Qual a sua dúvida?

Digite sua dúvida no campo abaixo, caso não ache o que esta procurando, entre em nosso fórum e escreva sua dúvida.

Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas

Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas

Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas – Veja como entrar com ação

Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas – Veja como entrar com ação. Quer saber o Passo a passo?

Consulte nossos advogados Parceiros (Abaixo):




 




Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas

Procure o Fórum trabalhista do Município onde prestou serviços e lá, procure o setor de reclamações verbais.

Leve a Carteira de Trabalho, Cédula de Identidade, Aviso prévio ou pedido de demissão, comprovante de residência, folha de rescisão do contrato, folha do fundo de garantia, comprovante de comparecimento a comissão de conciliação prévia, atestado médico, dados do empregador (nome, endereço, CNPJ, etc), valor do ultimo salario, extrato do FGTS, nome e endereço de testemunhas, e todas outras provas que tiver, como por exemplo, mensagens, e-mails, etc.

Com essas informações, o funcionário do fórum irá montar uma petição e irá agendar uma audiência – nela, o juiz irá fazer as vezes do advogado, representando o trabalhador nos seus direitos.

Saiba mais no link abaixo:

http://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2013/04/10/trabalhador-pode-entrar-com-acao-na-justica-sem-advogado-saiba-como-fazer.htm

Saiba que esta modalidade é para casos de baixa complexidade e sem perícia, visando tentar um acordo na audiência – caso haja recurso é necessário um Advogado.

 




Consulte sempre um advogado de confiança – nossos anunciantes:




Caso não seja Ação Trabalhista, procure o  Juizado de Pequenas Causas julga ações de baixa complexidade e com valor da causa de até 40 salários mínimos. Importante lembrar que para causas com valor até 20 salários, os requerentes podem pleitear seus direitos sem a necessidade de um advogado. Para pleitear seus direitos no Juizado de Pequenas Causas sem advogado é só escrever uma petição simples, conforme o Modelo de petição pequenas causas.

No Juizado de Pequenas Causas, para ações 40 salários mínimos e nos casos de recursos das causas com valor até 20 salários em que o requerente pretende recorrer, é necessário um Advogado para o pequenas causas.

O Juizado de Pequenas Causas costuma ser localizado em grandes faculdade ou universidades que ministram curso de Direito, as quais fornecem um espaço e já podem auxiliar os estudantes no estágio.

Além disso, em grandes cidades Juizado de Pequenas Causas está localizado nos bairros, dentro dos fóruns.

Algumas questões são importantes sobre o Juizado de Pequenas Causas:

  • Não há atendimento telefônico no Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas, sendo necessário o comparecimento pessoal;
  • Não há custas para entrar com ação no Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas e em caso de perda em primeira estância, o perdedor não paga as custas ou honorários do advogado do réu;
  • Há o pagamento de custas quando a parte recorrer ao colégio recursal;
  • Não é disponibilizado advogado público para assessorar os requerentes em nenhuma fase da ação no Pequenas Causas Trabalhistas.

Antes de entrar com uma ação no Pequenas Causas, importante avaliar quem está no polo passivo (réu), pois se for uma grande empresa, mesmo em ações com valores abaixo de 20 salários mínimos, recomenda-se contratar um advogado de sua confiança.

As Grandes empresas dispõem de escritórios especializados em direito do consumidor e o requerente inexperiente, por não estar acostumado, pode perder sua causa.




O Endereço do Pequenas Causas Trabalhistas pode ser consultado no link:

 

 

Além disso é importante salientar que para causas trabalhistas, procure um Advogado Trabalhista pois estas não podem ser feitas no Pequenas Causas Trabalhistas.

Para questões trabalhistas de baixa complexidade, é dispensável o Advogado Trabalhista, podendo o próprio trabalhador ir ao fórum trabalhista da cidade onde trabalhou e pleitear seu direito direto no balcão.

Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas

Juizado de Pequenas Causas Trabalhistas




Consulte sempre um advogado!

(3) Comentários

  1. Trabalhei a 1 ano e 3 messes para a empresa de home care. Nunca fiz contrato nem assinei nenhum papel não conheço a dona da empresa pessoalmente eu trabalhava 12 por 36 ela não pagava toda a condução sempre enrolou para paga o salário não me pagou o último salário …não sou registada e não recebi meus direitos ligo para ela mando mensagem .ela não me atende …gostaria de saber oq tenho que fazer nesse caso

  2. Trabalhei 1 ano e 1 mes. Em um condominio residencial de porteiro sem registro qual os meus direitos que eu tenho a receber porque o sindico disse que nao tenho direitos nenhum

  3. Trabalhei por 1 ano e 4 meses em uma empresa de telemarketing , acabei pedindo as contas após as minha férias, fiz o exame demissional e segundo o RH da empresa eu teria que esperar até 3 meses para fazer a homologação no sindicato eles deram baixa na minha carteira e disseram que eu teria que aguardar que ele iriam informam a data da homologação, neste mês de agosto fez um ano do ocorrido e das vezes que liguei na empresa para saber desta homologação com o sindicato da empresa eles informaram uma vez por telefone que eu teria que aguardar. eu acho um absurdo esperar mais de 1 ano para fazer a homologação. Sai da empresa lisa não depositaram nada na minha conta. Gostaria de saber quais são meus direitos e como devo recorrer.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>