aparelho ter sido furtado e com isso achei desnecessario continuar com 3 linhas optando por apenas duas. E com isso pedi o cancelamento da mesma ( 11)7784-3038, enviei a declaração exigida por eles para que não fosse me gerado fatura no mês de Janeiro de 2012 veio me o proporcional da data da utilização devido o cancelamento, em fevereiro 2012 estão me cobrando o proporcional de Dezembro 29/12/2011 á 1701/2012 de R$ 88,39 e de 18/01/2012 á 17/02/2012 de R$ 137,00. Entrei em ctt com a mesma através da internet,optando em enviar um e-mail para que assim pudesse obter algum esclarecimento e apenas fui informada que esse é o procedimento da empresa e que a liha que pedi o cancelamento está apenas suspensa. apenas gostaria de saber por eles quem pagará essa fatura já que pedi o cancelamento da mesma e não foi feito. Att Sexta-feira, 03 de Fevereiro de 2012 – 12:57 Mensagem enviada: Boa tarde!!! no dia 13/12 foi pedido o cancelamento de uma das linha que tenho da Nextel devido o aparelho ter sido furtado e com isso achei desnecessario continuar com 3 linhas optando por apenas duas. E com isso pedi o cancelamento da mesma ( 11)7784-3038, enviei a declaração exigida por eles para que não fosse me gerado fatura no mês de Janeiro de 2012 veio me o proporcional da data da utilização devido o cancelamento, em fevereiro 2012 estão me cobrando o proporcional de Dezembro 29/12/2011 á 1701/2012 de R$ 88,39 e de 18/01/2012 á 17/02/2012 de R$ 137,00. Entrei em ctt com a mesma através da internet,optando em enviar um e-mail para que assim pudesse obter algum esclarecimento e apenas fui informada que esse é o procedimento da empresa e que a liha que pedi o cancelamento está apenas suspensa. apenas gostaria de saber por eles quem pagará essa fatura já que pedi o cancelamento da mesma e não foi feito. na data de 14 de fevereiro mais uma vez tetei ctt e me enviaram outro formulario para que fosse preenchido para o cancelamento da mesma, e junto com está solicitação tbm pedi o desmembramento da conta até agora nada veio para que assim pudesse pagar as mesma já que uma delas ficará para o inicio do prox mes, o que terei que fazer para que vcs possam atender a um cliente pois já vi que mem reclamações feitas no procon vcs não estão nem ai. Por favor.
    Prezada Sra. Roberta,
    Agradecemos o seu contato.
    Em atenção ao seu questionamento, identificamos que sua solicitação está em tratamento pela área de casos especiais.
    Pedimos, por gentileza, que aguarde o retorno no prazo do Órgão Competente.
    Sendo o que temos a esclarecer.
    Atenciosamente,
    Nextel Responde
    Central de Atendimento Gratuita – 1050 de qualquer telefone ou 611 de seu Nextel
    Horário de Atendimento – 24 horas / 7 dias por semana
    Para localidades sem cobertura: (11) 4004-6611
    Home Page – http://www.nextel.com.br
    Estou em atendimento com Eduardo de Souza e fui informada que o desmembramentos de minha fatura que foi aberto chamado em 13 de fevereiro nem si quer foi atendida ainda, puxa vida é facíl adquirir quado queremos fazer o cancelamento ou qualquer outro serviço que gere ônus a empresa o cliente´que se lasque
    na data de hoje 01/03/2012, fui informada através de umoutro site de reclamações que não tiverá recebido o e-mail com o cancelamento emaisl enviado na data de 23 de fevereiro de 2012 nextel.atendimento@nextel.com.br , pois entrei em ctt para que pudessem me informar em qual e-mail poderia está enviando a bendita carta de cancelamento envio.documento@nextel.com.br, entrei em ctt em seguida e fui informada que agora terei que aguardar por 24 horas , mais uma vez a linha caiu como sempre ocorre, será que mais um mes terei uma fatura a vencer , e nada de resolverem? Se deixar de paga -las tenho absouta certeza que cortaram a minha linha e estaão enviando o meu nome para SPC, SERASA….

  259. FABIO CALDEIRA disse:

    minha mãe, hoje com 87 anos não tem possibilidade de deslocar-se até o forum para ação de pequenas causas.
    ELA PODE SER REPRESENTADA POR UM ADVOGADO E SEU FILHO?????

  260. Thiago disse:

    Olá Boa Noite!
    recentemente uma moto bateu na traseira do meu veiculo que estava parado, o motoqueiro fugiu e consegui apenas a placa da moto, pergunta, consigo efetuar o pedido de indenização no juizado de pequenas causas somente com a placa do veiculo, desconhecendo o condutor? A policia confirmou que o numero da placa bate com o modelo do veiculo, porem não pode informar o dados do proprietario pois as informações são protegidas por lei e não sabemos que conduzia o veiculo! como posso proceder?

  261. Ademilso disse:

    dr estou com meu nome no serasa ja paguei a pensao ja faz tres meses a juiza ja assinou e minha ex esposa ja recebeu mas meu nome consta no serasa o que fazer.

  262. roberto disse:

    olá, fui contestar uma fatura de internet moden, pois havia conseguido um desconto de 50% por 6 meses e a fatura estava vindo 100% do valor total, já havia feito esta contestação por 3 meses seguidos. na ultima contestação o atendente não estava localizando no sistema esse meu desconto e deixou o microfone aberto e comentou com uma pessoa que “MINHA SOLICITAÇÃO NÃO TINHA CABIMENTO, QUE EU NÃO TINHA DIREITO A DESCONTO NENHUM, ERA CONVERSA PRA BOI DORMIR”.

    já solicitei a gravação do atendimento. tenho direito a idenização por danos morais? o desconto de 50% foi dado….

  263. Marcelo Ferreira disse:

    Em 10/09/2011 participei de um programa da REDE TV chamado MEGA SENHA e fui premiado com o valor de R$ 25.000,00. Em suas regras há o prazo de 90 dias para quitação do prêmio. Porém, ate hoje (29/01/12) ainda não recebi.
    Já liguei várias vezes porém os funcionários do setor financeiro dizem que não há previsão.
    Aguardo uma orientação se este caso se acolhe nas pequenas causas.

  264. Fabiano de Moura Duo disse:

    Gostaria de saber se posso entrar com uma ação contra uma seguradora de carros, pois no caso sou terceiro e estou tendo problemas para que meu veiculo seja consertado,´no dia 01/12/2011 sofri um acidente de carro, no qual meu veiculo foi atingido por uma lotação na parte traseira quando eu estava indo deixar minha filha na escola e minha mulher no serviço, de onde eu também iria trabalhar, tenho o BO, fotos e filmagem do ocorrido, estou indo trabalhar de onibus, carregando minha filha, tomando chuva e ainda recebi a noticia de que o para-choque traseiro não estava incluido na colisão, fiquei muito nervoso, porém entrei em contato com a seguradora e me informaram que tinha que pedir uma vistoria complementar, e que após analise iriam me dar uma resposta, estou me sentindo ridicularizado por ter que passar por toda esta situação, tenho também e-mails, porém eles se recusam a me dar uma cópia do laudo do perito deles, e no dia da pericia alegaram que eu, dono do veículo e interessado, não poderia estar presente. gostaria de saber se posso entrar com uma ação por danos morais.

  265. Rafael P. disse:

    Fui fechado por um carro em via pública onde eu estava de moto no acesso a um retorno e a mulher atravesou a Avenida, saindo de um estacionamento na perpendicular, e pegando um pequeno ângulo na contra mão. Para não atingir o carro tive q travar os freios e fui ao chão, sem atingir o carro. A mulher ficou no farol, logo adiante, desceu do carro, viu q havia me derrumado, voltou ao corro e foi embora sem prestar socorro nem arcar com os prejuízos.
    Enqto eu estava no chão pude memorizar a placa do carro que foi informado ao policial q me atendeu no local e confirmou a descrição do carro com a placa.
    Gostaria de saber se posso entrar com ação no pequenas causas para reaver meus prejuízos e por danos morais.
    Grato,
    Rafael.

  266. Simone disse:

    Boa tarde,
    Fui vítima de um caminhão em um acidente de trânsito; o motorista do mesmo agiu de má fé e não assumiu autoria, me deixando um numero de telefone errado; Anotei placa e número da CNH. Fiz BO, quais as providencias devo tomar nesse momento. O que mais preciso?

    Obrigada

  267. marli maria disse:

    “Roberto Massaru Watanabe”
    20/01/2012 22:47
    Para

    cc

    Assunto
    Re: Da página de TRINCAS

    Prezada sra. Marli

    Teu problema tem ampla cobertura do Codigo Civil Brasileiro.

    Recomendo consultar um Advogado Cível para examinar teu caso e enquadrar nas cláusulas do Direito de Vizinhança.

    Sua única saída será via Judicial. O Advogado vai precisar de um Laudo Técnico, então a sra volta a me contatar.

    Estou com um problema serio e gostaria de saber a quem recorrer, abaixo relato.

    A mais ou menos um ano deu-se inicio a uma construção de catorze casas, o local em que foi construído e divisa com a minha casa, devido a esta construção ocorreram vários problema tais como:

    O fundo da construção o que é divisa da minha casa estava com o solo no barro, portanto quando chovia forte a água não sai sendo forçada a procurar outras saídas, infiltro para minha casa foi um desastre depois,

    Ouve várias rachaduras nas paredes com várias profundidade a parede que tem azulejos estão todos trincados,

    Outro problema a minha laje esta com infiltração muito grande molha fora e dentro de casa.

    Estamos aguardando que os donos ou responsável pela construção providencie o acerto destes problemas, porém nada acontece, onde posso solicitar um ajuda referente a este problema

    qual o órgão que posso solicitar um ajuda..

    Fico na espera de uma resposta sua,

    Muito obrigada
    Marli

    PS. resposta para o seguinte e-mail: marlijcarvalho@gmail.com.

  268. Dayane disse:

    Fiz uma compra em um site de compras coletivas ja tem 60 dias e nada de me entregarem o produto. era um presente de natal como não chegou acabei comprando outro em uma loja. Tento entrar em contato com o site ou o outro site intermedio e não obtenho retorno nenhum gostaria de saber o que posso fazer pois o produto ja esta pago….Quero o cancelamento do produto e o extorno do meu dinheiro pois estou no prejuizo pq ja paguei o produto deles e agora estou tendo que pagar o mesmo produto…

  269. Kelvin Filipe disse:

    Eu tenho uma dúvida e gostaria de um esclarecimento, eu moro em diadema e preciso mover uma ação contra minha faculdade que tem campus no brooklin e na vila olímpia. A qual Juizado devo recorrer ? Obrigado

  270. Camylla disse:

    Bom dia. Frequentemente utilizo um estacionamento perto do meu trabalho, entretanto, uns dias atras tive um aparelho telefonico furtado. O valor do mesmo esta em R$1.400,00, mas o estacionamento se recusa a restituir o valor. Li que independentemente de haver placas isentando o estabelecimento de responsabilidade sobre os objetos deixados no interior do veiculo, na verdade eles são sim responsaveis pela tutela dos mesmos. Gostaria de saber se a informação procede, e se sairia prejudicada ao não levar um advogado para instaurar o processo.

    Att

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é notifica-los e dar prazo para resolver e caso não resolva, procure o pequenas causas mais próximo a sua casal

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  271. Lauriane disse:

    Olá! O CPF do meu marido foi negativado pela Eletropaulo, mas as contas em questão são de uma pessoa que se utilizou do CPF de forma indevida. Quando a conta foi aberta ele tinha 16 anos e essa pessoa, que não sabemos quem é, conseguiu o CPF e pediu o cadastro em seu nome.
    Resumindo: alguém abriu a conta na Eletropaulo, gerou os débitos e não pagou. Agora ele, meu marido, está sendo cobrado pelas faturas. O que se pode fazer nestes casos?

    Obrigada.

  272. Claudinei Leite Salvino Alves disse:

    Tenho duas pendências antigas referente ao cartão de crédito do HSBC, no último contato que tive com a central de negociação informei que havia quitado o saldo devedor da minha conta corrente e estava em negociação e pagando outros credores, e tão logo houvesse possibilidade entraria em contato.
    Para minha surpresa hoje (13/01/2012) o HSBC debitou os valores de R$ 5.976,12 e R$ 5.053,44 da minha conta corrente, sendo que parte desta quantia é da minha indenização trabalhista que ocorreu em Dezembro/2011. Esta ação foi feita na “calada da noite” sem minha anuência, sem meu conhecimento e sem minha autorização, o mais estranho é que entrei em contato com a central de cobrança (031-3279-9240) e a atendente Alice informou que os contratos ainda estavam na central para negociação e que tal decisão partiu da matriz/agência do banco.
    Na sequência entrei em contato com minha agência e falei com o gerente Sr.Delson e o mesmo alegou que após consulta junto ao Depto.Jurídico do banco foi informado que existe uma cláusula no contrato dos cartões de crédito que permite esta ação e iria solicitar maiores informações sobre o caso.Registrei esta reclamação na minha agência, no SAC/HSBC, no Banco Central.
    Diante dos fatos entendo que esta atitude arbitrária vai contra os princípios do código de defesa do consumidor, pois não foi me dado o direito de questionar ou renegociar a dívida.
    Sendo assim, solicito o auxílio sobre o assunto e quais ações devo tomar para que os valores sejam estornados para minha conta corrente.

  273. adriana disse:

    entrei nas pequenas causas contra um loja pois comprei um mesa em 5 de dezembro o prazo de entrega era até dia 20 de dezembro mas até a presente data não recebi estipulei um valor por danos morais e já esta marcada a data da audiencia de conciliação mas hoje já acho que o valor que pedi é muito pouco perto do transtorno que tive por não entender muito bem de como funcionava já que nunca precisei dei um valor que não suprira as situações que passei por falta do material que comprei já que ja tinha até efetuado o pagamento é possivel mudar o valor pedido por danos morais. obrigada

  274. ALENCAR ROIZ SAITO disse:

    Olá, ontem fui ao Procon para pedir orientacao sobre um cancelamento de modem 3G da VIVO que nao utilizo há alguns meses.
    Na empresa que trabalhava até marco de 2011, precisava do do modem para acesso a bancos. Em 19/03 sai da empresa e nao precisei mais do modem.
    Tentei cancelar algumas vezes, mas sempre ficava na espera, ainda assim, como estava pagando utilizava o modem.
    Em agosto resolvi parar de pagar, pois soube que após 3 meses sem pagamento, o plano era cancelado automaticamente. Ficaria o débito dos 3 meses para ser pago, mais ao menos eu sabia que seriam os ultimos 3 débitos e nao se arrastaria mais como até o momento.
    Antes disso, fui a loja que comprei o modem e pedi que cancelassem, a atendente disse que só por telefone, que ela nao poderia fazer isso na loja e que tinha (ainda tem) 2 linhas telefonicas na loja para esses casos e que eu deveria tentar por ali, que poderia ser mais rápido. Fiqui 1 hora na loja e só musica nos ouvidos, nao fui atendido. Voltei no outro dia e fui atendido, mas a moca que atendeu disse que ela nao era do cancelamento e portanto nao poderia fazer esse servico que iria transferir, esperei mais 15 minutos e como nao fui atendido fui embora.
    Em dezembro tentei de novo, peguei o protocolo e anotei.
    dia 11/01 chegou em minha casa, 2 cartas. A primeira do SCPC, emitida em 29/12/11, dizendo que tinha 10 dias para resolver ou meu nome ia para o SCPC (a carta chegou vencia), a segunda carta, do SERASA, emitida em 28/12/11 dizendo que tenho 15 dias para resolver ou vou para o SERASA.
    Expliquei tudo isso a atendente do PROCON, que me sugeriu entrar contra a VIVO em relacao a DANOS MORAIS, no pequenas causas e tentar baixar o SCPC e nao deixar entrar no SERASA enquanto isso.
    Hoje, tentei a VIVO e milagre, consegui falar, mas DAYANE do IRD da VIVO, disse que ja nao pode fazer mais nada, pois esta na agencia de cobranca.
    Gostaria de uma orientacao sobre o que fazer.

    Voces podem me ajudar?
    Grato,
    Alencar

  275. Marilene disse:

    Boa tarde.
    Que atitude devo tomar para conseguir meu histórico na faculdade para ser entregue na Diretoria de Ensino no prazo legal que termina amanhã, caso receba outra negativa, alegando que a demanda está muito alta?
    Existe algum dispositivo legal que eu posso utilizar para ter a posse deste documento amanhã, dentro do prazo que preciso?
    Obs.:Não estou inadimplente.
    Estão me enrolando desde segunda-feira e me prometeram entregar amanhã às 8.
    Desculpem estar escrevendo novamente, mas acho que coloquei um email que não é mais válido.
    Acho um absurdo pagar 40 reais(30 pelo histórico e 10 pela declaração simples)e a faculdade saber que vc precisa, para trabalhar, que tem um prazo estipulado por um órgão público estadual e mesmo vc tendo sido aprovado em seleção, terá de entregar ou perderá o trabalho e, mesmo assim a má vontade de entregar é muito grande.
    Obrigada
    Marilene

  276. Marilene disse:

    Desde já, agradeço pela atenção.
    Marilene

  277. Marilene disse:

    Preciso com urgência do meu histórico e uma declaração da faculdade.Fiz o pedido no dia 3 de janeiro, pois a faculdade estava em recesso de fim de ano. Porém, no site do Estado saiu a data oficial para entrega da documentação, do dia 5/01 até 13/01. Fui à faculdade, com o protocolo do pedido e comprovante de pagamento( 10 reais pela declaração e 30 reais pelo histórico), expliquei o motivo pelo qual precisava com urgência e, prometeram-me que devido à situação, eles me entregariam na segunda-feira à tarde ou na terça-feira. Na terça, compareci na unidade e me disseram que a demanda era muito grande e que eu ligasse antes de ir, porque eles não poderiam prometer nada. Ontem passei o dia ligando e, em nenhum momento fui atendida. Ao comparecer pessoalmente, me disseram ser impossível a entrega. Hoje, liguei novamente e me disseram que só amanhã, às 8 horas o documento estará pronto. Insisti e questionei: “se a faculdade fecha às 18 horas e abre às 8horas, porque não, hoje à tarde?” . A pessoa que me atendeu disse que só entregarão amanhã. Estou com medo de não receber este documento amanhã, ou se receber ser em horário insuficiente para chegar até o local onde preciso entregá-lo, a leste 3, e não ter aulas atribuídas no estado, após ter passado na prova classificatória para professores. Gostaria de saber se existe um meio legal para conseguir este documento ainda hoje, ou pelo menos amanhã cedo, porque do jeito que estão enrolando, amanhã, sei lá. Além do mais, pelo que vi em alguns sites, a cobrança por estes documentos é ilegal. E nem assim, eles entregam. A Faculdade é a UIESP- Santa Izildinha.

  278. paula disse:

    ola, moro em um prédio pequeno com apenas 4 aptos,na região do bras,lá não tem sindico, eu mesma que administro algumas coisas, tenho uma vizinha que montou uma barraca como camelô na porta do prédio, disse pra ela sair mais nçao quer, alega que o prédio é dela e como moradora pode fazer o que quiser, assim nãqo respeitando o espaço da porta de entrada para os moradores, (ela fica dentro da porta do prédio, com a porta aberta), já tentei conversar mais ela disse que nçao vai sair. Gostaria de saber o que fazer e se posso entrar com um processo?
    grata, Paula.

  279. juliana disse:

    emprestei 3000 reias para meu ex namorado e não consigo receber.não sei o que fazer já que foi feito td verbalmente. desde já muito obrigada.

  280. Maria Joseir disse:

    No mês de Outubro de 2011 por se tratar do mês das crianças e eu que tenho dois filhos pequenos decidi comprar os presentes que eles tanto queriam e como não disponha de recursos financeiros naquele momento por ser assalariada decidi pedir um cartão de crédito para poder comprar,então pedi através do site SHOP TIME um cartão Máster Card administrado pelo Banco Itaú,este me foi negado sem explicações,não entendi, mas como queria o cartão fui em uma agencia do Banco Caixa Econômica Federal tentar abrir a conta corrente e poder pedir o cartão que também me foi negado. Se entender nada acabei indo ao SPC E SERASA para poder ter informações sobre o ocorrido,lá constatei que não havia nada,nenhuma restrição.Passa-se mais de um mês indo em todos lugares para saber o que estava acontecendo e nada ,meus planos de compras dia das crianças tinha acabado.
    Já no mês de Dezembro resolvi fazer compras do natal, fui ao Magazine Luiza ,realizei a escolha dos produtos que precisava (geladeira,fogão e presentes) estes estavam em promoção e faria em 12 vezes fixas de acordo com meu orçamento,quando fui ao setor de cartões minha compra foi barrada e além de não poder fazer as compras,soube também que ainda havia restrição em meu nome ( Compra recusada POLITICA INTERNA) então descobri que todo o problema era no Banco ITAÚ e que deveria procurar uma agencia para solucionar minhas pendencias ,já que este é a administradora da financeira da loja citada,chateada e totalmente decepcionada no dia seguinte me dirigi a agência 8083 e falei com o gerente BRUNO CAMPOS este pegou meus dados e me disse que não havia nada que me impedisse de comprar e que o Magazine normalmente fazia isso ,e não tinha nada também que me impedia de abrir uma conta e como prova disso aceitei abrir a conta quando pedi a ele um cartão de crédito ele me disse que eu deveria depositar R$ 60,00 Reais todos os meses e não mexer em especie alguma por 1 ano,mesmo sem entender e precisada aceitei as condições ,não lendo o contrato na hora ,falei com conhecidos e estes reparam que havia um contrato de SEGURO LIs , mesmo sem eu ter limite de Crédito no banco,seguro este que não me foi explicado e nem perguntado.
    Novamente no dia 10/12/2011 acreditando que finamente poderia realizar as compras que tanto desejei nos últimos tempos, agora para o NATAL, me dirigi ao Magazine Luiza, tranquila pois desta vez teria os produtos que eram tão aguardos por mim e pelos meus filhos .E NOVAMENTE a compra me foi negada,o Gerente da loja disse que não poderia fazer nada pois era o Banco ITAÚ que estava barrado minha compra e mesmo com comprovante da conta aberta ele disse que não poderia fazer nada.
    Ainda Tentando saber o que me impedia fiz um pedido novamente do Cartão de CREDITO SHOP TIME e no dia 10/01/2012 recebi outra vezes resposta negativa,dizendo que as informações que eu havia prestado não estavam de acordo com as politicas internas do banco.
    Já liguei para o SAC do Banco e nenhum atendente pode me dizer que restrição é esta,estou cansada de indas e vindas,das humilhações e do descaso ,estou frustada por não ter conseguido até hoje fazer um simples compra ,não entendo, NÂO DEVO NADA A ESTE BANCO o que posso fazer entrar no pequenas causa tenho algum direito?me ajude por favor.
    desde já agradeço

  281. FATIMA disse:

    Em Outubro/2011 tive problemas financeiros e não consegui efetuar o pagamento de 02 mensalidades da Faculdade Paulista de Artes.
    Tinha um acordo com a faculdade (contrato) para pagamento de R$ 503,95.
    Considerando que atrasei os pagamentos, a faculdade alegou que o desconto era apenas até o 5. dia útil e que não tendo efetuado o pagamento o valor seria de R$ 719,93 para cada mensalidade.

    Tentei diversos acordos, para pagamento à vista da divida, com juros menores. Todas as propostas que fiz foram negadas pelo escritório de cobrança CIBRAT, que reporta minha proposta à Faculdade e, segundo eles, recebe as negativas.

    Necessitando fazer a rematrícula 2012 para cursar o ultimo Semestre, solicito com Faculdade autorização para quitar o valor de R$ 1200,00 com o escritório de cobrança CIBRAT, e poder efetuar rematrícula no valor de R$ 503,95, e não o valor de R$ 806,32 como estão me cobrando.

    Gostaria de orientação se neste caso, posso entrar com ação no pequenas causas para tentar um acordo.

    Obrigada.

  282. Barbara disse:

    Bom dia, aluguei uma sala comercial com meu cpf pagando dois meses de garantia. Atrasei um mês no pagamento e uma conta de agua e luz e o locador me enviou a rescisão do contrato com ameaça de penhorar meus bens que estão na sala.

    No contrato tem uma clausula de multa de dois alugueis na quebra de contrato.

    Minha pergunta, tenho direito à esta multa? e o deposito que fiz?

    Grata Barbara Da Silva

  283. Eder Pontes disse:

    Olá gostaria de saber se posso entrar com uma Ação no Juizado de Pequenas causas contra Erro Médico estetico ? Fiz um procedimento estetico em um clinica de cirurgia plastica, mas o resultado foi orrivel, o valor do porcedimento foi de R$ 6.000,00 , gostaria de saber se posso entrar com ação no pequenas causas
    Grato Eder

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é procurar um advogado – não cabe pequenas causas no seu caso

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista e/ou um advogado de sua confiança.
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  284. Emanuela disse:

    Olá, aluguei o meu unico Imovel por uma Imobiliaria, porem a inquilina saiu de lá mas esta devendo 2 alugueis e conta de luz e condominio, a Imobiliaria não tma nenhuma providencia, posso recorrer ao Juizado pequenas causas para resolver o problema? e gostaria de entrar contra a Imobiliaria pois a inquilina ate ja saiu do Imovel e estou descobrindo que o proprietario nem o CRECI tem, a Imobiliaria esta em nome de outra pessoa que nunca vi por lá… o que fazer?

  285. Harumy disse:

    Boa noite..em 08/2006 eu fiz um pagamento em 3 cheques predatados 09-10-11/2006 uma empresa ,,,porem o cheque do mes 11/2006 ele depositarão antes da data ou seja depositarão 03 dias apos o vencimento do cheque do mes 10/2006,,e esse cheque voltou por falta de fundo por 3 veses e eles ñ me informarão o erro deles,, fui informado quando precisei de documento de meu banco que eu estava com restrição junto ao serasa de um cheque,,levantei o numero do cheque e fui na empresa que passei o cheque e paguei , só que confiante que estava tudo resolvido ñ verefiquei se eles tinha dado baixa junto ao serasa ,,apos 3anos descobri que meu nome continua no serasa ,,fui novamente atraz da empresa descobri que ñ esiste mais,,,
    ,,agora eu sem o comprovante que ja quitei o cheque ou sem prova alguma , ,,ja fui na OAB ,,e eles que tenho que negociar com o banco,,eo banco fala que ñ é nada com eles ,,que devo faser a respeito

    Grato
    Harumy

  286. Daniel disse:

    Desde já obrigado pelo espaço.

  287. Daniel disse:

    Venho junto aos senhores, a expor um fato grave ocorrido no dia 27 de outubro de 2010. O meu veículo estava parado em frente a minha garagem particular, estávamos fazendo uma operarão de carga e descarga, quando fomos surpreendidos pela imprudência da viatura policial. O condutor Sr PAULO SERGIO CHENDI JUNIOR, policial militar estava em alta velocidade incompatível com as condições locais da via. Curva de 90 graus para a via com declive acentuado, com veículos em ambos os lados da rua. Avenida Ataliba Leonel com Francisco Lippi. Após o acidente todas as viaturas do comboio ficaram no local; duas motos e três viaturas alegaram estar em urgência policial. Porem não seguiu em frente. A imperícia é observada por fotos tiradas no momento do acidente. Marcas do pneu no asfalto mostram que a viatura não conseguiu fazer a curva e seguiu em linha reta colidindo assim com meu veiculo. Foi sugerido pelo o policial citado acima e seus companheiros que não fosse feito um Boletim de ocorrência, que o mesmo se comprometera a pagar os danos causados. Porem me dirigi juntamente com os mesmos ao COMANDO DE POLICIAMENTO METROPOLITANO NORTE onde foi feito um termo de declaração do fato. Inclusive fui multado pelo policial por estar estacionado em guia rebaixada, questionei por estar fazendo uma mudança e carregando o veiculo, sendo que a garagem era de minha propriedade, onde guardava meu veiculo. O Sr PAULO SERGIO CHENDI JUNIOR, deixou seu celular e pediu também meu numero, e garantiu que pagaria pelo prejuízo material. Fui diversas vezes ao seu batalhão, porem não consegui encontrá-lo. Mandei consertar o veiculo, pois dependia dele para me locomover de casa ao trabalho. Meu prejuízo ficou em R$ 1.500.00 reais. Foi feita a troca de lanternas dianteiras, pisca dianteiros, grade dianteira, pára-choque, capo, alinhamento, radiador e mangueira e alinhamento e pintura da parte danificada. Acredito na justiça ampla e igual para todos. Seja quem for.

  288. Vivian disse:

    Boa noite. Estou com problemas com meus vizinhos. É um casal separado que tem 2 filhos. Esses dois filhos, um de 17 anos e a outra de mais ou menos uns 10 anos vivem gritando embaixo da minha janela, tacando pedras, riscando com pedra minha parede e ainda caçoam da minha familia quando tentamos por meio verbal entrar num acordo para maneirarem com as brincadeiras. Mas ao contrario, eles nos insultam.. Não sei mais o que fazer, poderia me ajudar? Isso poderia ser resolvido no juizado de pequenas causas ou nao é considerado? Obrigada..

  289. Sueli disse:

    Boa noite. Uma grande indústria colocou no cadastro de um de seus clientes o meu número de celular, portanto todas notas emitidas em favor desse cliente saem c/meu nº de celular. Não tenho nada a ver c/isso já estou há mais de 1 ano reclamando e implorando através de tel e email, p/eles tirarem o meu nr, pois entregadores, vendedores, motoristas, etc vivem me ligando. Inclusive esse próprio cliente deles intercedeu a meu favor e me forneceu cópias das notas de nov/2010 e dez/2011 para que eu tomasse alguma providência já que nada adianta. Cheguei a ameaçar entrar com uma ação para obrigá-los a tirar meu celular das notas mas de nada adiantou, só prometem e não cumprem …talvez por tratar-se de uma das indústrias mais famosas do Brasil. Que fazer numa situação dessas? Desde já agradeço muitissimo.

  290. Dani disse:

    Moro de aluguel e recebi da imobiliária a informaçao de que os donos queriam vender o imóvel por x. Aceitei e entrei no consorcio que estou pagando. Os donos nao tinham uma documentaçao e o processo atrasou, agora eles querem 10mil a mais do que o combinado. Na verdade é a terceira vez que dão um novo valor. Isso é legal? Resolvo isso no juizado de pequenas causas? Grata

  291. Ana disse:

    Boa noite. Emprestei o valor de R$ 1.000,00 a um namorado que, após a separação, se comprometeu a pagar, contudo, não cumpriu o combinado, e não retorna nenhum de meus contatos. Como proceder, tendo em vista que não tenho nenhum documento que comprove o empréstimo? Grata.

  292. Carlos Garcia disse:

    Comprei um produto através do Mercado Livre. O vendedor não entregou o produto e tampouco devolveu o meu dinheiro. O domícilio do vendedor é na Bahia. Posso entrar no Juizado especial Cívil, o valor está abaixo de 20 salários mínimos, para pedir bloqueio da conta e posterior ressarcimento do valor pago? Uma ação contra o Mercado Livre, como co-solidário, também é possível nesse mesmo juizado? Obrigado pelas informações.

  293. susana rufino disse:

    Realizei o preenchimento de uma proposta para ter o cartão da Casas Bahia isso em meados de 2007, cheguei à desbloquear o cartao e até utilizei em compras, porém passado um tempo decidi cancelar o cartão e pensei que estivesse tudo certo e o tempo passou.

    hoje estamos em 2011 e por volta de setembro deste mesmo ano, eu fui em minha agencia bancaria (itau) para solicitar uma transferencia de contas e para minha surpresa descobri que estava com o nome sujo no banco bradesco. Fui até o bradesco pra verificar o que estava acontecendo e eles me informaram que eu estava com uma restrição no cartao das casas bahia.

    Entrei em contato com o pessoal do cartao da casas bahia e fui muito mal atendida pelos operadores e me informaram que estava com um valor em debito que seriam as parcelas das anuidades anteriores.

    O que eu nao entendo até hoje é: como essas cobranças foram feitas se eu tinha cancelado o cartao? Se estava esse valor em debito pq nunca recebi nenhuma cobrança? Pq nao recebi nenhum informativo de que meu nome estava indo pro SERASA ou SPC? ISSO NINGUEM TEM A COMPETENCIA E A CAPACIDADE PRA ME RESPONDER.

    Bom, pra conseguir limpar o meu nome sem maiores complicações eu paguei o valor que estava sendo cobrado e consegui limpar o nome, porém recebi uma nova fatura para efetuar novamente o valor de anuidade do cartao, mas pq eu recebi essa fatura se eu já tinha cancelado em 2008 e novamente cancelei em setembro? Entrei em contato há 8 dias atras e me informar que era pra ligar dentro de 5 dias pra veriificar o que estava contecendo, bom eu liguei 7 dias depois e hoje a atendente me disse que nao tinha resposta ainda. O que posso fazer?

  294. Jean Lerner disse:

    Contratei um serviço de recolocação profissional, ao final de uma tarde a alguns anos. Pela manhã pedi o cancelamento arrependido e nunca consegui reincidir o contrato. Foram 10 cheques sendo que o 1º foi compensado, os seguintes 4 devolvidos e os demais 6 sustados por mim já que não conseguia nada com a empresa. Isso já a quase 3 anos, a empresa mudou de nome(!!) e nem sabem se ainda possuem os cheques, mas querem que eu pague pelo serviço contratado, aquele que no dia seguinte eu pedi cancelamento. A pergunta é: não tenho direito a voltar atrás num serviço contratado? Foi no dia seguinte! Amargo constantemente dificuldades por conta destes cheques e esta situação. O que devo fazer?

  295. cristiano disse:

    Bom dia Srs.

    Eu estou negativado no spc/serasa,liguei para o meu credor para renegociar a divida,e eles me informaram que meu nome so sera retirado do SPC/Serasa apos o termino do pagamento das 06 parcelas.
    queria saber se isso é correto,pois ouvi dizer que apos o pagamento da primeira parcela meu nome tem 5 dias uteis para sair do spc/serasa.

    Deste já grato

  296. Gerson disse:

    Bom Dia ,

    Contratei um Pedreiro para fazer minha casa, acertamos um valor verbalmente e a forma de pagamento deste valor , ou seja semanalmente , fiz isso como constam os recibos que emiti ,agora o terminei de pagar ele totalmente, ou seja , não devo mais nada para ele , porém ele pegou outro serviço , e abandonou a obra. Tenho como cobra-lo nas pequenas causas mesmo não tendo um contrato assinado , mesmo nosso contrato sendo verbal. Gostaria da devolução de parte do valor , pois ele não cumpriu com a entrega do prometido.

  297. JESSICA disse:

    Bom dia!

    Como mudei de casa, e tinha assinatura da NET, pedi por varias vezes a lateração do endereço para tranferencia do serviço para a nova residencia, eles sempre agendavam a data porem nunca compareciam, fiquei 4 meses aguardando quie alguem fosse lá e nada. Qdo pedi o cancelamneto por conta disso fiu informado que entrariam em contato para fazer o cancelamneto e nada, hoje estou no SERASA, pois não foi cancelado e eles cobram todo o periodo o que faço? tenho todos os protocolos de pedidos de cancelamneto e solicitações.

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é uma ação no pequenas causas para tirar seu nome do SERASA.

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista em direito do consumidor e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  298. Valéria disse:

    Qual o horário de funcionamento do fórum da Lapa?

  299. Patricia disse:

    Olá, meu nome é Patricia, sou estudante e moro de aluguel em um apartamento proximo a universidade a qual frequento, há 5 dias o corretor da imobiliaria do imovel que alugo me ligou informando que o proprietario quer reaver o imovel, e nos deu um prazo de 60 dias para sairmos dele. Eu pesquisei e achei leis que impedem que o proprietario mova uma ação de despejo contra mim, conversei com a imobiliaria e nada mudou. O corretor me mostrou uma clausula no contrato que diz que há multa para a parte que reaver o contrato, no entanto a LEI No 8.245, DE 18 DE OUTUBRO DE 1991. diz que o proprietario nao pode fazer isso. Eu realmente preciso deixar o imovel? Eu posso mover uma ação contra o proprietario do imovel? Que posição devo tomar?

  300. Amilton Vale disse:

    Prezados estou com um caso onde meu inquilino esta há mais de um ano residindo em minha casa sem pagamento do aluguel. Este caso esta com o advogado da imobiliaria e não consigo com a ordem de despejo seja expedida pelo juiz. Como devo proceder??

  301. Nina Rosa disse:

    Contratei a Cielo por telefone,e logo, depois que recebi a máquina, algumas operações de débito foram feitas.Qdo contratei o serviço deles, eles prometeram que os valores feitos por operações de débito, seriam creditados na conta que eu forneci, após um dia útil. Um cliente meu, passou um valor no débito, no dia 12/10/11 e o valor só entrou na minha conta no dia 14/11/11. Outros valores foram passados no dia 5/11/11 e só entraram na conta no dia 16/11/11. Liguei exaustivamente pro atendimento da Cielo, e pro meu banco pra saber o que estaria acontecendo, mas por telefone – atendimento principal e único da Cielo, não consegui esclarecer, nem resolver nada. Não me disseram qual seria o problema. Acabei indo ao Banco, para verificar se o problema era do Banco. A gerente do banco fez contato com a Cielo e assim fui informada que faltava um hífen no cadastro do número da agencia bancária. Para adicionar esse hífen, a Cielo me exigiu 3 dias úteis, e mesmo assim, ultrapassou este tempo para esse ajuste. Detalhe importante: quando fiz minha afiliação à Cielo, eles exigiram que eu passasse por e-mail, o comprovante dos meus dados bancários! Atrasei minhas contas, me desgastei e não fui avisada de nada pela Cielo. Nenhuma justificativa até agora, apesar de já estar com os valores em minha conta. Como devo proceder?

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é pedir indenização contra a Cielo e o banco

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista em direito do consumidor e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  302. Monique disse:

    Comprei um apto com meu ex noivo em janeiro/2010, em julho nos separamos. Ele não efetuou nenhum pagamento (comprovo que paguei todas e quaisquer parcelas), solicitei a cessão de direito 2 vezes e ele não foi assinar apra tirar o nome dele. E agora ele quer metade.O que fazer para ele assinar? Tem direito a alguma coisa mesmo não efetuando nenhum pagamento?

  303. Chayanna disse:

    Boa tarde,
    Estou com 2 dúvidas.
    1° vendi um carro em maio, e até o momento a loja que comprou não transferiu, e como eu não queria carro no meu nome, eu mesma paguei a transferencia, porém naõ pude finalizar a mesma pois já estava com firma reconhecida.
    Já bloqueei o documento junto ao Detran, porém o que me preocupa é que logo chegará o IPVA, e fui informada que o não pagamento pode negativar meu nome.
    2° dúvida é, sou revendedora da Avon e estão me cobrando pela 2° vez uma fatura paga do ano passado, rejeitando meus pedidos.
    O que me recomendam fazer?
    Obrigada desde já.

  304. Jefferson A de Paula disse:

    Bom dia! Descobri estes dias que a Eletropaulo negativou meu nome no Serasa por duas contas em atraso agora de 2011, porem não resido mais no imovel a quase tres anos. Nao recebi qualquer cobrança, carta ou contato.. qdo verifiquei. já estava negativado. Nao posso pagar contas de onde nao resido. A quase tres anos me mudei para S. Jose dos Campos.. O que faço? 11 8225-6777

  305. renato disse:

    estou com problemas de vazamento no meu banheiro, porem o prorietario do apto de cima do meu diz que nao vai tomar providencias porque nao è do banheiro dele. porem ja foi constatato por um encanador que o problema sim è do apto superior ao meu.
    eu posso entrar com uma conciliaçao ou açao atraves dos pequenas causas???’ nao tenho como pagar um advogado….

  306. Juizado Especial Cível | Pequenas Causas | São Paulo – SP » Blog Archive » Pequenas Causas ja ta adicionado nos favoritos!

  307. Valdevir A. L disse:

    Reclamação contra a Skay

    Eu,Valdevir sou assinante da TV por assinatura da Skay.
    Ao efetuar o meu plano passei o nº do meu cartão de crédito com vencimento 12/mês.
    Devido a greve dos Correios e dos Bancos,acabei não recebendo a minha fatura,onde
    acabei entrando no Site do Bradesco e acabei efetuando o meu pagamento inclusive
    consta nesta Fatura o nome da Skay e o valor do meu plano R$ 49,90.
    No dia 22/10/11 ao ligar a minha TV percebi que o meu sinal foi cortado.
    Entrei em contato com a Skay, e me solicitaram efetuar o pagamento nas Casas Lotéri
    cas onde mais uma vez,acabei efetuando este pagamento de R$ 49,90 sendo que eu já tinha pago no dia 18/10/11 isto é;paguei 2 vezes.
    Devido a Greve dos Bancos,quem não pagou a Skay foi o Bradesco.
    Da minha parte,tenho o recibo do Caixa Eletrônico que paguei a minha fatura de R$ 1.500,00 acabei pagando R$ 1.300,00. tenho o recibo do caixa do Bradesco desse paga-
    mento.
    Com isso,acabei perdendo o meu plano que era de R$ 49,00 junto na minha fatura do
    meu Cartão de Crédito.
    Devido a falha no pagamento entre o Bradesco e a Skay,o meu plano que era de R$ 49,90 acabei perdendo o meu benefício, ficando agora minha fatura vindo pelo Correio no valor de R$ 59,90 a vencer agora 06/11/11..
    Se eu optar pelo cancelamento ,estão me cobrando R$ 374,00.
    Meu objetivo não é cancelar e sim provar que paguei e continuar como estava R$ 49,90
    Teve uma falha do Bradesco com a Skay, não da minha parte.
    Mesmo eu tendo pago minha fatura em atrazo que era dia 12/10 e efetuei em 18/10 os juros viriam na próxima fatura do meu cartão de crédito, até aí normal.
    A Skay alega não ter recebido e eu provo que está pago.
    Me chegou uma nova fatura da Skay para ser pago agora dia 06/11 onde não deveria.
    Analise este,e vê se tem como entrar como uma ação de Cobrança Indevida.
    Moro no Jd. Cipva se for o caso dou um pulo aí amanhã só para esclarecer melhor.

    Contatos
    Valdevir (11) 9690 4684

  308. iris disse:

    fiz um plano em uma academia no inicio do ano, o plano era de um ano e meio, isso vai até maio de 2012, mas estou com problemas no joelho e desde de julho não frequento a academia e eles estão soltando os cheques que foram dados, já estive na academia para fazer o cancelamento mas o valor da multa que querem é o valor total das mensalidades que ainda faltam, (alguns cheques já voltaram por falta de fundos)e agora como proceder!!!???

  309. marlene da silva disse:

    gosstaria de saber se poço entra com uma açao para reparti eraça deichada pela minha mae

  310. Amanda disse:

    Boa Tarde,

    Eu vendo produtos da Natura por e-mail e acabei tendo um problema com uma menina.
    Eu vendi uns produtos para ela, parcelei em diversas vezes, pois ela sempre comprou de mim e nunca deu mancada.
    Porém faltava ela pagar a ultima parcela que seria dia 20/10 e ela disse que não deve nada e que já pagou tudo
    Tenho vários e-mail no qual onde ela me pediu os produtos, as formas de pagamentos e os dias que marcamos de nos encontrar
    Mandei tudo para ela explicadinho, mas ela não quer me pagar e disse que quando mais eu insistir ela não vai pagar mesmo o que deve
    A forma de parcelamento foi na base da confiança mesmo, mas e agora o que eu faço? Vou ter que ficar com o prejuízo, isso não é justo

    Me ajudem
    Obrigada

  311. Carlos Alberto disse:

    Prezados Srs.,

    Gostaria de saber sobre informação: tenho um número de telefone da NET e tentei portar o número para a LIVRE e tive a informação da atendente que não poderia fazê-lo.
    A portabilidade somente existe com que prestadoras de serviço de telefonia? Não é um direito do cidadão?

  312. Raul disse:

    Boa tarde,
    Em 2009 comprei um carro direto com uma pessoa fisica e fiz o financiamento com a BV Financeira num valor de 11 mil, durante meses não tive problema, porem tive que vender o carro pois eu não estava mais em condições de pagalo, sem dever nenhuma parcela e nem deixar em atrazo fuio com o a pessoa interessada em comprar o meu veioculo direto a BV, novamente foi tudo muito bem passaram a dividada para o nome dele, só que quando fomos fazer a transferencia da CRV discubri que a BV Financeira não avia mandado no inicio da minha contratação o Gravame de alienação para o detram no periodo que eles estipularão em contrato, então recorri ao procom para conciliação mas a BV sendo a unica responsavel pelo problema falou que não poderia resolver o meu problema, e hoje dia 25/11/11, o carro esta com dividas do atual dono e as multas que ele sofre estão vindo para o meu nome e acabando com os meu pontos na carteira até agora são 14 pontos.
    Quero poder passar o carro para o nome do atual dono e gostaria que a BV financeira paga-se por não cumprir com o contrato.
    mais uma duvida para esse caso há a necessidade de um adivogado?
    Obrigado
    at. Raul

  313. BETE disse:

    Boa tarde, quando me casei não sabia que tinha sido por comunhão parcial de bens e agora gostaria de usar o fgts do meu marido para quitar o financiamento da nossa casa e o banco diz que so pode ser utilizado se meu regime de casamento for por comunhão universal de bens. Pensei em alterar o meu regime de casamento e o cartorio me informou que somente através de solicitação de petição por advogado, mas não tenho como pagar advogado no momento. Posso recorrer a um advogado no juizado de pequenas causas? Aguardo um retorno de vocês. Obrigada e parabéns pelo site. |abs, Bete

  314. Elliptical disse:

    Esta é a informação exata que eu estou procurando , obrigado! Arron

  315. gilberto disse:

    ola tinha uma divida com a bv financeira a respeito de um automovel que foi leiloado pelo detran na data.eles sabendo que não tinha o veiculo entraram com um processo de busca e apreenção do mesmo sem eu saber ,o processo correu enfim eu não tinha mais o veiculo.eu estava esperando alguma proposta algo assim pois tinha pago mais da metade e eu estava no prejuizo tambem quando soube do protesto eu liguem para a assistencia da bv e reclamei falei o acontecido e a atendente falou que a bv não sabia de tal questão falei que estava errado que eu queria pagar mais oque eles queriam era muito ai recentemente fui notificado que a bv sessionou minha divida para uma empresa que compra creditos .não sabia de nada mais tem um problema ,tenho um protesto no c10°cartorio em nome da bv financeira e recentimente essa empresa colocou meu nome no serasa obs essa divida e de 2008

  316. caio cesar disse:

    o banco que cobro um fatura e n me esclareceu o debito disse que n se tratava com eles me deu cnpj da empresa do qual se tratava e a empresa via telefone dis que assunto tratase com agencia do banco ja me tiraram o dinhero e ja fis 2 BO não me dam medida administrativa como procigo esto totalmente sendo roubado pelo banco que me mando procura meus direitos que direitos eu tenho?

  317. Edson disse:

    Posso pleitear DANOS MORAIS no Juizado de Pequenas Causas???

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é estar acompanhado de um advogado.
      Consulte sempre um advogado de confiança.
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  318. Luciene Chalela disse:

    Srs Consigo protocolar o processo por correio ?

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso não é possível protocolo por correio.
      Consulte sempre um advogado de confiança.
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  319. Marcio Gaya disse:

    Boa tarde. Financiei um veículo em maio de 2008 e, lendo alguns artigos, descobri que me cobraram a TAC e também por cada folhas do Boleto. Já paguei 40 parcelas, tem como reaver esses valores abusivos e ilegais?

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso, pode sim pedir a devoluçaõ dos valores em dobro.
      Consulte sempre um advogado de confiança.
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  320. ANA disse:

    Comprei uma lava louças electrolux pela internet, e recebi no dia 21/09/2011, comprei a maquina pela facilidade na instalação e que poderia ficar em cima da pia e conectada na torneira da pia sem complicações.
    Engano meu , quando fomos instalar reparamos que o conector da maquina que deveria se conectar a torneira da pia não era compatível. Fomos ao Leroy para comprar um adaptador com rosca de 3/4” conforme informação no manual, mas para nossa surpresa a rosca é completamente diferente, procurei o adaptador em várias casa hidráulicas e não encontrei . Nessa procura o tempo foi passando e infelizmente passaram os 7 dias para devolução do produto. Continue procurando o adaptador, como não encontrei, entrei em contato com o sac da electrolux, que me empurrou para a autorizada. Liguei na autorizada e eles tiveram a cara de pau de me cobrar 130,00 pela instalação, o que achei absurdo, informei que gostaria apenas da peça para ligar a maquina etc…, na autorizada me informaram que não poderiam vender se eu não paga-se a instalação. Liguei novamente para e electrolux e me pediram para aguardar uma resposta. N a sexta-feira dia 30/09, me ligaram informando que eu poderia passar na electrolux para compra o adaptador. Muito bem no sábado dia 01/10, fui até a Top service morumbi, autorizada , a atendente me informou que não vende o adaptador no balcão , mas como eu já estava nervosa resolveu me trazer o mesmo, para minha maior surpresa o conector que parecia para torneira de jardim não iria me ajudar a conectar o mangueira que veio na máquina e sim teria que comprar outras peças inclusive uma mangueira de lavadora de roupas, para fazer uma adaptação na ligação, POIS A CONECÇÃO DA MAQUINA É PADRÃO AMERICANO E NUNCA VOU CONSEGUIR INSTALA-LA DA FORMA COMO FOI ANUNCIADA. Agora tenho que me submeter a pagar um valor absurdo para fazer uma GAMBIARRA para a maquina funcionar ?
    Estou indignada e gostaria da devolução do produto ao fabricante e a devolução do meu dinheiro isto é possível ou tenho que aceitar isto e deixar que eles continuem vendendo gato por lebre ?
    Paguei 769,00 pela máquina .
    Aguardo contato
    Ana

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso pode pedir a devolução do valor integral da máquina.
      Consulte sempre um advogado de confiança.
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  321. Eduardo disse:

    Olá,

    Em 2009 comprei um apartamento e a parte da entrada do mesmo não foi debitada do meu saldo devedor, ou seja, cerca de 6.000,00 que deveriam ter sido debitado do valor total do imovel não foram. Posso entrar com um pedido para receber de volta esse valor? Tenho o contrato que comprova a parte que foi paga e um recibo do total pago. Alem dos comprovantes de cheques que tive que emitir.

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é pedir que seja abatido o valor do saldo final com juros e correção.
      Consulte sempre um advogado de confiança.
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  322. Fabrizio disse:

    Meu carro sofreu uma colisão de um veículo que encontrava-se parado num semáforo e repentinamente iniciou manobra de ré, vindo a colidir-se com o meu . Eu não tenho seguro, porém a condutora do veículo causador da colisão tem, inclusive contra terceiros, falou que iria acionar, passou dados e tel. dela, porém já fazem 20 dias e não obtenho retorno, o meu veículo ainda se encontra com os danos (de pequena monta), orçados em cerca de R$ 700,00 para conserto. Fiz B.O dois dias após o ocorrido. Segundo a condutora, a seguradora já foi acionada, só que passados 20 dias, ninguém entrou em contato comigo, e quando entro em contato com a condutora a mesma se nega a passar o nr. da seguradora alegando que já acionou o seguro. Como devo proceder?

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é juntar todos os documentos e pleitear no fórum mais próximo os valores.

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista em direito do consumidor e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  323. cecilia dos reis pereira silva disse:

    tento a 8 meses mudar a data do vencimento do meu aluguél. pois todos os meses pago 10% de multa pois o aluguél venc 30 e eu recebo dia 3 de cada mês. no contrato não diz nada sobre a troca do vencimento já me dispos pagar a diferença para mudança e a imobiliaria não aceita… estou muito chateada com o atendimento deles pois pago em media 60reais mes de multa e todos os meses quero mudar para dia 3 mais eles não aceitam dizem que já foi alterado 1 vez e não da mais … pois meus venc do exercito é dia 2 ou 03 e eu perco e eles ganham minha multa. me sinto roubado… é correto oque eles fazem que lei me proteje

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é notificar pedindo a mudança e caso contrário fazer o pagamento em juizo.

      O melhor é sempre estar assistido por um advogado especialista em direito do consumidor e/ou um advogado de sua confiança.

      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  324. Gilvanda disse:

    Desculpe, esqueci uma outra coisa: no site ja tem a data da audiencia. Eu vou receber intimação por escrito? Como vou saber se a outra parte recebeu a intimação? e se ela não comparecer, ela se complica? obrigada de novo

  325. Gilvanda disse:

    Bom dia,
    Enrei com um processo contra um canil e ja marcou audiencia com o conciliador. A minha dúvida é: tenho que ir sozinha e a outra parte pode levar advogado? Também pedi um valor muito baixo como indenização, posso mudar o valor diante do juiz? Posso me dá mal sem advogado?
    Obrigada abç

  326. Simone disse:

    Bom dia, fia uma compra em maio pela internet na Engemix Votorantim Cimentos pelo cartão itaucard e desde então os valores até hoje não vem lançado correto na fatura do cartão.Já tenho varios protocolos e não conseguem resolver.Já faz cinco meses entrando em contato com a administradora do cartão e com a Votorantim Engemix e continuam lançando errado.O que devo fazer?

  327. Rogerio disse:

    Fiz uma compra de uma geladeira pelo site comprafacil.com.a geladeira custava 1500,00 no dia 10/05/2011 no dia 11/05/2011 o pedido foi faturado pela operadora do cartão , no dia 12/05/2011 o pedido foi expedido mais até hj nunca chegou a geladeira em minha residencia ! Fiquei mais de 2 meses sem geladeira porque a minha tava com defeito e comprei essa geladeira porque eu precisava muito e eles me venderam e não me entregaram ,conclusão fiquei sem geladeira e não pude comprar outra pois o limite do meu cartão ficou comprometido com essa compra que nunca chegou em minha residencia ,e fiquei deixando as carnes na casa do vizinho pra não estragar ! eu gostaria de saber se eu tenhu direito de entrar com pedido de danos morais ??

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é pedir a devolução do dinheiro e danos morais por tudo que passou
      Consulte sempre um advogado de confiança.
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é tentar um acordo através de notificação extra judicial ou uma consignação em pagamento (pagar em juizo)
      Consulte sempre um advogado de confiança.
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  328. bruna disse:

    no dia 09/09/2011, sendo certo que o pagamento acertado, via boleto, foi efetivado no dia 10/09/2011.

    Contudo me sinto lesada como consumidora de uma rede tão conceituada de e-comerce, pois no ato da compra eletrônica o produto escolhido estava disponível para a aquisição e o desconto ofertado para pagamento à vista e em boleto regular e gerou um pagamento regular,

    Cabe ressaltar que a emissão do boleto e do desconto é ato unilateral, bem como o contrato firmado, não podendo ser imputado ao consumidor final qualquer ônus em razão de erro no sistema ou desconto a maior.

    Em 15/09/2011 fui surpreendida com a informação de que o produto estava indisponível para entrega, liguei no SAC questionando e os mesmo disseram que não há produto em estoque.

    19/09/2011 recebi um e-mail informando novamente da indisponibilidade do produto e solicitando que eu (cliente) escolhesse pela troca do produto por outro de mesmo valor ou devolução do valor pago.

    Pondere-se que tenho a informação de que a americanas.com e submarino.com fazem parte do mesmo grupo econômico, e que são geridos pela empresa B2W – Companhia Global do Varejo, tanto que os boletos saem com o nome da B2W.

    E mais, no site do submarino.com o produto é ofertado regularmente e encontra-se com disponível para negociação on line.

    A minha irresignação é no sentido de que é incabível a devolução do dinheiro ou a troca por outro produto, pois não localizei nenhum produto com as mesmas características tecnológicas e valor compatível, e entendo que tem o dever legal de cumprir com o contratado adesivamente.

  329. bruna disse:

    no dia 09/09/2011, sendo certo que o pagamento acertado, via boleto, foi efetivado no dia 10/09/2011.

    Contudo me sinto lesada como consumidora de uma rede tão conceituada de e-comerce, pois no ato da compra eletrônica o produto escolhido estava disponível para a aquisição e o desconto ofertado para pagamento à vista e em boleto regular e gerou um pagamento regular,

    Cabe ressaltar que a emissão do boleto e do desconto é ato unilateral, bem como o contrato firmado, não podendo ser imputado ao consumidor final qualquer ônus em razão de erro no sistema ou desconto a maior.

    Em 15/09/2011 fui surpreendida com a informação de que o produto estava indisponível para entrega, liguei no SAC questionando e os mesmo disseram que não há produto em estoque.

    Na data de hoje 19/09/2011 recebi um e-mail informando novamente da indisponibilidade do produto e solicitando que eu (cliente) escolhesse pela troca do produto por outro de mesmo valor ou devolução do valor pago.

    Pondere-se que tenho a informação de que a americanas.com e submarino.com fazem parte do mesmo grupo econômico, e que são geridos pela empresa B2W – Companhia Global do Varejo, tanto que os boletos saem com o nome da B2W.

    E mais, no site do submarino.com o produto é ofertado regularmente e encontra-se com disponível para negociação on line.

    A minha irresignação é no sentido de que é incabível a devolução do dinheiro ou a troca por outro produto, pois não localizei nenhum produto com as mesmas características tecnológicas e valor compatível, e entendo que tem o dever legal de cumprir com o contratado adesivamente.

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é pedir que seja cancelada a compra (para não te cobrarem indevidamente) e danos morais
      Consulte sempre um advogado de confiança.
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  330. Ellen Everidiana disse:

    Boa tarde.
    Efetuei uma compra no dia 24/07/2011 no site Comprafacil.com e um dos meus pedidos foi cancelado devido a falta de estoque. Entrei em contato com a empresa e foi solicitado uma restituição do valor pago pelo produto e que segundo eles estaria disponível para saque dia 30/08/2011 o que não ocorreu. Novamente contatei a empresa e mais um prazo de 10 dias úteis (14/09/2011) que também obtive sucesso. Mais uma fez, repeti o contato e só me dão prazo. Já não aguento mais prazos e nenhuma solução.

  331. Rosiane disse:

    Boa tarde! Tenho um débito com uma faculdade, queria regularizar mas eles querem que eu pague a vista e o valor ultrapassa 2 mil reais, porém eu não tenho esse dinheiro, como faço para resolver?

  332. Rosa Maria disse:

    boa tarde,estou com problemas financeiros e não consigo pagar mais o meu cartão de credito credicard,onde tenho o msm desde 2005 e nunca paguei uma fatura atrasada,somente essa do mes 08 que atrasei,mas paguei.Tento há varios meses parcelar o valor,não me nego a pagar,mais nunca é possivel,pois culpam o sistema,eu ligo eles falam pra eu pagar um valor,eu me viro e pago,pois afirmam que apos tres dias desse pagto o sistema libera parcelamento,mas nunca libera,eu já não tenho mais nenhum real,não sei como resolver,vejo como má vontade e aproveitamento da empresa,porque os juros são altissimos e qq vl que eu pague so são de juros e o valor nunca abaixa,está em aproximadamente em 7.000,me ajudem,me orientem,pois devido essa situação já não durmo,sofro de ansiedade e depressão,estou quase louca!Fui encaminhada ao inss e como ainda não passei em pericia medica nem salario tenho,não sei o que faço estou perdida.Repito não me nego em pagar,preciso de um parcelamento e taxas de juros menos abusivas pois 14.70% ao mes fica impossivel sem contar outras taxas…POR FAVOR ME AJUDEM! Rosa Maria

    • admin admin disse:

      Obrigado por acessar o site
      http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
      O ideal no seu caso é tentar um acordo ou esperar a divida prescrever (prescreve em 5 anos) – geralmente as empresas fazem acordos melhores proximo a data de prescrição
      Consulte um advogado de confiança para que ele faça o acordo para você
      É possível também pleitear seus direitos diretamente no Fórum mais próximo de sua residência – no Juizado Especial Pequenas Causas (Juizado Especial Cível) – Saiba mais no link de nosso site PERGUNTAS E RESPOSTAS.

  333. Erika disse:

    Ola. Meu marido comprou um caminhão e na ocasião a vendedora disse que por eu ser esposa teria que assinar os documentos também (cheguei do trabalho a noite e ela estava na minha casa, eu nem sabia da compra), mas que eram apenas normas da empresa e que meu nome não estaria vinculado a compra. Eu insisti em não assinar, porém ela foi enfatica dizendo que eu poderia ficar tranquila. Embora contra minha vontade, assinei e hoje estou com meu nome no Serasa. O que posso fazer, pois me sinto engana e muito prejudicada, além de quase ter me separado do meu marido por este motivo?

  334. Elca disse:

    Boa noite,
    Aluguei o meu apartamento há 7 anos atrás por 2 anos e nesse período o inquilino não pagou o condomínio. É o meu único imóvel e agora o síndico está me cobrando este valor corrigido. Num total de 12.000,00. Quero pagar, porém nao disponho deste valor a vista, e eles me exigem 50% a vista, e o restante em 30, 60 e 90 dias. Fiz uma proposta para pagar esta dívida parcelada, dando 3.500,00 e o restante em parcelas, porém eles nao querem aceitar. Nao tenho como contratar um advogado. Poderia entrar com um pedido de conciliação pelo juizado de pequenas causas. Obrigada pela atenção, Atenciosamente

  335. Lucas disse:

    Bom Dia, no dia 24 de agosto de 2011 efetuei uma compra pelo site da americanas.com, e até a data de hoje não recebi a compra e desde a data de confirmação de pagamento do dia 26/08/2011 me deram o prazo de 4 dias uteis para entrega do mesmo. Desde entao venho mantendo contato com eles para um posicionamento e não obtive a resolução do meu problema. Gostaria de saber como poderia resolver este problema pela justiça visto que diretemente com a empresa não consigo sucesso. Desde já agradeço.

  336. Rodrigo disse:

    Vendi meu veiculo a terceiros,para me livrar da divida .Mesmo assim continuo com o problema
    A pessoa que vendi o veiculo não quer transferir a divida para seu nome.O que devo fazer? obrigado

  337. JULIANA disse:

    Bom dia Srs,

    estou com um problema no Banco Santander, com relação a um cartão de credito que o Banco alega eu ter e dever mais ou menos 3.000,00.
    Nunca obtive cartão nenhum de credito referente a esse banco, e a unica coisa que eu tenho é um financiamento de veiculo que eu fiz em 2008 na Aymoré Financiamentos que agora pertence ao Banco Santander.
    quero saber quais as providencias que devo tomar com relação a essa pendencia indevida, para que o Banco pare de retirar da minha conta salario o dinheiro que a empresa onde eu trabalho tem depositado meu salario.
    Desde que tiraram 11,56 em março da minha conta desde então a empresa vem me pagando na minha conta particular do Itaú, por não ter como depositar no banco santander, e por isso corro o risco de perder meu emprego por estar sem poder usar a conta salario no santander devido a essas cobranças indevidas em minha conta.
    Gostaria de saber o que devo fazer para poder retirar de meu nome essa pendencia junto ao banco, para que eu possa receber meu salario normal em minha conta no santander, sem que eles mecham no meu dinheiro.

    sem mais

    Juliana

  338. admin admin disse:

    Ações trabalhistas podem ser pleiteadas diretamente no Fórum Trabalhista – não podem ser feitos tais pedidos no Juizado Especial Cível – Pequenas Causas

  339. lucia disse:

    Comprei um chip da vivo e a claro portou sem minha autorizaçao e passou para o nome de um outro cliente fui reclamar e eles disseram que nao poderiam fazer nada ,fui na oi que alem de ser mal atendida pela vendedora disse a mesma coisa eu sou maquiadora e aquele era um numero que eu usava para os clientes perdi diversos trabalhos (trabalho com publicidade e moda) reclamei na anatel e la eles disseram para ela que foi uma portabilidade tacita (o que quer dizer) e migrou novamente para oi meu numero so que meu chip nao funciona ,posso pedir perdas e danos e como rever meu telefone ,acho um absurdo ter que comprar novamente um chip para isso se eu nao fiz nada de errado.

    Obrigada

    Lucia

  340. admin admin disse:

    Ações trabalhistas podem ser pleiteadas diretamente no Fórum Trabalhista – não podem ser feitos tais pedidos no Juizado Especial Cível – “Pequenas Causas”

  341. admin admin disse:

    Bom dia – obrigado por acessar o site http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com

    Procure o pequenas causas mais próximo e faça um pedido de indenização – junte 3 cotações e fotos da colisão.

    Atenciosamente

  342. admin admin disse:

    Obrigado por acessar o site
    http://www.juizadoespecialpequenascausassp.com
    O ideal no seu caso é procurar a justiça trabalhista

Deixe uma resposta